Fortaleza, Sábado, 25 Junho 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

Por quanto tempo uma pessoa infectada com o vírus da Covid-19 pode transmiti-lo para outras pessoas? Em quanto tempo o Coronavírus deixa de ser transmissível? O tempo de isolamento social e o período de quarentena dependem da gravidade de cada caso? Estas são algumas das questões mais comuns levantadas pela população nos canais de comunicação da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

O tempo de isolamento e de transmissibilidade do vírus é variável e depende da gravidade dos sintomas. O médico infectologista Keny Colares, da Escola Pública de Saúde Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), afirma que a maior parte das pessoas que tiveram o Coronavírus pode transmiti-lo, geralmente, dois dias antes de começar a perceber os sintomas e até dez dias depois do início deles.

“Orienta-se que, após dez dias, a partir do primeiro dia de sintoma, se a pessoa estiver se sentindo bem, se estiver sem febre por pelo menos 24 horas e já tiver melhorado bastante dos outros sintomas, mesmo que não seja completo, ela pode sair do isolamento. Mas, como todos, seguindo as medidas de proteção”, indica.

Isolamento

O protocolo de isolamento para aqueles que foram diagnosticados com quadro mais grave da Covid-19 é maior. “Para aqueles indivíduos que tiveram casos mais graves, com internação, a orientação é de isolamento por 20 dias, a contar do primeiro dia de sintoma. É importante também estar sem febre e ter melhora total ou, pelo menos, significativa dos outros sintomas”, sublinha Keny.

Há, ainda, casos “raríssimos” em que se recomenda isolamento por 60 dias. “São situações de pessoas imunossuprimidas, que podem permanecer com o vírus por tempo prolongado”, explica.

A Sesa reforça que as medidas de proteção devem ser mantidas. O distanciamento social, o uso correto da máscara e a higienização constante das mãos são a melhor forma de proteção contra a Covid-19.

Do Portal do Governo do Estado

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Categoria Matriz

O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Evandro Leitão (PDT), destacou, na abertura da sessão plenária realizada de forma presencial e remota nesta quinta-feira (18/02), o novo decreto governamental de isolamento social, divulgado na quarta-feira (17/02) pelo governador Camilo Santana. As medidas valem até dia 28 de fevereiro, e estabelecem, entre outros pontos, toque de recolher entre 22 horas e 5 horas e suspensão de aulas presenciais em escolas e universidades públicas e privadas.

O parlamentar ressaltou a importância e urgência dessas medidas a partir de alguns números. Segundo ele, o Ceará atingiu o ponto mais baixo da pandemia em setembro de 2020, quando, em todo o Estado, 49 pessoas estavam internadas em leitos de UTI para Covid-19, e 470 pessoas foram tratadas em enfermarias. Em 18 de janeiro de 2021, 226 pessoas estavam internadas em UTIs, enquanto 581 eram atendidas em enfermarias. Já em 17 de fevereiro de 2021, 652 pacientes estavam internados em UTIs, enquanto 1.026 estavam sendo atendidos em enfermarias, “uma demanda que dobrou em um mês”, ressaltou Evandro Leitão.

Nas 12 UPAs de Fortaleza, conforme citou o deputado, em abril de 2020, no pico da pandemia, 12.265 pessoas foram atendidas com suspeita do vírus. Em janeiro de 2021, 3.728 pessoas foram recebidas com suspeitas de contágio, número que chega a 10.909, agora em fevereiro.

“Estamos em um quadro muito próximo ao que tivemos no pico da pandemia, que ocorreu em abril do ano passado. Por isso é de grande importância respeitarmos essas recomendações do Governo do Estado, que tem como principal objetivo salvar vidas”, disse.

O deputado explicou que as medidas restritivas foram elaboradas em conjunto pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19, composto por profissionais da saúde e membros da Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Ministério Público Estadual e Federal, Governo do Estado, Prefeitura de Fortaleza, Secretarias de Saúde Estadual e Municipal.

As medidas anunciadas são: funcionamento do comércio de segunda a sexta-feira até as 20 horas; no sábado e domingo, restaurantes funcionam até as 15 horas, e o comércio, inclusive os shoppings, até 17 horas; serviços essenciais liberados após 20 horas; espaços públicos com circulação restrita todos os dias a partir das 17 horas; toque de recolher para a população, com determinação que fiquem nas suas residências das 22 horas até 5 horas, com exceção das atividades essenciais ou atividades específicas; suspensão das aulas presenciais em escolas e universidades públicas e privadas a partir da próxima sexta-feira (19/02). Aulas serão remotas; trabalho remoto para servidores públicos, com exceção das atividades essenciais. Será feitaa também a recomendação da mesma medida junto ao setor privado; continuam as barreiras sanitárias em Fortaleza e recomendação para o mesmo junto às prefeituras do Interior. Permissão de transporte intermunicipal público com fiscalização nas saídas e chegadas.

O decreto é válido a partir desta quinta-feira, e se estende até 28 de fevereiro.

Mudanças na Assembleia

Evandro Leitão anunciou ainda que a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa também se reuniu e reconfigurou o quadro de funcionamento da Casa no período em questão, adotando medidas de isolamento mais restritivas e realinhando as atividades essenciais conforme o estabelecido no decreto governamental.

“Todas essas decisões foram tomadas, visando proteger servidores, parlamentares, colaboradores, e aqueles que se dirigem a esta Casa. Iremos restringir fortemente o acesso das pessoas durante esse período, e pedimos a compreensão de todos”, acrescentou.

Entre as medidas direcionadas à AL, estão: a suspensão do atendimento ao público pelos órgãos da Casa; dos cursos da Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), exceto aqueles que possam ocorrer à distância, e das aulas do projeto Alcance; sessões plenárias e ordinárias devem ser realizadas por meio de solução tecnológica, que possibilite o formato híbrido (presencial e remoto), de forma a reduzir a presença em Plenário. Solenidades e homenagens estão suspensas, a menos que possam ser realizadas de forma remota. Todas as quartas-feiras, segundo o presidente da AL, a Mesa Diretora vai se reunir para reavaliar as medidas.

As medidas preventivas na Assembleia Legislativa acompanham a validade do decreto governamental, até 28 de fevereiro.

Da Agência de Notícias da AL

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Ceará determinou, em reunião nesta quarta-feira (17/2), novas medidas para reduzir o fluxo de pessoas na Casa. As medidas, que estão em consonância com as orientações do Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus, foram tomadas em virtude do aumento do número de casos de Coronavírus registrados no Estado nos últimos dias. O presidente da Assembleia, deputado Evandro Leitão (PDT), anunciará as medidas na abertura da sessão ordinária desta quinta-feira (18/2)

As sessões continuarão ocorrendo de forma híbrida - presencial e online. O acesso ao Plenário 13 de Maio será restrito aos parlamentares e aos servidores essenciais do Departamento Legislativo. Todos terão a temperatura aferida na entrada. Assessores deverão acompanhar a sessão pelos canais de comunicação da Casa. Veículos de imprensa poderão acompanhar os trabalhos pelas galerias, respeitando o critério do distanciamento social. O atendimento ao público será suspenso momentaneamente. Serviços como Procon e Casa do Cidadão serão ofertados de forma virtual ou mediante agendamento. As medidas têm validade até o dia 28 de fevereiro.

“A Mesa Diretora tem tomado decisões para preservar a saúde dos deputados e dos servidores, bem como de toda a população. Pedimos a colaboração de todos e todas neste momento. Esta é uma situação temporária para que possamos evitar aglomerações e reduzir os riscos de propagação do Coronavírus", destacou o presidente Evandro Leitão.

As sessões plenárias podem ser acompanhadas ao vivo pela TV Assembleia (canal 31.1), FM Assembleia (96,7MHz), site e página da AL no Facebook.

Da Agência de Notícias da AL

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829 

Doar sangue é um ato de solidariedade que pode salvar a vida de até quatro pessoas. Durante o período de isolamento social, o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) tem registrado uma baixa no número de doações. Para facilitar o acesso da população aos locais de doação de sangue, um  posto de coleta de sangue foi instalado  no shopping Rio Mar Kennedy, em Fortaleza.

A unidade funcionará no piso L2 até 11 de outubro. De segunda a sábado, o atendimento será das 12 horas às 21h30min. Já aos domingos, das 13 horas às 21 horas.

Uma equipe composta por médico, enfermeiro e técnico de enfermagem receberá os doadores no posto. O espaço tem capacidade para atender 60 pessoas por dia. Além de doar sangue, os voluntários poderão se cadastrar para doação de medula óssea. As ações são realizadas em parceria com o Instituto Pró-Hemoce, que viabiliza a estrutura dos postos de coleta.

“Ficamos muito orgulhosos em fazer parte disso, aproximando as pessoas da causa da doação de sangue e do cadastro de medula óssea, além de conseguirmos dar maior comodidade à população para doar”, explica o presidente do Instituto Pró-Hemoce – IPH, Ormando Rodrigues.

Agende sua doação

Antes de sair de casa o Hemoce relembra que é importante realizar o agendamento da doação por meio do site ou pelos telefones: (85) 3101-2305 / (85) 3101-2296 (WhatsApp). É possível escolher dia, local e o horário da doação.

Critérios básicos para doar

Para doar sangue, é necessário estar saudável, bem alimentado, ter idade entre 16 e 69 anos e apresentar um documento oficial com foto. Os menores de idade devem apresentar o termo de consentimento assinado pelos pais ou por responsável legal, cuja cópia do documento oficial deve ser anexada. O termo está disponível para download no site do Hemoce (www.hemoce.ce.gov.br/).

Atendimento

O Hemoce realiza, diariamente, a coleta itinerante em Fortaleza e em outros municípios do Estado. As coletas externas correspondem, em média, a 44% do número de doações recebidas pelo hemocentro.

O sangue doado no Hemoce abastece mais de 480 unidades de saúde no Ceará, entre hospitais, policlínicas, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e clínicas de hemodiálise.

JB, com informações  do Portal do Governo do Estado

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

Publicado em Categoria Matriz

O Hospital Geral de Fortaleza (HGF), da rede pública da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), do Governo do Estado, iniciou nesta semana a testagem para Covid-19 no sistema drive-thru. A recomendação é para pacientes entre terceiro e sétimo dia do início dos sintomas e os exames devem ser marcados previamente pela plataforma Saúde Digital.

O agendamento individual e intransferível é feito por meio do site https://digital.saude.ce.gov.br/drivethru e o resultado poderá ser conferido em até cinco dias no portal mencionado. A população pode ter acesso à testagem de segunda a sábado, das 8 horas às 17 horas, ao lado do hospital de campanha do HGF. A expectativa é que cerca de 100 exames sejam realizados diariamente.

O drive-thru realiza testes de biologia molecular em tempo real. O exame é feito a partir de secreções coletadas das vias respiratórias (narinas direita e esquerda), por meio do swab, um tipo de haste de plástico com algodões nas pontas.

A farmacêutica bioquímica e coordenadora do Laboratório/HGF, Goretti Cavalcante, explica que a testagem é destinada a um perfil específico da população. “Estamos esperando pessoas que estejam entre o terceiro e o sétimo dias de sintomas leves a moderados da Covid-19, que podem ser febre, tosse, dor de cabeça, entre outros”, ressalta.

“O teste de biologia molecular é o ideal para ter um panorama mais fidedigno e recente da Covid-19, porque ele identifica a infecção atual da doença. Com o aumento da testagem, esperamos ter um diagnóstico mais precoce e intensificar o combate ao Coronavírus em nosso Estado”, afirma a secretária executiva de Vigilância e Regulação da Sesa, Magda Almeida.

Do Portal do Governo do Estado do Ceará

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829

Publicado em Categoria Matriz
InícioAnt123PróximoFim
Página 1 de 3

Temos 381 visitantes e Nenhum membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500