Fortaleza, Sábado, 25 Junho 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

A Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), por meio da Célula de Qualificação dos Servidores, realizou, nesta terça-feira (05/10), Webinar com o tema ''Saúde da Mulher: Prevenção do Câncer de Mama”. A atividade integra as ações da Célula de Clínica Médica do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa, e teve a participação dos médicos Túlio Osterne, orientador da Célula Médica do DSAS e Flávio Ximenes, médico mastologista do departamento.

A palestra foi apresentada por Elvis Barbosa, médico coordenador da Residência de Mastologia do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), membro da Comissão de Oncoplastia da Sociedade Brasileira de Mastologia, Fellow em Cirurgia Plástica e Reconstrutora da Mama pelo Instituto Europeu de Oncologia - Milão (Itália). O evento faz parte das atividades da Campanha Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama da Assembleia Legislativa.

Túlio Osterne, durante a abertura disse que é bem relevante a realização de atividades que levem a conscientização sobre o câncer de mama. “Deveria ser, além de outubro, o Ano Rosa”. Ele considerou que as patologias mamárias devem ter o combate diário. “Em sua plenitude, a mama feminina sempre se referiu a feminilidade e a maternidade. As mamas exercem um grande poder na construção da autoestima feminina. Mesmo com a cura da doença, há o trauma da perda”, avisou.

Flávio Ximenes disse que Elvis Barbosa é um profissional brilhante e com uma boa bagagem. “Ele traz uma aula sobre um tema instigante e necessário. Vale destacar que além dos equipamentos para os diagnósticos e informações é muito grande. “A informação e fundamental”, ressaltou

MAMOGRAFIA

Elvis Barbosa disse que o câncer de mama é 100 vezes mais comum na mulher do que no homem. Para o diagnóstico, ele salientou que a mamografia é o exame que consegue detectar o câncer na forma mais primária possível e quando identificado neste estágio, há 90 a 95% de tratamento eficaz. “É um exame de excelência para o rastreamento indicado para pacientes sem nenhum sintoma”.

Conforme informou Elvis Barbosa, todo câncer, de uma maneira geral, é derivado de uma mutação genética. Após a mutação pode ser desenvolvido um tumor ou um câncer, de natureza genética ou hereditária. “O câncer hereditário é aquele que o paciente já nasce com a mutação. Enquanto não hereditário, há uma mutação genética, para que haja o desenvolvimento. Somente 5 a 10 por cento são hereditários”, revelou.

Do ponto de vista epidemiológico, explicou o médico, o Instituto Nacional do Câncer apresenta pesquisas sobre a incidência da doença. Em 2019, segundo ele, foram 59.700 casos novos. Para 2020-22, são previstos 66.280 casos novos a cada ano. No Ceará serão 2.510 casos por ano, diagnosticados, no período. “Uma em cada nove mulheres vai desenvolver o câncer. São 16 mil mortes por ano, com curva de mortalidade crescente. O câncer de mama ainda está sendo diagnosticado muito tardiamente. Há dificuldade de acesso ao especialista e a mamografia, que é simples e barata”.

O especialista informou que a mamografia, quando realizada anualmente, reduz a mortalidade em 30%. Ele esclareceu que nenhum outro exame tem um resultado tão positivo, mas no Brasil não se consegue alcançar toda a população por causa das dificuldades no acesso aos especialistas e aos exames. Ele acentuou que há médicos que defendem que a mamografia, por ter irradiação, não deveria ser feita. “Mas a irradiação é mínima e isso não deve ser levado em consideração”, avisou.

A idade, disse Elvis Barbosa é outro fator de risco. Quanto mais se avança na idade, maior é o risco. “A história familiar com casos de câncer coloca a pessoa em um patamar de alto risco. Isso pode ser desde mutação hereditária herdada ou hábitos de vida praticados no seio familiar. Mulheres que não amamentaram, ou tiveram filho após 30 anos também estão em grupo de risco. Quanto maior o número de filhos e mais tempo amamentando, mais proteção ela vai ter. Álcool, o tabagismo, anticoncepcionais e reposição hormonal também são fatores de risco porque são lesivos ao DNA.

O médico asseverou que nos dias de hoje as mulheres usam anticoncepcionais da adolescência até a vida adulta. Por isso, esse hábito faz com que a doença apareça em mulheres cada vez mais jovens. Também é considerado fator de risco uma dieta rica em carne vermelha, gordura animal, pobre em fibras vegetais. Ele esclareceu que a obesidade após a menopausa predispõe ao câncer de mama. “Daí a importância de cuidar da dieta e das atividades físicas, desde jovem, para não chegar a idade avançada com neoplasias.

Também são riscos para a saúde as substâncias derivadas do petróleo, que tem características cancerígenas, usadas em depósitos de alimentos e mamadeiras de crianças.

Uma das causas que favoreceu o combate ao câncer de mama, de acordo com Elvis Barbosa, foi a atriz Angelina Jolie ter exposto o seu caso pessoal, quando descobriu que tinha mutação genética igual a sua mãe, e a artista, antes de ter o câncer de mama, retirou as mamas e os ovários. “Isso deu uma ajuda gigantesca nas cirurgias preventivas”.

Elvis Barbosa recomendou que as pacientes que tiveram câncer de mama devem fazer prevenção terciária. Segundo ele, as cirurgias preventivas devem ser realizadas com muito cuidado, porque podem acontecer complicações. Por isso, as pacientes devem ser bem esclarecidas.

O médico explicou ainda que a mamografia deve ser feita de forma preventiva anualmente a partir dos 40 anos. Há também a mamografia de diagnóstico, que pode ser feita em qualquer idade, em qualquer sexo, porque é realizada quando já há suspeitas da doença.

JS

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

 No mês de outubro, a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, ganha destaque com a Campanha Outubro Rosa.

 A Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), por meio da Célula de Qualificação dos Servidores, no intuito de incentivar o cuidado com a saúde da mulher e o autocuidado entre as servidoras que atuam no Poder Legislativo, vai realizar na próxima  terça-feira ( 05/10), às 16 horas, webinar com o tema '' Saúde  da Mulher: Prevenção do Câncer de Mama”.

Para participar,  basta o servidor interessado acessar o https://bit.ly/3iqEZO9 e realizar sua inscrição.

A atividade, que integra as ações da Célula de Clínica Médica do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa, contará com a participação dos médicos Túlio Osterne, orientador da Célula Médica do DSAS e Flávio Ximenes, médico mastologista do departamento.

A palestra ficará a cargo de Elvis Barbosa, médico coordenador da Residência de Mastologia do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), membro da Comissão de Oncoplastia da Sociedade Brasileira de Mastologia, Fellow em Cirurgia Plástica e Reconstrutora da Mama pelo Instituto Europeu de Oncologia - Milão (Itália).

A coordenadora da Célula de Qualificação dos Servidores, Norma David, destaca que o tema é bastante relevante e que o encontro será uma oportunidade para esclarecer e tirar dúvidas das servidoras sobre o câncer de mama, tipo de tumor que mais acomete as mulheres em todo o mundo bem como acerca das estratégias para detecção precoce e diagnóstico. ''É um tema pertinente para trazer a discussão principalmente porque começamos o mês de outubro que é dedicado a conscientização sobre o câncer de mama. Vamos dialogar para informar, conscientizar e auxiliar as mulheres a fazerem o autoexame de mama. Um simples toque, salva'',destaca.

Webinar

O  webinar  é transmitido todas as terças-feiras ao vivo, por meio da plataforma Zoom. Os temas são diversificados e sugeridos pelos próprios servidores, com o objetivo de levar informação e manter a interação dos colegas das diversas áreas da Assembleia Legislativa durante o período de isolamento social. 

O último encontro teve como tema '' O agravo da solidão da pessoa idosa e as consequências para a cognição", dentro das atividades relativas à Campanha Setembro Amarelo.  A exposição foi apresentada por Lucila Bonfim Lopes Pinto, coordenadora da Célula de Terapia Ocupacional do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) e Airton Andrade Correia, juiz e procurador federal e voluntário do Lar Torres de Melo.

JB

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

A Escola de Gestão Pública do Estado do Ceará (EGPCE) recebe até a próxima sexta-feira (01/10) inscrições para o curso "Direitos, Deveres e Responsabilidades do Servidor Público Estadual". As inscrições podem ser feitas pelo link http://ava.egp.ce.gov.br/2019/inscricoes/.

Com  carga horária de 20 horas, a oportunidade estará disponível para realização no site da EGPCE, no período de 4 a 24 de outubro, por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

O curso tem como objetivo proporcionar aos servidores públicos atualização acerca de seus direitos, responsabilidades e deveres. Além dos servidores públicos, a capacitação é ofertada aos demais interessados na temática.

Ao longo do curso, os alunos vão aprender sobre a Organização da Administração Pública; Acessibilidade e Sistema Remuneratório; Responsabilidades dos Agentes e Crimes Contra a Administração Pública; Direitos e Vantagens dos Servidores Públicos Civis do Estado do Ceará, dentre outros tópicos.

Metodologia

O curso não terá tutoria nem professores ministrando aulas com transmissão ao vivo. O conteúdo será apresentado de forma interativa no AVA, contendo em alguns textos, destaques visuais que poderão remeter a leituras complementares e a links internos e externos. Assim, o horário das aulas fica a critério do participante, mas é necessário ficar atento(a) ao período de realização e emissão de certificado.

Certificação

A EGPCE emitirá certificado de 20 horas para os participantes do curso que cumprirem as atividades avaliativas e tiverem aproveitamento igual ou superior a 60% (nota superior ou igual a 6,0).

Serviço: Direitos, Deveres e Responsabilidade do Servidor Público Estadual. Período de inscrição: até 01/10. A inscrição é feita por meio do link http://ava.egp.ce.gov.br/2019/inscricoes/. Período de realização: 04/10 a 24/1

Do Portal EGPCE, com Núcleo de Comunicação Interna da Alece

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

O curso "Relações interpessoais e suas influências no mundo do trabalho", ministrado pela Célula de Qualificação dos Servidores da Escola Superior do Parlamento Cearense, por meio da plataforma Zoom, será concluído nesta sexta-feira (24/09). De acordo com a coordenadora da Célula, Norma David,  as aulas se desenvolveram desde a última segunda-feira (20/09), com carga de 20 horas/aula.

"Este curso faz parte do Programa de Desenvolvimento de Líderes, solicitado pela coordenadora do Núcleo de Saúde Mental do Departamento de Saúde e Assistência Social da Assembleia Legislativa, Rejane Sales, e é voltado exclusivamente para o pessoal do DSAS, com o objetivo de qualificar as relações interpessoais e as influências que estas relações podem ter no mundo do trabalho", destaca Norma David.

A coordenadora revela que 28 alunos participam do curso, ministrado pela facilitadora Bianca Patrícia Rocha. "Ela tem larga experiência nessa temática de gestão", avalia. Segundo a Norma David, entre os participantes estão, em sua maioria os gestores de células do Departamento. "É realmente um curso de alto nível e espera-se como resultado que todos os participantes possam aprimorar a competência de lidar com o atendimento ao público, com as relações interpessoais e com o novo cenário do mundo do trabalho", pontua.

Sobre a facilitadora

Norma David destaca ainda que a facilitadora Bianca Rocha é mestre em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará (UFC), especialista em Psicologia Positiva, e em Recursos Humanos e graduada em Psicologia, com experiência profissional de mais de 20 anos, na área de gestão de pessoas. "Ela também é personal e profissional coaching e atualmente exerce a função de gerente de desenvolvimento humano e organizacional da empresa SI Administração", explana.

De acordo com a coordenadora, o curso tem por objetivo atender a exigência de preparação das lideranças no mundo do trabalho de hoje. "Estamos voltados à qualificação dos servidores, para que eles possam adquirir conhecimentos teóricos e práticos sobre o desenvolvimento da excelência do relacionamento interpessoal, promovendo também uma ampla reflexão sobre o comportamento humano no ambiente de trabalho", assevera.

A facilitadora Bianca Rocha, que é também CEO da Sociedade Brasileira de Psicologia Positiva, explica que durante as aulas foram abordadas questões sobre como como potencializar as forças de caráter para melhores resultados nas relações interpessoais no mundo do trabalho, estratégias de integração na prática e conhecimento dos perfis das forças de caráter, dentre outros temas.

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

A Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), por meio da Célula de Qualificação dos Servidores, realizará, nesta terça-feira (24/08), às 16 horas, Webinar para apresentação do "Protocolo de Biossegurança: Medidas de Prevenção e Controle da Covid-19 no retorno às atividades presenciais da Assembleia Legislativa".

O Webinar é transmitido todas as terças-feiras ao vivo, por meio da plataforma Zoom. Para participar, o servidor interessado deve acessar o link https://bit.ly/3kbmBbU e realizar a sua inscrição.

A temática será apresentada pelo médico Joaquim Garcia Filho, membro da Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT) e coordenador do Núcleo de Saúde do Trabalhador do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa do Ceará, setor responsável pela criação do protocolo.

O médico ressalta que o protocolo foi criado com o intuito de garantir a proteção de todos sendo apresentado em diversas oportunidades para os setores da Alece a fim de que os servidores sigam as recomendações e possam atuar  como multiplicadores na prevenção ao  vírus.

"São medidas importantes para que tenhamos um controle da pandemia e da infecção, visando evitar que os colaboradores da Casa se infectem, sendo contaminados com o vírus. Temos que manter cuidados como o uso das máscaras, álcool em gel, distanciamento social e respeito às sinalizações para conseguirmos controlar essa infecção", destaca o médico.

Sobre o protocolo

As principais recomendações nas dependências do Poder Legislativo são o uso de máscara cobrindo boca e nariz, uso de álcool em gel, manutenção de distanciamento e respeito à sinalização dos locais onde há permissão para se sentar.

O protocolo de biossegurança também determina a aferição de temperatura nas entradas dos anexos da Assembleia e limpeza periódica em locais utilizados com maior fluxo de pessoas, bem como comunicação visual, com cartazes espalhados por todos os setores, para enfatizar as recomendações sanitárias, dentre outras.

A coordenadora da Célula de Qualificação dos Servidores, Norma David, destaca que desde o início da pandemia da Covid-19, a Alece teve uma preocupação com a saúde dos servidores, deputados e visitantes tendo possibilitado o home office para aqueles que integram  o grupo  de risco e demais colaboradores. "Com a autorização do retorno presencial para os servidores que já tomaram a segunda dose da vacina, o protocolo é fundamental, trazendo informações facilmente acessíveis  para o entendimento de  todos, destacando as recomendações sanitárias e medidas para prevenção da Covid-19 e a implementação de boas práticas de biossegurança  na Alece", ressalta.

Ações de combate ao Coronavírus na Assembleia

A Alece levando em consideração o quadro de excepcional emergência na saúde pública, que exige medidas de natureza mais restritiva para conter a propagação e infecção humana pelo novo Coronavírus (Sars-CoV-2), estabelece por meio de portarias, procedimentos para fins de prevenção à infecção e propagação do novo Coronavírus, no âmbito da Casa.

Projetos de lei têm sido aprovados no Poder Legislativo para amenizar os impactos da pandemia da Covid-19 em todo o Estado. Como medida de resguardo da salubridade do ambiente de trabalho e de proteção da saúde, tanto de usuários quanto de todos os demais agentes envolvidos na prestação do serviço público, a Assembleia aprovou  na última quinta-feira (19/08), o projeto de lei 107/21 de autoria do Poder Executivo.

A proposta  determina a exigência de vacina contra a Covid-19 para servidores  estaduais e penalidades para o descumprimento, que variam desde um alerta ou suspensão até a demissão.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Temos 820 visitantes e 3 membros online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500