Fortaleza, Terça-feira, 05 Julho 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

O  Comitê de Gestão Estratégica da Assembleia Legislativa do Ceará (Coge) chega ao fim de 2021 com uma grande quantidade de atividades desenvolvidas na Casa. O colegiado apresentou  o balanço das atividades de  2021 durante sua 10ª reunião deste ano, realizada nesta segunda-feira (06/12). Durante o encontro, que marcou o encerramento dos trabalhos neste ano, a pauta se  deteve aos resultados dos projetos prioritários elencados pelo presidente da Alece, deputado Evandro Leitão (PDT), no início da sua gestão.

Conforme destaca a controladora da Alece, Sílvia Helena Correia, a reunião foi uma oportunidade para prestação de contas. ''Apresentamos as entregas que já aconteceram e queremos registrar o patrocínio incondicional do presidente da Assembleia, Evandro Leitão, e da primeira-dama Cristiane Leitão, bem como agradecer também a todos os dirigentes, colaboradores da Assembleia, pois cada um tem um tijolo nessa construção. Vamos em frente para gerar mais resultados em 2022'', destacou.

No encontro, Sílvia Correia apresentou 27 projetos prioritários da gestão do presidente, sendo todos eles albergados  pelo planejamento estratégico até 2030, que vai ser entregue pela Fundação Dom Cabral no próximo dia 15 de dezembro, em solenidade no Auditório Deputado Murilo Aguiar.

Números

''Dos 27 projetos, temos 163 entregas, das quais temos 37% concluídas, temos em andamento 58 entregas, correspondendo a 36%. Ou seja, se somarmos o que está concluído com  o que está em andamento, termos o percentual de 73%, o que é um resultado de um indicador bastante satisfatório'', comemora Sílvia Helena Correia.

Segundo acrescenta, há algumas atividades e entregas a serem iniciadas porque dependem de parcerias de algumas ações que ainda estão sendo  realizadas. No total, existem  22 entregas a iniciar, correspondendo a 14%, e mais 22 entregas sobrestadas, pois dependem de algumas ações que precisam acontecer.

Dos projetos já em andamento, a controladora destaca o próprio planejamento estratégico e o projeto da plataforma Assembleia + Transparente, que também será lançada no dia 15 de dezembro. Os dois projetos integram essa plataforma, além do Portal da Transparência e da Ouvidoria Parlamentar, como principal canal de acesso à informação pelo  cidadão.

"Não podemos deixar de destacar o Centro Inclusivo para Atendimento e Desenvolvimento Infantil  (Ciadi), que teve um desempenho  excelente no ano de 2021, com sua reestruturação para atender além do público autista,  os portadores de  Síndrome de Down. Temos ainda a Assembleia Itinerante, que vai chegar nesta semana à sua quarta edição no município de Novo Oriente. Além disso, cabe registrar o Projeto Grande Debates, lançado em 3 de março, que já realizou nove debates com temas relevantes para a sociedade cearense, e o Comitê de Responsabilidade Social , capitaneado pela primeira-dama Cristiane  Leitão'',  ressalta.

Em relação aos projetos da área legislativa, Sílvia Helena Correia cita o  projeto de Governança Interativa, a certificação da Consultoria Técnica Legislativa pela Norma ISO  9001:2015 e a reestruturação da Procuradoria Especial da Mulher (PEM). "Além da reestruturação física, houve todo um trabalho de redimensionamento na forma de atuação da PEM  que atua hoje  por meio de cinco núcleos. Nesse período, já foram realizado 131 atendimentos especializados, além de 208 atendimentos pelo Zap Delas e 19 procuradorias implantadas nos municípios, com mais 29 em fase de implantação'',  aponta.

No âmbito da Comunicação Social, a controladora destaca o projeto Alece Comunica e a adesão da TV Assembleia ao programa Digitaliza Brasil, que vai permitir levar  o sinal a 48 municípios do Estado. ''Temos também o programa Conexão Assembleia, e a Revista Plenário disponibilizada em meio eletrônico, inclusive cabendo destacar a premiação da Rádio FM Assembleia 96,7 no 5º prêmio Adpec de Jornalismo (segunda colocada em sua categoria)'', assevera.

Na Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace),  um projeto relevante são os dois MBAs que foram lançados com 196 alunos, sendo 124 no MBA de  Gestão e Governança Pública e 72 no MBA de Assessoria Parlamentar.

Sobre o Coge

O  Comitê de Gestão Estratégica da Alece foi instituído pela Resolução nº 698/2019, com a finalidade de implantar o modelo de governança para a sistematização de práticas relacionadas ao planejamento estratégico, à gestão de riscos, aos controles internos e à integridade da gestão.

O Coge é formado por titulares da Diretoria Geral, Controladoria, Diretorias Administrativa Financeira e Legislativa, Procuradoria-Geral, Coordenadoria de Comunicação Social, Coordenadoria de Tecnologia da Informação (Coti), Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional (Codins) e Chefia de Gabinete da Presidência da Assembleia.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

Publicado em Controladoria

Até 2030, 35 projetos estratégicos devem ser implantados pela Assembleia Legislativa, de acordo com a titular da Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional (Codins) da Casa, Heline Joyce. Desse total, 18 da plataforma prioritária 2021-2022 já estão sendo  executados e outros 17 serão desenvolvidos  ao longo de 2023-2030.Conforme a coordenadora, nesta segunda-feira (20/09), a Codins, que é vinculada à Mesa Diretora da Alece, irá realizar, junto com a Fundação Dom Cabral, um encontro com um grupo de 75 servidores, para dar continuidade aos estudos previstos. As ações fazem parte do programa Alece 2030.

"Dividimos as atividades da seguinte forma: um grupo de 25 servidores faz o trabalho de definir projetos de discussão e de divisão em grupos, para concluir o termo de abertura desses projetos. Na sequência desse trabalho, a gente leva o que foi construído para o grupo maior de 75 servidores. Este grupo pode sugerir modificações. Feito isso, a gente valida o que foi construído no Comitê de Gestal Estratégica (Coge)", afirma.

Nesta segunda-feira, de acordo com Heline Joyce, haverá a apresentação do conteúdo para o grupo de 75 servidores, e está previsto para o dia 27 de setembro a validação desta construção para a Presidência da Assembleia e para o Comitê de Gestão Estratégica. "As próximas atividades serão continuadas a partir de outubro e novembro, fazendo a matriz de contribuição das áreas. Nós definiremos seis áreas estratégicas e serão elaborados subplanejamentos estratégicos para essas seis áreas, para que se desenrole daí a execução do que foi planejado", pontua.

Heline explica, por exemplo que se a Diretoria Legislativa for definida como área estratégica, já que é um dos braços finalísticos da Casa, o setor vai ter um mapa estratégico, as iniciativas estratégicas, as metas que a diretoria vai buscar atingir e os indicadores daquela área. "E assim a gente vai fazer com essas seis áreas que forem definidas", frisa. De acordo com o calendário definido, a partir de 30 de setembro, serão apontadas as seis áreas estratégicas.  "É como se o planejamento macro fosse se dividindo nestas seis áreas para que ele saia do papel e realmente aconteça. É esse o nosso grande desafio", destaca.

Workshops

Nos dias 2 ,9 e 13 de setembro a Coordenadoria realizou três workshops com um grupo de 25 servidores para priorizar as iniciativas estratégicas vinculados aos objetivos estratégicos que foram definidos anteriormente. As iniciativas são intenções voltadas às ações para atingir os objetivos elencados, conforme explica Heline Joyce. "São os projetos estratégicos. Como exemplo, podemos apontar o aprimoramento da governança e o alinhamento entre as áreas da Assembleia", esclarece.

Para se chegar a esses objetivos, a coordenadora aponta que as ações estão afetas à reinvenção de processos e perspectivas de processos. "Definimos que três projetos são estratégicos e fundamentais: a implantação do programa de integridade da gestão, a implantação do sistema de informações estratégicas de controle e a implantação de um modelo de capacidade de auditoria interno da Casa. E assim fizemos com os demais objetivos, definindo que projetos seriam importantes", assevera.

Após esses levantamentos realizados, conforme Heline, foi definido um portfólio com 17 projetos estratégicos para serem implantados até 2030. Antes, foi definido o mapa estratégico, composto por missão, visão, valores, perspectivas e objetivos estratégicos. Também já foram definidos os indicadores que serão necessários para alcançar esses objetivos e os projetos estratégicos para os próximos dez anos, segundo a coordenadora.

Esses projetos envolvem as diretorias, áreas de gestão e de tecnologia da informação, Comunicação Legislativa, Diretoria Legislativa, Controladoria, Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional, Departamento de Gestão de Pessoas, Unipace, Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos e Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS). "Todas as áreas da Casa deverão estar envolvidas para conseguirmos realizar o que está planejado", diz Heline Joyce.

Para acompanhar o Alece 2030, basta acessar o hotsite alece2030.al.ce.gov.br no site da Assembleia Legislativa (www.al.ce.gov.br).

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/ 

Publicado em Categoria Matriz

O Dia Mundial da Terra, celebrado nesta quinta-feira (22/04), nos leva a refletir sobre como nossas ações impactam negativamente o planeta e acerca da necessidade de desenvolvermos consciência para preservação do meio ambiente. A Assembleia Legislativa do Ceará promove a sustentabilidade nas atividades da Administração Pública e auxilia na construção de uma nova cultura institucional fundamentada na excelência da gestão ambiental.

A Célula da Agenda Ambiental da Gestão Pública (A3P) da Assembleia Legislativa do Ceará, por meio de ações concretas, tem feito a diferença, contribuindo para a construção de um mundo melhor para as próximas gerações. A orientadora da Célula, Conceição Machado, destaca que Sustentabilidade no Poder Legislativo se desenvolve a partir de eixos temáticos. Conforme aponta, a gestão adequada dos resíduos sólidos, o uso racional dos recursos naturais e bens públicos, construções sustentáveis, sensibilização e capacitação dos servidores, dentre outros eixos, direcionam os projetos idealizados pela Célula da Agenda Ambiental.

Um dos projetos bem-sucedidos é o de reúso da água do ar-condicionado, que desde 2010, tem se destinado à rega de jardim, limpeza de pisos e para reposição do volume de água dos espelhos d'água.

Um único ar-condicionado da Assembleia rende 10,5 litros de água por hora e diariamente, é possível coletar 115,5 litros de água provenientes desses equipamentos. A motivação do projeto veio da necessidade de reduzir o consumo de recursos naturais, preservar o meio ambiente e gerir de forma adequada o uso da água, além de contribuir para a eliminação de vetores do mosquito Aedes aegypti.

Essa prática de reúso da água do ar-condicionado também pode ser adotada nas residências, possibilitando que o cidadão seja um multiplicador de ações em prol do meio ambiente. Em termos ambientais, ela inibe o acúmulo de água para a proliferação de mosquitos como o Aedes aegypti e, em termos financeiros, traz economia.

Reciclagem como prioridade

Um outro exemplo de prática sustentável e rotineira na AL é a reciclagem de resíduos sólidos desde 2007. Na Sala de Gestão de Resíduos Sólidos é realizado um trabalho de segregação dos materiais recicláveis coletados na Casa e acondicionados de forma ecologicamente correta, por meio de baias, em pista de rolamento colorida, que estabelece o padrão das cores para estações de coleta seletiva. O material segregado é doado a associações de catadores credenciados, que comprovam ser a reciclagem sua única fonte de renda, com todo o valor arrecado sendo dividido entre os membros da associação.

Por mês, são doados em média de 1.200 kg de papel, 130 kg de plásticos e 145 kg de vidros.

Conforme a orientadora da Célula da A3P, Conceição Machado, a gestão do presidente da Assembleia, deputado Evandro Leitão (PDT), inova em relação à responsabilidade socioambiental, assumindo um papel protagonista no cenário do Poder Legislativo.

Novos projetos

Além dos projetos em andamento, novas ideias serão adotadas. “O Programa Assembleia Sustentável está dentro do contexto considerado como projetos prioritários da atual gestão da AL, uma vez que terá destaque na construção do Planejamento Estratégico da Casa. Podemos destacar cinco projetos que compõe o escopo do referido programa: Gestão de Resíduos Sólidos, Eficiência Energética, Eficiência Hídrica, Projeto Agentes Ambientais e Desperdício Zero”, adianta a orientadora.

Dentre as novidades, está o projeto Desperdício Zero, que visa realizar ações de conscientização ambiental e redução de forma significativa de desperdício nas dependências da Assembleia Legislativa. “Dentro das ações previstas tem-se como exemplos, a substituição de copos plásticos por copos de silicone retrátil para os servidores e copo de papel para os visitantes, possibilitando a redução de custos para aquisição dos copos plásticos, bem como que se possa colaborar com a redução da quantidade de resíduos destinados aos aterros sanitários”, destaca Conceição Machado.

Na área da Eficiência Hídrica, o projeto “Água de Beber”, que tem como objetivo oferecer água com melhor qualidade aos servidores e está em execução no anexo II será ampliado para o anexo III. A Célula da Agenda Ambiental planeja ainda instalar uma “Estação de Tratamento de Águas Cinzas” (ETEAC). O processo tem por finalidade a captação de água não potável (água cinza), seu tratamento para reúso em irrigação de jardins e lavagens de pisos resultando na economia do consumo de água potável para fins não potáveis.

Outras ações de grande importância são a instalação de painéis solares com o intuito de favorecer o real alcance da eficiência energética na Assembleia e o projeto “Agentes Ambientais”, que destinará a coleta dos resíduos da Casa às associações de catadores.

A orientadora da Célula da A3P afirma que as ações serão desenvolvidas pela Célula da Agenda Ambiental e compõem parte do núcleo de Responsabilidade Social, com reuniões que estão sendo realizadas. Para o desenvolvimento dos projetos, estão sendo realizadas reuniões com o Conselho de Gestão Estratégica (COGE), a Coordenadoria do Desenvolvimento Institucional da Assembleia (CODINS) e a Fundação Dom Cabral (FDC), para o nivelamento do detalhamento dos projetos, bem como, a sua execução e avaliação.

“Sabemos que o desenvolvimento sustentável promove o uso consciente dos recursos naturais de forma a reduzir os impactos ambientais. No entanto, o alcance da sustentabilidade conta com a participação individual e coletiva para a criação de uma nova cultura institucional no setor público”, destaca Conceição Machado.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em A3P

A capacitação sobre Elaboração e Monitoramento de Projetos, ministrada pela Fundação Dom Cabral, empresa contratada para prestar assessoria na construção do Programa Alece 2030, foi concluída nesta semana. O curso, com carga horária total de 16 horas/aula, contou com a participação de 40 servidores da Assembleia Legislativa do Ceará, responsáveis pela elaboração e acompanhamento dos projetos prioritários que farão parte do Planejamento Estratégico 2021-2030, e foi realizado no período de 29 a 31 de março e no dia 5 de abril.

Heline Joyce, coordenadora de Desenvolvimento Institucional da AL, destaca que a capacitação foi realizada de forma virtual pela plataforma Zoom, com o objetivo de trabalhar uma metodologia simples e prática de elaboração de projetos visando otimizar e dar celeridade ao planejamento estratégico.

Para isso, a turma foi dividida em oito equipes de cinco pessoas. Cada grupo trabalhou a metodologia em um projeto previamente definido pelo Comitê de Gestão Estratégica (Coge), a partir das prioridades definidas pelo presidente da Assembleia, deputado Evandro Leitão (PDT).

Projetos e áreas envolvidas

Os projetos trabalhados são de áreas diversificadas, incluindo Modernização da TV Assembleia, Programa de Responsabilidade Social, Implantação do Centro Inclusivo de Atendimento para o Desenvolvimento Infantil (Ciadi), Programa de Saúde Coletiva, Assembleia Sustentável, Modernização do Sistema de Gestão Patrimonial, Aprimoramento da Gestão do Processo Legislativo e Diagnóstico do Setor Produtivo do Ceará para o Desenvolvimento Regional.

Heline Joyce considera o curso exitoso, pois possibilitou aos participantes adquirir conhecimento sobre a criação de projetos, definindo concepção, desenvolvimento, execução e conclusão, a partir de ferramentas práticas para construção e acompanhamento de projetos, tais como: Canvas, WBS Pro (Estrutura Analítica do projeto) e ProjectLibre.

“Após a capacitação, recebemos muitos feedbacks positivos por parte dos servidores, tanto em relação à metodologia aplicada pela Fundação Dom Cabral, quanto ao aprendizado das ferramentas, que ajudarão bastante no acompanhamento da execução dos projetos. Foi um momento de troca de boas ideias e união de esforços na construção de novos conhecimentos”, afirma a coordenadora de Desenvolvimento Institucional da Assembleia.

Conforme adianta Heline Joyce, até o dia 20 de abril, será concluído o detalhamento dos projetos prioritários, de modo a iniciar as etapas de desenvolvimento e execução. Para tanto a Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional (Codins) irá realizar oficinas de orientação aos órgãos.

JB, com Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional da AL

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Controladoria

O Comitê de Gestão Estratégica (Coge) da Assembleia Legislativa do Ceará realizou nesta terça-feira (06/04), a segunda reunião ordinária do colegiado, ocasião em que foi realizado o acompanhamento dos projetos estratégicos priorizados pelo presidente da AL, deputado Evandro Leitão (PDT), além da apresentação da metodologia de monitoramento trimestral do Plano Plurianual (PPA) 2020-2023.

Durante a reunião foi apresentado um breve histórico das ações realizadas no mês de março de 2021, cabendo destacar o alinhamento com a Fundação Dom Cabral para customização da metodologia e inversão do cronograma, visando atender as ações e projetos de curto prazo previstos para o biênio 2021-2022.

Outra importante ação foi a capacitação em Gestão de Projetos, ministrada pela Fundação Dom Cabral e coordenada pela Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional (Codins), na qual 40 servidores da Casa tiveram a oportunidade de conhecer e aplicar conceitos relativos à concepção, desenvolvimento, execução e conclusão de projetos, a partir da utilização de ferramentas práticas, a exemplo do Canvas, WBS Pro (Estrutura Analítica do projeto) e ProjectLibre.

Planejamento estratégico

Sobre o Programa Alece 2030, que prevê a construção do Planejamento Estratégico da Casa para o período 2021-2030, as equipes das Coordenadorias de Comunicação Social e Tecnologia da Informação e do Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp) apresentaram a versão final do hotsite do programa, com destaque para o vídeo de abertura e o questionário que será aplicado para coleta de sugestões, visando assegurar a participação do quadro de servidores e da sociedade.

Como próximos passos, até o dia 20 de abril, está prevista a conclusão do detalhamento dos projetos e dos Termos de Referência relativos às aquisições necessárias à sua execução. Para tanto, serão realizadas pela Codins e pela Comissão Permanente de Licitação oficinas de orientação e acompanhamento junto aos órgãos da Assembleia responsáveis pelos projetos.

Para a controladora da AL, Sílvia Correia, “a atuação do Comitê de Gestão Estratégica, além de promover o alinhamento dos gestores, tem contribuído para a celeridade e a redução de riscos na tomada de decisão, fortalecendo a governança do Poder Legislativo”.

Estiveram presentes na reunião os membros titulares: Sílvia Correia (Controladora), Fabrício Melo Machado (Diretor Legislativo), Paulo Henrique Parente Neiva Santos (Diretor Administrativo Financeiro), Heline Joyce (Coordenadora de Desenvolvimento Institucional) e Daniel Sampaio (Coordenador de Comunicação Social), e os representantes de membros titulares: Luciana Marinho, representando o Procurador-Geral, Hélio Leitão, e Marcus Vinicius Melo Cruz, representando a Diretora-Geral, Sávia Magalhães.

A próxima reunião ordinária do Comitê está prevista para o dia 3 de maio, às 15 horas.

Do Núcleo de Comunicação Interna, com Controladoria da AL

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Controladoria
InícioAnt1234PróximoFim
Página 1 de 4

Temos 393 visitantes e 8 membros online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500