Fortaleza, Terça-feira, 16 Agosto 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

O Departamento de Saúde e Assistência Social da Assembleia Legislativa (DSAS), prossegue a programação em alusão ao Outubro Rosa. Na próxima segunda-feira (26/10), às 18 horas, o DSAS realiza a live Outubro Rosa: conscientização e prevenção do câncer de mama.

O bate-papo, transmitido pelo Instagram da @Assembleiace tem como convidado Flávio Ximenes, médico mastologista do Departamento de Saúde da Assembleia, da Santa Casa de Misericórdia, do Centro Regional Integrado de Oncologia (CRIO) e Hospital Geral de Fortaleza (HGF). O encontro tem mediação da Psicóloga do DSAS e mestre em Psicologia Social Interface com a  Saúde, Greyce Guimarães.  

A profissional destaca a importância da iniciativa do DSAS que possibilita a construção de um espaço de troca, de construção do conhecimento, de esclarecimento de dúvidas em relação aos temas  inerentes do Outubro Rosa.

''Vamos partilhar, dialogar e conversar sobre questões inerentes aos fatores de risco e protetivos, os últimos dados epidemiológicos  em  relação ao câncer de mama, questões que margeiam a perspectiva da conscientização do auto cuidado e das estratégias e prevenção do câncer de mama. Com certeza haverá uma reverberação positiva a todos que acompanharão esse momento'', avalia.

O DSAS vai realizar no mês de outubro, três lives em alusão ao mês de prevenção ao câncer de mama.O primeiro  encontro foi realizado na  última segunda-feira (19/10) com a participação da nutricionista do Centro de Oncologia Leonardo da Vinci e Instituto Vitalle, Ana Paula Gonçalves e da coordenadora do Serviço de Nutrição do Departamento de Saúde da AL, doutora Gisele Pacheco. Na ocasião, as profissionais abordaram o tema "Outubro Rosa: Alimentação e Câncer, o que você precisa saber".

Luís Edson Corrêa Sales, diretor do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS), destaca que a iniciativa conta com o apoio da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Assalce) e 7ª Companhia do 1° Batalhão de Bombeiro Militar, da Assembleia Legislativa.

 

 

JB

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

A alimentação saudável como forma de prevenção e aliada do tratamento do câncer de mama foi tema da live “Alimentação e Câncer: o que você precisa saber”, promovida pelo Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa do Ceará, na noite desta segunda-feira (19/10). Alusivo ao Outubro Rosa, o debate foi transmitido no perfil do Instagram da AL e contou com a mediação da chefe da Célula de Nutrição do DSAS, a nutricionista Gisele Pacheco.

A nutricionista oncológica Ana Paula Gonçalves, convidada da live, ressaltou que o câncer é uma doença multifatorial, cujo tratamento exige a presença de uma equipe multidisciplinar, composta por profissionais de diferentes áreas. “Cada paciente deve procurar, se possível, um nutricionista para avaliação individual, pois as recomendações alimentares variam de pessoa para pessoa”, frisou, pontuando a importância de uma alimentação diversificada, com frutas e verduras, e a necessidade de evitar alimentos industrializados.

 “As pessoas querem muito a comodidade do industrializado e do pronto. Qual é a dificuldade de você pegar uma maçã e morder? Aí você já vai incluir a quercetina, que é boa para a imunidade, e as fibras, que regulam o intestino e atuam até no bom humor. Após o almoço, você pode descascar uma laranja, que é fonte de vitamina C, aumentando a absorção de ferro, diminuindo a vontade de comer doce e prevenindo o câncer gástrico ao consumir uma fruta cítrica”, indicou.

A relação entre obesidade e câncer de mama também foi comentada pela nutricionista, que recomendou a prática de 30 minutos diários de atividade física como uma das formas de prevenção da doença. Conforme Ana Paula, o excesso de peso aumenta a produção de hormônios como o estrogênio, cuja exposição aumenta o risco de uma mulher desenvolver câncer de mama. Ela destacou ainda que o excesso de gordura corporal está relacionado à formação de compostos inflamatórios, contribuindo para a elevação da insulina circulante no sangue, o que é prejudicial ao organismo.

Quanto aos pacientes que necessitam de quimioterapia, ela apontou que as recomendações alimentares podem variar a depender dos efeitos colaterais apresentados. Em caso de aftas na boca, por exemplo, Ana Paula orientou evitar a ingestão de alimentos muito quentes e priorizar alimentos mais macios, além de bochechos com chá de camomila. Já para controlar náuseas e vômitos, a nutricionista indicou o consumo de gengibre, bolachas de água e sal ou, ainda, água com gotas de limão.

Ana Paula explicou que não há alimento capaz de curar o câncer, no entanto, existem alguns nutrientes que contribuem para reforçar a imunidade do organismo, como o pigmento antocianina, presente em frutas vermelhas e arroxeadas, a exemplo da acerola e do açaí. Ela reiterou ainda a importância da boa mastigação, uma vez que a digestão começa pela boca. “Com a mastigação, vai haver a sinalização lá dentro do nosso corpo do que está entrando. É preciso ficar atento a isso, pois muitos pacientes têm queixa de constipação e não mastigam. E o intestino não vai mastigar, coitado”, brincou.

O DSAS, em parceria com a Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce) e a 7ª Companhia do 1º Batalhão de Bombeiros Militar, realizará ainda outras duas lives em outubro, com o objetivo de trazer informações e falar da importância da prevenção do câncer de mama.

 

(Da Agência de  Notícias) 

 Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

 

 

A Assembleia Legislativa instalou laços com a cor de rosa na fachada de suas sedes, sinalizando assim seu apoio à campanha "Outubro Rosa". O objetivo da iniciativa é conscientizar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. Os laços ficarão expostos até o fim deste mês na galeria do Plenário 13 de Maio, que fica na avenida Desembargador Moreira 2807, e na entrada do anexo um do Poder Legislativo, localizado na rua Barbosa de Freitas.

De acordo com a diretora Administrativa da Assembleia Legislativa, Lise Novais, a exposição dos laços são considerados mais simbólicos. Para ela, fica mais fácil a identificação da campanha Outubro Rosa. “Entendo que a Assembleia Legislativa como Poder deve participar de todas as campanhas importantes como essa, que reforçam o cuidado com a saúde das pessoas”, enfatiza.

O Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa também está engajado no Outubro Rosa. O setor vai apresentar, semanalmente, lives no Instagram sobre o tema e fornecerá dicas de saúde que serão publicadas, também semanalmente, no portal do servidor da AL.

O diretor do Departamento, Luís Edson Corrêa Sales, destaca a importância da mobilização e o apoio de todos. “É de suma importância esse trabalho de conscientização e de informação realizado pelo DSAS, com o apoio da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Assalce)  e da 7ª Companhia do 1° Batalhão de Bombeiro Militar, no que diz respeito à saúde preventiva. Sabemos o quanto é importante a prevenção não somente para mulheres, mas também para homens que precisam estar atentos aos cuidados com a saúde”, ressalta . 

"Estamos com uma programação com três lives neste mês de outubro, com a participação de profissionais do DSAS e convidados renomados que, além da informação, estarão à disposição para tirar dúvidas e falar da importância da prevenção”, informa.

A primeira live acontece no próximo dia 19 de outubro, às 18h, no Instagram da @Assembleiace com o tema: Outubro Rosa: "Alimentação e Câncer, o que você precisa saber". O Bate-papo terá como mediadora a coordenadora do serviço de nutrição do Departamento de Saúde da AL, Gisele Pacheco, e como convidada a nutricionista do Centro de Oncologia Leonardo da Vinci e Instituto Vitalle, Ana Paula Gonçalves.

Segundo o Instituto Nacional de câncer (Inca), o câncer de mama é o mais incidente em mulheres no mundo, representando 24,2% do total de casos em 2018, com aproximadamente 2,1 milhão de casos novos. É a quinta causa de morte por câncer em geral com 626.679 óbitos e a causa mais frequente de morte por câncer em mulheres.

 

 Da Agência de Notícias da AL

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

 

Temos 267 visitantes e Nenhum membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

QR Code

Portal do Servidor - Mostrando itens por tag: outubrorosa - QR Code Friendly



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500