Fortaleza, Quarta-feira, 17 Agosto 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

A célula da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) da Assembleia Legislativa do Ceará está assessorando a empresa de consultoria Cite Sol, que acompanha a execução do projeto de utilização dos recursos energéticos pelo prédio do Anexo 3 do Poder Legislativo, atualmente em construção, localizado na avenida Pontes Vieira.

De acordo com Yuri Passos, da área de engenharia ambiental da Célula da A3P, a Cite Sol está realizando a terceira visita à Assembleia, para verificar se a execução da obra está de acordo com o projeto que foi elaborado, assegurando a certificação de qualidade, e o recebimento do selo Procel, concedido às edificações que fazem uso racional dos recursos de energia em suas instalações.

Yuri Passos acentua que a empresa Cite Sol foi selecionada para fazer consultoria por meio de um processo de licitação realizado pela Assembleia Legislativa. "Este trabalho de consultoria verifica não só a eficiência na utilização de aparelhos de ar condicionado, elevadores e iluminação artificial, mas também a otimização dos recursos naturais de ventilação e solar", avisa.

Ele lembra ainda que a maior eficiência na utilização de equipamentos que utilizam energia, além de significar uma economia para o Estado, também demonstra ao público que a direção da Casa tem otimizado os recursos disponíveis no melhor atendimento às demandas. "O acompanhamento da execução do projeto está ocorrendo em visitas pela empresa, com intervalos de 15 dias", explica.

Após a conclusão da obra, o trabalho será inspecionado por uma empresa certificadora, que ainda não foi licitada, conforme explica Yuri Passos.

Construção sustentável

A coordenadora da Célula da A3P da Assembleia, Morgana Ferreira, aponta a construção sustentável como uma forma de se construir casas e edifícios de forma harmônica em relação ao meio ambiente. "A construção sustentável procura, durante toda sua produção e pós-construção, amenizar os impactos à natureza, reduzindo o máximo possível os resíduos e utilizando com eficiência os materiais e bens naturais, como água e energia, além de ser um dos eixos que trabalhamos no nosso setor", defende.

Ainda de acordo com ela, no anexo III do Poder Legislativo, seguindo essa orientação, alguns fatores tornarão o equipamento eficiente ambientalmente, como reúso de água da chuva e dos aparelhos de ar condicionado e iluminação natural, dentre outros. "Para contemplar essas ações, tem a certificação do Selo Ence de eficiência energética, que é o mesmo usado nos aparelhos de ar condicionado, geladeiras e outros eletrodomésticos que indicam a eficiência energética do aparelho", frisa. Ela destaca que a Célula da A3P do Poder Legislativo busca obter o nível A. "Por isso, a consultoria está trabalhando juntamente com o setor de Engenharia e o da Agenda Ambiental, em medidas corretivas para obtenção do Selo Ence em um nível satisfatório", explica.

JS/ SC

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

Publicado em A3P

Carla Ferreira foi a vencedora do concurso de vídeos “Sustentabilidade em Casa: um minuto que pode salvar o mundo”, promovido pela Assembleia Legislativa do Ceará, por meio da Célula da Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P).

Carla conseguiu 95,71 pontos da Comissão Avaliadora com o vídeo que defende o fim da utilização de copos e canudos plásticos, a opção por alimentos orgânicos, a reutilização de materiais não recicláveis, a separação domiciliar dos resíduos sólidos, além da prática de ações sociais em prol do meio ambiente.

O segundo vídeo vencedor foi de André Cavalcante, que recebeu 92,14 pontos na avaliação da comissão. Ele destacou a reutilização de materiais e o descarte correto do lixo domiciliar. E o terceiro colocado foi Anderson Tavares, com 91,88 pontos, que mostrou no vídeo a reutilização de embalagens para fazer mudas de plantas medicinais, a separação de materiais recicláveis e a reutilização de garrafas pet para fazer canteiros verticais.

De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Sarto (PDT), as práticas sustentáveis devem ir muito além das iniciativas individuais. “Quando estimulamos a sustentabilidade no ambiente organizacional, estamos sensibilizando todo o corpo de funcionários, chamando à participação coletiva. Essa conscientização repercute em outros ambientes da vida do profissional e serve de exemplo para toda a sociedade”, disse.

A engenheira ambiental e orientadora da célula A3P, Morgana Tavares, disse que o concurso contou com 27 participantes, inclusive do interior do estado e também de Recife (PE). "O concurso atingiu o objetivo que era de sensibilizar as pessoas a mostrar suas atitudes sustentáveis para que fossem agentes multiplicadores ao divulgar os vídeos. A ideia era se cada uma dessas pessoas atingisse outras dez pessoas, o resultado já era excelente", informou.

A primeira colocada, Carla Ferreira, vai receber uma composteira doméstica 15L mais um kit de lixeira coleta seletiva. André, que ficou em segundo lugar, vai ganhar uma composteira e o Anderson Tavares, terceiro colocado, vai receber um kit sustentável composto por canudo, talheres e copo reutilizável.

Para participar do concurso, cada concorrente teve que produzir um vídeo, entre 15 e 60 segundos, com exemplos sustentáveis desenvolvidos durante o período de isolamento social em casa. O vídeo foi veiculado no feed do Instagram do participante até a meia noite do dia 29 de junho com a hashtag #minutosustentabilidadeCE.  

Os vencedores têm até dez dias úteis para resgatarem os prêmios no Departamento de Administração da Assembleia Legislativa do Estado Ceará, localizada na Avenida Desembargador Moreira, 2807, bairro Dionísio Torres, 5º andar do Anexo I, mediante a apresentação de um documento de identificação com foto (RG, carteira de habilitação, passaporte ou similar), caso sejam moradores de Fortaleza, desde que respeitado as medidas de proteção recomendadas pelo decreto estadual.

Em caso de premiados de outros estados ou cidades, os prêmios serão enviados pelos Correios. Para isso, eles têm até dez dias úteis para enviarem as informações necessárias, como nome e endereço completo do destinatário, para o envio da premiação.

Da Agência de Notícias da AL

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Whatsapp: 85.99147.6829

Publicado em A3P

A preservação do meio ambiente é uma preocupação de todos. Nesta situação, pequenas atitudes podem ajudar a salvar o planeta, mesmo em tempos de pandemia gerada pelo Coronavírus. O concurso “Sustentabilidade em Casa: um minuto que pode salvar o mundo”, da Célula da Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P) da Assembleia Legislativa do Ceará, abre espaço para a população divulgar as práticas de sustentabilidade feitas no ambiente doméstico. A participação no concurso pode ser feita até a meia noite desta sexta-feira (26/06).

Para participar, os interessados devem produzir um vídeo, entre 15 e 60 segundos, com exemplos sustentáveis que possam ser ou foram desenvolvidos durante o período de isolamento em casa. O vídeo publicado deve estar marcado com a hashtag #minutosustentabilidadeCE, que vai oficializar a participação no concurso.

A conta do perfil tem que estar no modo público durante o período do concurso, sendo também obrigatório que o participante siga o perfil da Assembleia Legislativa (@assembleiace) no Instagram. O resultado será divulgado dia 30 de junho de 2020 no site da Assembleia Legislativa e na conta do Instagram @assembleiace.

Os três primeiros colocados serão premiados. O primeiro colocado receberá uma composteira doméstica 15L e um kit de lixeira coleta seletiva. O segundo colocado ganhará uma composteira, ficando o terceiro com um kit sustentável com canudo, talheres e copo reutilizável.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Sarto (PDT) destaca que as práticas sustentáveis devem ir muito além das iniciativas individuais. “Quando estimulamos a sustentabilidade no ambiente organizacional, estamos sensibilizando todo o corpo de funcionários, chamando à participação coletiva. Essa conscientização repercute em outros ambientes da vida do profissional e serve de exemplo para toda a sociedade”, afirma.

Para a orientadora da Célula da A3P, Morgana Tavares, é preciso despertar a consciência ambiental da população. “O concurso tem como intuito incentivar as pessoas a adotar bons hábitos dentro de casa. Ações simples como a coleta seletiva e compostagem têm grande significado e impactos ambientais positivos”, garante.

Critérios

A Comissão Avaliadora nomeada pela Célula da A3P vai analisar os vídeos levando em conta os seguintes critérios: adequação ao tema (30 pontos), inovação da prática (30 pontos), criatividade da apresentação (30 pontos) e qualidade técnica do vídeo (10 pontos).

A sustentabilidade é preocupação constante do Poder Legislativo, que adota práticas em favor do meio ambiente, incluindo o reaproveitamento da água do ar condicionado, utilização de lâmpadas de baixo custo energético, coleta seletiva, iluminação natural em boa parte dos ambientes internos e cobertura verde. As medidas serão estendidas ao anexo III da Casa, que terá energia fotovoltaica, iluminação natural e ventilação cruzada.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Whatsapp: 85.99147.6829

Publicado em A3P

A Célula da Agenda Ambiental na Administração Pública amplia a visibilidade das suas ações, compartilhando-as externamente. O setor recebeu nesta sexta-feira (13/12) a visita do gerente da empresa colombiana Earth Green Colômbia, Aníbal Sepúlveda, e o urbanista Tarcísio de Paula Pinto, da empresa paulista I&T Gestão de Resíduos, para tomar conhecimento do projeto de compostagem da borra de café realizada pela Assembleia Legislativa do Ceará.

Na ocasião, foi apresentado o modelo de compostagem realizado na Casa, visando buscar uma melhoria no processo já utilizado pelo Poder Legislativo. O projeto de produção de adubo a partir da borra de café foi iniciado em 2017 com o objetivo de reduzir o descarte de resíduos pela Casa.

Inicialmente, o material produzido era utilizado totalmente nos próprios jardins do Palácio Adauto Bezerra. Atualmente, cerca de 3,5 toneladas são reutilizadas anualmente a partir da borra de café, evitando que esses resíduos sejam encaminhados para os aterros sanitários, contribuindo para o aumento da vida útil dos mesmos.

Avaliação

A orientadora da Célula da Agenda Ambiental, Morgana Ferreira, destaca os resultados positivos do encontro. "A troca de experiências foi bastante enriquecedora, ajudando a aperfeiçoar o processo já existente, para que seja produzido um adubo de melhor qualidade e contribuindo ainda mais para a preservação do Meio Ambiente”, avalia.

Em agosto deste ano, a Célula iniciou a distribuição de compostagem feita a partir da borra de café para os servidores, já que a  produção está bem acima das necessidades dos jardins da AL. A borra  de café produzida na Casa é misturada a folhas secas e outros insumos, passa pelo processo de compostagem e então é usada para adubar os jardins. Cerca de 250 kg de borra de café são produzidas mensalmente.

O projeto borra de café integra o eixo “Gestão adequada dos resíduos gerados”. Também fazem parte do eixo temático projetos de reciclagem de resíduos sólidos, esponjas, pilhas, baterias e lâmpadas.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

 

 

Publicado em A3P

A Célula da Agenda Ambiental na Administração Pública, da Assembleia Legislativa do Ceará, recebeu nesta segunda-feira (09/12), o Selo TCE Ceará Sustentável, num evento promovido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-CE). A A3P já funciona na Alece desde 2012 e promove diversas ações dentre seis eixos temáticos.

Várias ações contribuíram para esse resultado, das quais podem ser citadas: distribuição de mudas medicinais, frutíferas e ornamentais; arrecadação, gincana e doação de cadeiras de rodas; vem de bike - bicicletário e chuveiros; gestão de resíduos sólidos - destinação adequada de resíduos sólidos para associação de catadores; atividades de oficina do cérebro; pilates; atividades de cinesioterapia; curso de inteligência emocional nas relações de trabalho; curso de comunicação e relacionamento interpessoal.

Para o coordenador da Célula, Lindolfo Cordeiro, o reconhecimento permite que se comemore o êxito do programa. "O prêmio reconhece o trabalho que vem sendo construído desde 2012, de perseverança e conscientização. O trabalho tem sido exitoso na Alece. Para nós, foi uma honra ser designado como um dos programas vencedores desse prêmio criado pelo TCE do Ceará", frisa.

A coordenadora suplente Luana Ponte destaca o resultado obtido. "No Prêmio, foi abordado o eixo Qualidade de Vida, associada ao objetivo de Desenvolvimento Sustentável Boa Saúde e Bem Estar", aponta.

Sobre o Selo TCE Ceará Sustentável

Todas as ações alinhada com Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), descritos na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), puderam participar da seleção. O Selo é uma forma de reconhecer iniciativas de desenvolvimento sustentável criadas pelos órgãos da administração pública do Estado. As iniciativas inscritas foram avaliadas por uma comissão composta pelo presidente do TCE-CE e outros conselheiros do órgão.

A solenidade contou com a participação de representantes de órgãos da administração pública e prefeitos de diversos municípios do estado. Nove certificados foram entregues e a Assembleia Legislativa do Ceará foi uma das contempladas. Na ocasião, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, proferiu um debate com o tema "Boas Práticas de Governança e Gestão".

No encerramento do evento, o conselheiro Edilberto Pontes, presidente do TCE-CE, fez uma avaliação sobre a atividade. "O Tribunal de Contas não é só um órgão fiscalizador. Ele procura também estimular a sustentabilidade no estado do Ceará, não apenas com nossas ações internas, mas também reconhecendo instituições e prefeituras com práticas sustentáveis", frisou.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

Publicado em A3P
Página 4 de 7

Temos 268 visitantes e Um membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

QR Code

Portal do Servidor - Mostrando itens por tag: Sustentabilidade - QR Code Friendly



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500