Fortaleza, Quarta-feira, 10 Agosto 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

O projeto "Política cor de rosa - uma conversa de incentivo ao protagonismo feminino", da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce) realizou no primeiro semestre, quatro encontros com temáticas variadas. A atividade mobilizou as deputadas estaduais Érika Amorim (PSD), Augusta Brito (PT), Fernanda Pessoa (UB) e Dra. Silvana (PL), bem como servidoras da Casa.

Na sua estreia realizada em abril, o projeto recebeu a  deputada Érika Amorim,  terceira secretária da Mesa Diretora do Poder, para um bate-papo sobre a participação da mulher na política.

Na ocasião, a parlamentar ressaltou que, para além de tratar da equidade de gênero, é preciso fortalecer a rede de apoio ao público feminino. ''Defendo a política de cotas para mulheres. Somos maioria e merecemos ser representadas nas casas políticas por nós mesmas. Política também é lugar de mulher”, defendeu a parlamentar, única representante feminina da sua sigla na Casa.

A segunda edição do Política Cor de Rosa contou com a participação  da deputada estadual e Procuradora Especial da Mulher , deputada Augusta Brito,  que abordou os temas violência política de gênero e empreendedorismo feminino, com servidoras e servidores da Alece e representantes da sociedade civil.

Augusta Brito defendeu a necessidade de estimular a participação de mulheres na política, por meio de cotas para lançamento de candidaturas entre os partidos políticos e afirmou que um dos papeis da PEM da Assembleia é fortalecer o papel da mulher na política, por meio de parcerias com Câmaras Municipais. "Estão sendo construídas parcerias para a criação de uma rede municipal de enfrentamento à violência", afirmou, destacando ainda que, paralelamente a esta ação, é desenvolvido o projeto "Donas de si", que busca estimular o empreendedorismo entre as mulheres, buscando a inserção profissional.

Saúde em pauta

No dia 17 de maio, a deputada Fernanda Pessoa participou do bate-papo, dando destaque aos avanços e carências de serviços públicos voltados para prevenção e diagnóstico precoce do câncer, acolhimento e acompanhamento de crianças e jovens portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e combate à violência, dentre outros temas.

A deputada manifestou ainda preocupação com questões relacionadas à saúde das mulheres, às crianças e adolescentes portadores da Síndrome de Down e do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). Estes temas teriam sido contemplados em iniciativas legislativas ao longo dos seus mandatos. Em relação ao atendimento às crianças com síndrome de Down, ela destacou que o atendimento deve ser mais amplo. "São necessárias políticas públicas para crianças e a promoção de atendimento psicológico às mães", defendeu.

O "Política cor de rosa" encerrou  o semestre com roda de conversa no dia 08 de junho  com a  participação da deputada Dra. Silvana. A atividade foi marcada por uma discussão sobre as consequências da dependência química, por meio de diálogo estabelecido entre a parlamentar e o cantor Neo Pi Neo, que foi convidado por ela a participar do projeto.

Ao longo do encontro, a deputada e o cantor trocaram ideias sobre o processo de recuperação dos dependentes químicos, muitas vezes de forma descontraída. Neo Pi Neo narrou experiências que teve em contato com outros dependentes químicos e defendeu que as pessoas reflitam sobre as consequências do uso de drogas.

Saiba mais

Por meio do projeto "Política cor de rosa - uma conversa de incentivo ao protagonismo feminino", a Assalce conversa sobre protagonismo feminino, colocando em pauta a valorização da mulher, abordando a importância do reconhecimento de sua participação no desenvolvimento econômico, social e político do País.

A roda de conversa contou com  mediação da jornalista Magnólia Paiva (Rádio FM Assembleia 96,7), com direção e produção de Virgínia Bastos, assessora de Comunicação e Marketing da Assalce, e supervisão de Luis Edson Sales, presidente da Assalce.

JB, com Assessoria de Comunicação e Marketing da Assalce

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032                                     

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

Publicado em ASSALCE

As servidoras da Assembleia Legislativa do Ceará, Jacqueline Assunção e Rosanni Guerra, tomaram posse na Academia de Letras e Artes de Fortaleza (Alaf), no dia 18 de junho, durante solenidade realizada no Hotel Brasil Tropical, na capital cearense. Na oportunidade a escritora Izabelle Valadares, presidente da Literarte, deu posse à  escritora cearense Mardenia Maria ,  como novo presidente  da ALAF.

Jacqueline Assunção de Lima Braga é mestra em Gestão de Negócios Turísticos pela Universidade Estadual do Ceará (Uece), especialista em MBA em Políticas Públicas pela Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), especialista em Planejamento Educacional pela Universidade Salgado Filho, graduada em Teologia pela Universidade Católica do Ceará, em Filosofia pela Uece e em Artes Plásticas pelo Instituto Federal do Ceará (IFCE).

A servidora também é formada em Psicanálise Pelo Instituto de Psicanálise do Brasil, em Escritas Terapêuticas pela Central dos Escritores, em Saúde Mental pelo Movimento de Saúde Mental do Ceará. Em 2017, ela idealizou o Programa “Entre Artes – A Arte de Viver”, da Associação dos Servidores da Assembleia (Assalce), onde atua como coordenadora.

Rosanni Guerra Silva Araújo é brasileira, natural de Fortaleza, radicada em Caucaia, município da zona metropolitana do estado, onde morou e estudou, desde o seu nascimento. Por isso, também, se considera caucaiense.

É licenciada em Letras pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e bacharel em Ciências da Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade de Fortaleza (Unifor). É também pós-graduada em MBA de Jornalismo Político, Marketing e Comunicação Midiática pela Unipace. Rosanni é jornalista, escritora e poetisa, apresentadora do programa CABECEIRA da TV Assembleia do Estado do Ceará, que apresenta entrevistas com escritores e já publicou seus textos e poemas em Antologias e Coletâneas no Brasil, Suíça, Itália e Portugal.

Solenidade

Durante a solenidade da academia, houve a entrega da Comenda Raquel de Queiroz, em homenagem a escritora cearense aos escritores e acadêmicos da Alaf. Foram homenageados escritores e jornalistas cearenses Mônica Silveira, Célia Leite, Eliomar de Lima, Elinalva Oliveira, Lúcia Guedes, Rita Guedes, Rejane Costa Barros, Rosanni Guerra, Jacqueline Assunção e Maria José Esmeraldo.

Jacqueline Assunção externou gratidão à Alece, Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) e Assalce. Ela lembrou que é servidora do Poder Legislativo e teve o apoio incondicional dos servidores e dos veículos de comunicação da Casa para implantar as ações que propôs. "Isso foi muito importante porque nosso trabalho chegou a outras mídias da cidade", asseverou. A servidora também destacou o suporte dado pelo presidente da Assalce, Luis Edson Sales, e pela primeira-dama da Assembleia, Cristiane Leitão, que apoiou seu trabalho publicamente.

Para  Rosanni Guerra , a posse representa um momento de felicidade, gratidão e  reconhecimento. '' Me sinto muito feliz  e honrada em ter sido convidada a fazer parte da Alaf e   ter a oportunidade de fazer esse trabalho de  difusão e   divulgação  da nossa cultura  produzindo  poesia,  participando de antologias e assim fazendo esse plantio da literatura e colhendo esses frutos  que também vão impactar  diretamente  na educação e no incentivo  à leitura.

 

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

O Núcleo de Mediação e Humanização das Mulheres (Numehmu), do Comitê de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Ceará, promoveu nesta segunda-feira (30/05) a palestra vivencial “Mulher, Mãe, Esposa e Profissional: e como fica o autocuidado?”, em alusão ao Dia Internacional de Ação pela Saúde da Mulher, transcorrido no último dia 28 de maio. A atividade envolveu servidoras da Alece, que, durante a roda de conversa, refletiram sobre a necessidade do autocuidado, independentemente das escolhas pessoais e obrigações de cada uma.

Conforme informou a articuladora do Núcleo, Raquel de Mesquita Rodrigues durante o encontro, realizado no Anexo II (Edifício Deputado José Euclides Ferreira Gomes), foi proposta uma atividade sobre saúde mental, com convite para um círculo de diálogo entre mulheres. O objetivo é o de que a partir dessa experiência em grupo, haja reflexão sobre o que elas têm feito para o cuidado de si mesmo, tentando sair dos lugares de responsabilidades com filhos, de esposas e de tias, dentre outros.

“A ideia é que, partindo desse pressuposto do cuidado consigo mesma, desse olhar para si, seja despertada e/ou ampliada a consciência acerca da necessidade de cuidar de tantos outros aspectos que perfazem o nosso ser, tendo a compreensão de que somos seres biopsicossociais e que a saúde da nossa mente impacta a saúde do nosso corpo e vice-versa”, afirmou Raquel de Mesquita Rodrigues.

Para a articuladora do Núcleo, a atividade obteve um resultado positivo, pois as participantes puderam se perceber, sem que tenham de agir para apenas de cuidar do outro e de se deixar de lado. “Ao final todas puderam assumir o compromisso, a partir das suas carências e necessidades, de cuidar mais de si e fazer o que de fato é importante”, asseverou Raquel.

Sobre o Núcleo de Mediação e Humanização das Mulheres

Segundo Juliana Holanda, coordenadora do Núcleo de Mediação e Humanização das Mulheres, o setor, juntamente com a Procuradoria Especial da Mulher (PEM), tem o objetivo de realizar mediações na área da violência de gênero, de uma maneira geral, como, também, promover a humanização da percepção de todos os tipos de violência.

“Estamos fazendo um trabalho junto às servidoras da Casa, para que as mulheres, dentro dessa realidade, possam ver que têm capacidade de mudar suas vidas, olhando para sua autoestima. Estimulamos, na realidade, o autocuidado para que elas possam promover junto às suas famílias o desenvolvimento humano, espiritual e mental”, afirmou Juliana.

Outro objetivo do Núcleo de Mediação e Humanização da Mulher, segundo informou. é o de acolher as mulheres em parceria com outras células do Poder Legislativo. “Estamos, também, atuando em parceria com a Secretaria de Proteção Social (SPS) com a qual vamos trabalhar essa questão da humanização no combate às drogas”, ressaltou.

O Núcleo de Mediação e Humanização das Mulheres (Numehmu) faz parte do Comitê de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Ceará.

Da Assessoria de Comunicação e Marketing da Associação dos Servidores da Assembleia (Assalce), com Núcleo de Comunicação Interna da Alece

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

Publicado em ASSALCE

Um momento de celebração a Deus que há dois anos não era realizado presencialmente foi retomado nesta quinta-feira (12/05), na Assembleia Legislativa do Ceará. Nesta manhã, no auditório Murilo Aguiar, no edifício sede do Poder Legislativo, a Associação dos Servidores da Assembleia (Assalce) celebrou a Eucaristia em Ação de Graças, pela passagem do Dia das Mães.

A missa foi presidida pelo Padre Sales, com acompanhamento do Diácono Joaquim, em atividade marcada pela presença expressiva de servidoras da Casa.

Após um período de dois anos sem a tradicional comemoração do Dia das Mães (que transcorreu no dia 8 de maio), em virtude da pandemia da Covid-19, a Assalce promoveu esse momento de gratidão às mulheres que dedicam suas vidas ao cuidado responsável e afetuoso de seus filhos e filhas. O evento foi iniciado pelo Coral da Assalce, que executou canções relacionadas à atividade materna.

Retomada marcada por agradecimentos

Ao se dirigir às servidoras presentes à atividade, o presidente da Assalce, Luis Edson Sales, agradeceu aos deputados estaduais que participaram da celebração, dentre os quais o presidente da Assembleia, Evandro Leitão (PDT) - que fez a primeira leitura, referente aos Atos dos Apóstolos -, o 1º secretário da Mesa Diretora, Antonio Granja (PDT), e Walter Cavalcante (PV), bem como dirigentes de setores vinculados ao Poder Legislativo, pelo apoio à iniciativa da Assalce.

Luis Edson fez referência ainda à atuação do Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense (MMLC) e ao Instituto de Assistência e Proteção Social (IAPS), que estiveram envolvidos na organização da missa, destacando o papel da primeira-dama e presidente do Movimento, Cristiane Leitão, e à presidente de honra do MMLC, a ex-deputada estadual Meire Costa Lima. "Agradeço às servidoras aqui presentes, pois depois de muito tempo estamos podendo nos reunir. Que Deus abençoe a família de cada uma", afirmou, em referência às mães que atuam na Assembleia.

A primeira-dama da Alece, Cristiane Leitão, agradeceu à presidente do IAPS, Simone Fernandes, pelo apoio à celebração e fez referência às atividades desenvolvidas pelo Instituto. "É importante que as pessoas saibam sobre a atuação do IAPS, que faz o resgate de muitas crianças por meio da música", afirmou.

Ao final da celebração, houve sorteio de prêmios para servidoras associadas da Assalce e distribuição de lembrancinhas para as mães.

Também participaram da missa gestoras da Alece, dentre as quais a diretora geral Sávia Magalhães, a controladora Sílvia Correia, a coordenadora de Comunicação Legislativa, Laila Freitas e Silva, e as diretoras do Departamento de Administração, Lise Novais, e do Departamento de Gestão de Pessoas, Elenice Ferreira Lima.

SC, com Assessoria de Comunicação e Marketing da Assalce

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

Publicado em ASSALCE

A Oficina da Memória, que integra o Projeto Casulo, da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce), trabalha a mente dos participantes por meio de estímulos emocionais, sociais e espirituais, com a realização de práticas cognitivas, artísticas e de convívio social.  As atividades prosseguem em novo formato desde o dia 23 de março, como forma de atuação do grupo devido ao isolamento social gerado pelas ações de combate ao novo coronavírus, conforme explica a facilitadora e master coach com expertise em inteligência emocional, Geene Diógenes.

“É um momento que exige muito do emocional das pessoas. Hoje existem várias ferramentas que podem ser utilizadas para encurtar distâncias, como Zoom, Skype e chamada de vídeo em grupo. Utilizo a metodologia da chamada de vídeo pelo WhatsApp, pois nem todas as participantes têm habilidade com essas ferramentas’’, afirma.

As atividades acontecem uma vez por semana. Dois grupos foram formados para a realização de chamadas de vídeo. ‘’As atividades contribuem para a saúde mental dos servidores. Ressalto a importância de manter a mente em equilíbrio, fazer leituras prazerosas, ver filmes de qualidade, fazer o desapego de coisas esquecidas em casa e a prática de exercícios físicos adaptados”, afirma Geene. Ela considera fundamental uma escuta empática, reservando esse momento para que as participantes se sintam acolhidas e ouvidas. “Realizo atividades cognitivas e peço para todas realizarem em casa’’, informa a facilitadora.

Metodologia de trabalho

A Oficina da Memória estimula a cognição e enfatiza a importância do equilíbrio da inteligência emocional e social, trazendo benefícios como a socialização e qualidade de vida. A iniciativa é voltada principalmente para pessoas idosas e a terceira idade é uma fase da vida que requer movimentação não apenas física, como mental.

Por falar em mente sã, Geene Diógenes deixa sua dica para estimular a memória em casa “Faça exercícios que sejam prazerosos para você. Palavras cruzadas, jogos online, Tangram, pinturas e leitura são boas opções, bem como ver filmes, ligar para parentes e amigos, ouvir música e dançar’’, aponta.

A Oficina da Memória será retomada com atividades presenciais após o período de pandemia do Covid-19. Após a normalização das atividades, os interessados poderão procurar a sede da Assalce (rua Araken Silva, 103 - bairro Dionísio Torres) ou se inscrever por meio do telefone 85.3272.8832.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Whatsapp: 85.99147.6829

Publicado em ASSALCE
InícioAnt12PróximoFim
Página 1 de 2

Temos 2500 visitantes e 24 membros online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

QR Code

Portal do Servidor - Mostrando itens por tag: Servidoras - QR Code Friendly



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500