Fortaleza, Quarta-feira, 17 Agosto 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

A Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa  realizou na tarde desta terça-feira (13/03) o segundo Papo com Mulheres do ano, com o tema "A Reforma da Previdência e o impacto na vida das mulheres". A deputada Augusta Brito (PCdoB), procuradora especial da Mulher, defendeu a necessidade de chamar atenção para que os direitos das mulheres, conquistados diante de muitas lutas, não sejam retirados.

''A reforma prejudica as  mulheres em todas as suas categorias principalmente as agricultoras. O Benefício de Prestação Continuada (BPC) será reduzido a quase nada. Isso é preocupante. Quando você chega numa certa idade prevendo se aposentar já é difícil, e ainda com esse dinheiro reduzido a menos da metade, que perspectiva as mulheres poderão ter?'', indagou.

A presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde do Estado do Ceará (Sindsaúde), Marta Brandão, alertou que a proposta atingirá muito mais as mulheres do que os homens.

''Se a proposta for aprovada, as mulheres serão mais penalizadas porque para adquirir o direito a aposentadoria elas precisarão trabalhar dois anos a mais para aposentadoria integral, ter 40 anos de contribuição e trabalhar mais dois anos para perfazer os 62 anos. Em relação aos homens, essa alteração não vai mexer na aposentaria. Ele vai permanecer com a mesma referência anterior  principalmente se a aposentadoria for por idade'', avaliou.

A presidente do Sindsaúde também alertou que as trabalhadoras  rurais serão prejudicadas. Pelo regime atual, elas podem se aposentar com 55 anos de idade e provar que tem até 15 anos de atividade rural. A nova proposta unifica a idade mínima entre homens e mulheres e estabelece 20 anos de contribuição.

Avaliação das convidadas

O Papo com Mulheres surgiu por iniciativa das servidoras da Assembleia, em conjunto com a Procuradoria Especial da Mulher. A iniciativa, criada  em dezembro de 2018, busca a aprofundar o conhecimento e a reflexão da sociedade, em especial as mulheres, sobre os mais diversos assuntos, por meio de rodas de conversas e debates.

Neuri Assunção parabenizou a iniciativa da Procuradoria que traz  à tona temas de interesse da mulher. ''Já participei de outra edição do Papo com  Mulheres e hoje retornei para saber mais sobre a Reforma da Previdência e seus impactos. É muito produtivo para nós mulheres interagir na sociedade e debater o  que vem nos afetando em forma de comunidade. A gente sente que os órgãos públicos estão tendo um maior cuidado e atenção conosco'', destacou.

Para Luzanira Sabino, é preciso lutar contra a aprovação da Reforma da Previdência.''Essa reforma é inadmissível. Por isso, esse encontro é muito importante para que as mulheres possam  ter consciência dos prejuízos dessa proposta. Participo das reuniões porque quero ficar atenta, informada e também refletir sobre os meus direitos na sociedade", afirmou.

A Assembleia Legislativa do Ceará, em parceria com o Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense (MMLC), Associação dos Servidores da Assembleia (Assalce) e Núcleo de Comunicação Interna, promoveu nesta terça-feira (12/03) uma homenagem a todas mulheres que ocupam cargos de direção na Casa. A solenidade ocorreu no hall de entrada do plenário, e contou com a presença do presidente da Assembleia, deputado José Sarto (PDT), da presidente de honra do MMLC, Natália Herculano, do presidente da Assalce, Luís Edson Correia, das deputadas Dra. Silvana (PR), Augusta Brito (PCdoB), Patrícia Aguiar (PSD), Fernanda Pessoa (PSDB) e Erika Amorim (PSD), do deputado Walter Cavalcante (MDB), do Chefe do Núcleo de Comunicação Interna, jornalista Salomão de Castro.

A solenidade, que faz parte dos festejos do Dia Internacional da Mulher, transcorrido no último de 8 de março, foi aberta com apresentação do coral da Assalce, que cantou músicas que faziam referências ao papel e a importância das mulheres na sociedade. Em seguida, foram entregues certificados às mulheres que ocupam cargos de direção na Administração do Poder Legislativo. A primeira homenageada foi a repórter fotográfica Bia Medeiros, única mulher a exercer a função no Poder Legislativo. As demais homenageadas foram Laila Freitas e Silva, coordenadora da Assessoria de Comunicação Legislativa, Fátima Abreu, diretora do Núcleo de Rádio, Sílvia Correia, auditora interna; Lise Novais, diretora administrativa; Sávia Queiroz Magalhães, diretora geral; Maria Elenice Ferreira Lima Bento Pinheiro, diretora de Recursos Humanos; e Rossylane Maria Oliveira da Costa, diretora financeira.

O certificado emitido pela Assalce e AL-CE e entregue a cada uma das homenageadas pelos presidentes José Sarto e Luís Edson declara que as gestoras são parabenizadas pela passagem pelo Dia Internacional da Mulher e que recebem o agradecimento "pelo excelente trabalho exercido" à frente dos cargos em que atuam no Legislativo.

Emoção marcou o evento

Ao falar em nome de todas as homenageadas, Elenice Ferreira Lima declarou sentir-se honrada com a homenagem e a confiança depositada no conjunto das mulheres que participam dos cargos de direção. "Vale também destacar a dedicação que não só aquelas que exercem funções de chefia, mas todas as mulheres que realizam um trabalho voltado para o bom atendimento da comunidade na Casa do Povo", afirmou Elenice, manifestando-se emocionada pela homenagem recebida. Segundo ela, todas cumprem as suas funções com dedicação e prazer em bem servir, "buscando sempre a eficácia e a eficiência". Ela lembrou ainda que a Assembleia cearense é qualitativa e quantitativamente, de acordo com dados oficiais, como uma das melhores do país.

O presidente José Sarto salientou, ao se manifestar durante a solenidade, que o "Brasil precisa reapreender a respeitar as mulheres". Ele observou que na sua profissão, médico obstetra, como filho, além de pai de filhas e marido, sempre viu nas mulheres ternura e bravura. "Ternura em lidar com familiares, amigos e a sociedade, e bravura de guerreiras que são em enfrentar o cotidiano muitas vezes adverso no mundo masculino", afirmou.

O presidente da Assalce, Luís Edson Correia, também na solenidade, assinalou que a direção da Assembleia tem escolhido para as funções de comando "mulheres que têm expertise em suas áreas". Ele considerou que a participação das mulheres nos cargos da administração como um exemplo para toda as gestões públicas.

Publicado em ASSALCE

A exposição "Elas por ela", da fotógrafa Bia Medeiros, foi realizada nesta terça-feira (12/03) no hall da Assembleia Legislativa do Ceará. A mostra fotográfica, que faz parte das comemorações do Dia Internacional da Mulher e foi produzida pela Comunicação Interna da  AL-CE, retrata toda as mulheres que exercem cargos de direção do Poder Legislativo em seus ambientes de trabalho. A profissional ressaltou que graças à boa receptividade de todas as diretoras, as fotografias foram produzidas em tempo hábil para a exposição.

Bia Medeiros revelou que foi escolhida para a realização desta mostra por ser a única mulher na equipe fotográfica da Coordenadoria de Comunicação da Assembleia. Participante da equipe desde 2014, a profissional, que já foi premiada em concurso realizado no Louvre, em Paris (França), considera que integrar o conjunto de servidoras do Legislativo foi o ponto alto de sua carreira, que teve início em 2012.

Além da exposição das fotos, cada dirigente retratada também deu suas impressões sobre o que é ser gestora pública. A diretora financeira Rossylane da Costa afirma que a função "é ter a oportunidade de mostrar através da sensibilidade, intuição e competência, que nós mulheres, estamos vencendo a desigualdade e provando o nosso real valor trazendo um novo olhar para a gestão pública".

Depoimentos

Para a coordenadora de Comunicação Legislativa, Laila Freitas, "ser gestora pública é a função que combina os aspectos essenciais de uma missão que inspira a todos como quem abraça um sacerdócio". Para Fátima Abreu, diretora da Rádio FM Assembleia 96,7, "ser gestora pública é assumir um papel com muita responsabilidade pensando num coletivo plural, e no caso do parlamento estadual, representar a Casa seguindo as diretrizes, a sua natureza  e razão de ser".

Sílvia Correia, auditora interna da Assembleia, considera que “ser gestora pública é uma oportunidade ímpar de poder contribuir com a melhoria da qualidade dos bens e serviços públicos, tão almejada e merecida pelos cidadãos.” Lise Novais, diretora administrativa, diz que ser gestora é "contribuir para a excelência do poder legislativo com responsabilidade, ética e comprometimento".

A diretora geral Sávia Magalhães entende que a figura do gestor público está cada vez mais evidente no mercado de trabalho. "A administração pública é um dos assuntos em alta em nosso país, tendo em vista toda a agitação do cenário político", afirma. Sicília Regadas, coordenadora do Cerimonial, aponta que " é muito gratificante a oportunidade de trabalhar com públicos diversos, tendo a honra de servir, de vivenciar a coletividade".

A diretora de Recursos Humanos, Elenice Ferreira Lima, afirma que ser gestora pública é ser motivada a estar sempre trabalhando em prol da coletividade, buscando o bem-estar de todos; saber identificar a importância de cada servidor para a organização pública, capacitá-los e motivá-los para que alcancem seus melhores resultados e proporcionem à comunidade um trabalho cada vez mais eficiente.

Roda de conversa

Ainda durante a manhã desta terça-feira, foi realizada uma "roda de conversa", sobre o tema "Poder da imagem, tendo como facilitadora a couching Viviane Vale, que por meio de dinâmicas de grupo abordou sobre a comunicação realizada através do vestuário. Também participaram da roda representantes de uma indústria de cosméticos e de um loja de moda feminina. 

Publicado em ASSALCE

A exposição Elas por Elas, da fotógrafa Bia Medeiros, em exibição nesta terça-feira (12/03) e quarta-feira (13/03), no hall do Plenário 13 de Maio da Assembleia Legislativa, homenageia o Dia Internacional da Mulher, celebrado na sexta-feira (8/03). A mostra reúne imagens das diretoras da Casa à frente da gestão pública, que  poderão ser conferidas a partir das 9 horas. “Esse convite foi por eu ser a única fotógrafa mulher na Assembleia e para dizer que a representação é feita através de nós, mulheres, que cumprimos papel na Casa”, disse Bia.

A exposição reúne 16 fotos com o perfil profissional e a versão de cada diretora sobre gestão pública. O Legislativo cearense conta com a contribuição de oito mulheres à frente de cargos de diretoria, duas a mais do que na gestão anterior. São elas: Sávia Magalhães (Diretoria Geral), Rossylane Maria Oliveira (Departamento Financeiro), Laila Freitas (Coordenadoria da Assessoria de Comunicação Legislativa), Fátima Abreu (diretora da rádio FM Assembleia 96,7MHz), Sílvia Correia (Controladoria), Lise Novais (Departamento Administrativo), Sicília Regadas (Cerimonial) e Maria Elenice Ferreira Lima (Departamento de Recursos Humanos).

“Fala-se tanto sobre a violência, mas não se ressalta a intelectualidade da mulher, sua capacidade produtiva e de liderança”, destaca a servidora do Núcleo de Comunicação Interna da Alce e coordenadora de marketing da Assalce, Virgínia Bastos.

Memorial também promove exposição

Na sequência,  dia 14 de março, o Memorial da Assembleia Legislativa do Ceará Deputado Pontes Neto (Malce) promove a exposição Mulher, Memória e Política. A iniciativa faz parte das atividades promovidas na Casa  para comemorar a data. A mostra objetiva trazer ao público a relevância da participação feminina na construção de uma sociedade mais democrática e igualitária. Para isso, traça uma linha temporal que aponta as principais conquistas das mulheres ao longo da história para alcançar o direito ao voto. Bem como destaca o papel de mulheres que foram pioneiras  a ocupar cargos eletivos na política brasileira, por meio de fotografias, gráficos e perfis biográficos.

A exposição, que segue até  22 de março, tem parceria com o Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense (MMLC), Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa (Assalce), Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Mulher e Núcleo de Comunicação Interna.

(Da Agência de Notícias da AL-CE)

Ampliar a atuação do Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense (MMLC) nos diversos setores da sociedade é uma das principais diretrizes do movimento para a atual legislatura. A meta é da primeira dama da Assembleia Legislativa, Natália Herculano, nomeada nesta quarta-feira (13/02) presidente de honra do MML em recepção das esposas dos parlamentares eleitos.

"Ninguém solta a mão de ninguém". Foi o que afirmou a presidente de honra do MMLC,  Natália Herculano, durante a primeira reunião do ano de boas vindas da entidade, às deputadas estaduais, esposas dos deputados estaduais e representantes da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa (Assalce), além da Defensora Pública Geral Mariana Lobo. Na oportunidade Natália, que é esposa do presidente da AL-CE, deputado José Sarto (PDT), destacou as atividades que pretende realizar junto ao movimento.

Durante a reunião, ocorrida no salão nobre da presidência, Natália revelou que pretende realizar um seminário vinculado às comemorações alusivas do Dia da Mulher. Ela explicou que por conta da proximidade da data com os festejos de Carnaval, o dia da comemoração ficará definido somente na próxima semana.  Porém, salientou que durante o seminário as palestras serão voltadas para as questões femininas, tais como nutrição, inteligência emocional e empoderamento da mulher.

A presidente de honra informou ainda que pretende utilizar as instalações da Assembleia em atividades voltadas ao conjunto da sociedade. "Entre estas, iremos realizar a quarta-feira cultural, no auditório da Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), para que os músicos e artistas regionais possam se apresentar, com entrada franca", avisou.

Renovação

A ex-deputada e mãe do deputado Júlio César Filho (PPS), Meire Costa Lima, presidente do MMLC, também deu boas vindas a todas esposas de novos deputados e considerou importante o momento de renovação do movimento. "Nós sentimos as forças renovadas com a chegada de todas", frisou. Ela avisou que o movimento espera contar com o apoio das que estão ingressando na Casa. "Vale destacar que nós iniciamos realizando campanha para arrecadar doações para as pessoas atingidas por secas e enchentes no passado. Mas temos muito ainda o que fazer no área social".

O presidente da Assembleia, José Sarto, que comemora aniversário no dia de hoje, também esteve presente à reunião, e foi surpreendido por as saudações e votos de felicidade de todas as presentes. Ele destacou ainda a importância das mulheres para um melhor desenvolvimento da sociedade, como um todo. "As mulheres têm uma compreensão do mundo até melhor que nós homens. E elas tem um papel bem importante para construir a humanidade", afirmou. Ele ressaltou que um terço da bancada feminina hoje tem assento na Mesa Diretora da Assembleia.

Mulheres no Parlamento

Nas últimas eleições, em 2018, a composição da Assembleia foi renovada, com a escolha de seis deputadas estaduais. Duas delas, Aderlânia Noronha (SD) e Patrícia Aguiar (PSD), integram a Mesa Diretora do Poder, respectivamente, como 2ª e 3ª secretárias. Também integram a atual composição da Casa as deputadas Érika Amorim (PSD), Augusta Brito (PCdoB), Drª Silvana (PR) e Fernanda Pessoa (PSDB).

Além da presidente Meire Costa Lima, fazem parte da direção do MMLC Adriana Pedrosa, na vice-presidência; Valeska Ferreira; Gislaine Landim, Marisa Benevides; Izabel Moreira; Renata Mendes; Gabriela Bezerra, Viviane Vale, Lourdes Morais e Paula Xenofonte. O MMLC fica localizado no 4º andar do prédio anexo II da AL, na sala ao lado da Biblioteca e da Procuradoria da Mulher.

Página 6 de 7

Temos 75 visitantes e Um membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

QR Code

Portal do Servidor - Mostrando itens por tag: Mulheres - QR Code Friendly



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500