Fortaleza, Domingo, 26 Junho 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

Com a inflação em alta, impactando principalmente sobre os preços dos produtos de primeira necessidade, como alimentos, remédios e combustíveis, se faz necessário o acompanhamento dos valores cobrados em diferentes estabelecimentos. Um pouco mais de atenção pode significar uma grande economia para o bolso do consumidor. Portanto, ao decidir fechar uma compra, tenha certeza que está fazendo o melhor negócio possível. A recomendação é das entidades de defesa ao consumidor, como o Procon Assembleia. O advogado Rodrigo Colares e o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Casa, deputado Fernando Hugo (Progressistas), apresentam orientações sobre o assunto.

O advogado Rodrigo Colares, do órgão de defesa do consumidor do Poder Legislativo, alerta sobre essas variações que acontecem de forma abusiva, em muitos casos. “A pesquisa de preços é realizada por algumas associações e órgãos de defesa do consumidor para alertar sobre essas variações. É uma metodologia interessante e bem saudável de proteger o consumidor, buscando esclarecer acerca das variações e onde é possível encontrar produtos mais baratos”, aponta.

Ele explica que o mercado brasileiro funciona sob o regime de livre concorrência, sendo a prática de preços das empresas totalmente livre. “A grande questão consiste na prática abusiva de alguns valores de forma indiscriminada. Quando isso acontece por um grupo de empresas, há a necessidade da intervenção dos órgãos de defesa do consumidor para regulamentar e regrar essa situação”, pontua.

De acordo com Rodrigo Colares, a pesquisa de preços é importante para que se faça essa avaliação dos preços praticados, para definir se há ou não a prática, por um grupo de empresas, de cartel e, assim, pode-se evitar danos aos consumidores. “Outra perspectiva muito interessante é o esclarecimento do consumidor da necessidade da pesquisa por parte deles também. É de conhecimento público que há uma variação muitas vezes gritante em relação a determinados produtos”, assevera.

Controle

O presidente da Comissão de Defesa dos Consumidor da Assembleia, Fernando Hugo, acentua que não há no Brasil uma política de controle público dos preços. Portanto, ele, assim como os demais integrantes do Procon Assembleia, insiste com a população cearense "para que não se compre por preços imediatamente amostrados, principalmente no que diz respeito à cesta básica".

Para o parlamentar, o consumidor deve ir “de banca em banca”, nas feiras livres ou supermercados, porque existem diferenças de preços em relação aos alimentos básicos. “Você vai ser o fiscal de você próprio e de sua família. Defenda-se procurando sempre o menor preço”, aconselha.

JS, com Assessoria de Imprensa do Procon Assembleia

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Categoria Matriz

Com o objetivo de diagnosticar a situação dos Planos de Saneamento Básico municipais, a Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) e a Secretaria Executiva do Conselho de Altos Estudos da Assembleia Legislativa do Ceará, que coordena o Pacto pelo Saneamento Básico do Ceará, lançaram recentemente uma pesquisa por meio de formulário eletrônico.

O documento foi encaminhado no dia 12 de agosto para as prefeituras e respectivos secretários, com perguntas relevantes para a elaboração da versão preliminar do “Cenário Atual do Saneamento Básico no Ceará”. O prazo para que os municípios respondam os formulários é até o dia 21 de agosto. A pesquisa pode ser acessada pelo link https://forms.gle/65eQUUSaFLnNJUJdA.

Segundo a coordenadora técnica do Pacto pelo Saneamento Básico, Rosana Garjulli, é fundamental a participação de todos para que os dados levantados possam retratar, com fidedignidade, a realidade dos municípios cearenses, principalmente no que se refere ao saneamento rural.

“Trata-se de uma ação conjunta do Conselho de Altos Estudos e da Aprece. Os dados coletados servirão de base para que possamos avançar com o documento Cenário Atual”, explica.

Por meio da pesquisa, questões como plano municipal de saneamento básico, educação ambiental, drenagem e saneamento rural serão respondidas. “Como a Aprece tem o contato direto com as prefeituras, com a pesquisa ficará mais fácil ter acesso às informações complementares para o processo de elaboração do documento Cenário Atual”, ressalta.

(Da Assessoria do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos da AL, com Núcleo de Comunicação Interna)

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

O Comitê da Qualidade da Diretoria Operacional (DAO) iniciou nova fase da implantação do Sistema de Gestão da qualidade (SGQ) no Procon Assembleia com  uma pesquisa de satisfação no setor. As atividades estão sendo desenvolvidas desde o dia 19 de setembro.

No local de atendimento do setor, foi disponibilizada uma urna em que os consumidores podem dar sua opinião. Como resultado, o setor recebe diversos feedbacks de seu público-alvo.

Francisca Benício é consumidora e foi a primeira participante da pesquisa de satisfação e deu a sua opinião sobre o assunto. "É muito importante a pesquisa de qualidade de qualquer estabelecimento, principalmente para prestadores de serviços públicos como o Procon Assembleia", afirmou.

Na ocasião estiveram presentes Telma Valéria Pimentel (coordenadora técnica do Procon), Valéria Cavalcante (coordenadora geral do Procon), Tiago Tanimoto (consultor), Taisa Mourão (secretária do Comitê) e Leila Viana (vice-presidente do Comitê).

“É essencial uma organização se guiar pelos seus clientes. No caso do Procon Assembleia são os próprios consumidores que irão dar diversos insumos para que o Procon consiga cada vez mais melhorar o seu serviço”, explicou Tiago Tanimoto.

A coordenadora técnica do Procon Assembleia, Telma Valéria, destacou a importância da pesquisa de satisfação. “A pesquisa de satisfação é de suma importância para que nós possamos melhorar cada vez mais nosso trabalho, porque a partir dessa pesquisa que será feita com nossos clientes que são os consumidores, vamos ficar cientes se nosso trabalho está sendo bem feito pela nossa equipe”, afirmou.

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

Publicado em Categoria Matriz

A Divisão de Treinamento (Ditre) da Diretoria de Recursos Humanos (DRH) inicia, na próxima segunda-feira (15/10), o projeto Audire. A iniciativa pretende ouvir todos os deputados, diretores, chefes de divisões e servidores da Assembleia Legislativa sobre a demanda de cursos, treinamentos, palestras e workshops a serem desenvolvidos a partir de fevereiro de 2019.

 O plano fundamenta-se na oferta de cursos de qualificação pessoal e profissional, de curta e média duração, em consonância com a missão, princípios, valores e orientações da Mesa Diretora. O Plano Anual de qualificação é um dos instrumentos da política de desenvolvimento profissional dos servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará por meio da educação corporativa.

 De acordo com a coordenadora da Ditre, Norma David, o trabalho será desenvolvido por uma equipe de oito servidores, sob a coordenação da psicóloga Natércia Rios. “Serão distribuídos questionários para cada deputado, diretor, chefe de divisão e cada servidor questionários, onde poderão ser indicadas as necessidades individuais ou de suas equipes por cursos de até 40 horas de duração”, frisa.

 Após receber o questionário, será dado prazo de até 10 dias para a devolução. A partir daí será iniciada a tabulação dos dados e definida a oferta de cursos e treinamentos. Norma explica que a cada mês podem ser ofertadas de quatro a sete atividades, todas voltadas somente para o público interno.  “Em 2018, a maior demanda foi por cursos e treinamentos na área de informática e de nova ortografia da língua portuguesa”.

 O Plano de 2019 estabelecerá as ações de qualificação seguindo as diretrizes da Lei nº 15.716, de 19 de dezembro de 2014. O propósito fundamental para a execução dos programas de treinamento caracteriza-se pela excelência da qualidade na prestação de serviços, tendo em vista uma gestão por qualidade e resultados, privilegiando o capital humano com o devido acesso ao conhecimento no seu constante processo evolutivo de informações, referente, principalmente, ao mundo do trabalho.

 “Esperamos que o servidor usufrua destas  oportunidades para o seu crescimento pessoal e profissional, sendo o protagonista de seu desenvolvimento, incentivado pelo gestor de sua unidade de trabalho, comprometido com o fortalecimento institucional da Assembleia Legislativa”, acentua Elenice Ferreira, diretora de Recursos Humanos.

 

 

Com o objetivo de buscar saber como está o ambiente de trabalho dos servidores e servidoras da Consultoria Parlamentar da Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE), foi divulgado na tarde desta terça-feira (04/09), o resultado de uma pesquisa de clima organizacional daquele setor. A pesquisa foi realizada entre os dias 20 de junho e 20 de julho, com a participação de dezoito servidores.

De acordo com a responsável pela pesquisa, Geene Diógenes, a atividade atende sempre a solicitação do coordenador ou chefe imediato, que tem interesse em obter uma avaliação dos serviços prestados, do ambiente de trabalho e suas estruturas, bem como informações sobre o andamento dos serviços realizados por sua equipe.

Metodologia

"A pesquisa é feita através da elaboração de um questionário, por meio do qual o diretor ressalta pontos que podem ser abordados. Com o questionário pronto, fazemos entrevistas individuais, para que cada servidor dê sua opinião", afirma.

Após as entrevistas, Geene informa também que é necessário analisar todos os dados adquiridos por meio de um questionário. Posteriormente, é redigido um relatório com as informações apuradas, sendo elas apresentadas ao diretor e à equipe participante.

"A Consultoria Parlamentar apresentou um clima satisfatório de 87%. Segundo pesquisas, é um clima muito bom. Eu percebi neste levantamento que temos uma equipe trabalhando com muita responsabilidade no que faz, com muita sinergia e união", aponta.

Página 2 de 3

Temos 306 visitantes e Nenhum membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500