Fortaleza, Segunda-feira, 23 Maio 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

O curso “Comportamento mais seguro”, resultado de parceria do Comitê de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Ceará com a Cruz Vermelha Internacional, contou com a participação de 160 servidores que concluíram a formação. Todos receberam certificação da Cruz Vermelha Internacional e da Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace).

A capacitação teve como foco a adoção de comportamentos mais seguros e preventivos pelos servidores, assim como orientar sobre condutas que podem limitar as consequências da violência, caso um incidente de segurança venha a acontecer.

O orientador da Célula de Saúde e Segurança do Trabalho do Comitê, responsável pela efetivação do curso na Casa Legislativa, Joaquim Garcia, afirmou que o resultado da conclusão do curso foi animador, uma vez que dos 209 inscritos, 160 finalizaram o processo. Segundo ele, uma nova turma para o segundo semestre deste ano está sendo planejada com a Cruz Vermelha.

Sobre o conteúdo         

Joaquim Garcia explica que a capacitação ofereceu aos servidores um guia sobre determinadas condutas que podem tornar o exercício das atividades cotidianas mais seguro e dentro do menor nível de risco possível. “Isso reduz os níveis de estresse e repercute diretamente na saúde mental dos profissionais e na qualidade da oferta dos serviços”, ressalta.

Para o orientador, a metodologia de comportamento mais seguro proporciona ainda a melhoria das condições de trabalho, uma vez que os servidores se sentem menos expostos e mais valorizados a partir da implementação “de protocolos que buscam seu bem-estar e segurança”.

Egerton Teles, orientador da Célula de Acupuntura do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS), elogiou a iniciativa, comentando que o curso abordou assuntos importantíssimos para os servidores, como a segurança no ambiente de trabalho e as relações terapêuticas para se tornar o espaço mais seguro. 

Segundo ele, a capacitação foi “uma enorme colaboração e demonstra cuidado no atender e, principalmente, em preparar e capacitar os profissionais de saúde para esse tipo de recepção, que é muito importante”.

Da Assessoria de Imprensa do Comitê de Responsabilidade Social

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

Publicado em Categoria Matriz

A Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace) está com inscrições abertas para o curso presencial ''Gestão do Trabalho em Equipe''. A capacitação, com carga horária de 20 horas/aula, será ministrada por Geene Diógenes, com o intuito de disseminar conhecimentos e técnicas para trabalhar em equipe. São destinadas 30 vagas para os servidores  da Assembleia Legislativa do Ceará. Os interessados devem  realizar a inscrição  por meio do link https://bityli.com/flGXh, preenchendo  os seguintes dados: nome  completo, CPF, matrícula, e-mail, telefone, grau de instrução e lotação. Ao final do curso, os alunos que obtiverem no mínino 80% de frequência nas aulas receberão certificados.

As aulas serão realizadas nos dias 24, 25, 27 e 31 de maio e 1º de junho de 2022, de 13 horas às 17 horas, no 1º Andar (sala A)  do Edifício Deputado José Euclides Ferreira Gomes, anexo II da Alece. Geéne Diógenes ressalta  que o curso tem como intuito apresentar e discutir as principais características que tornam uma equipe eficaz, compreendendo os diferentes estilos de membros de equipe e suas contribuições, para potencializar as relações no ambiente de trabalho, bem como trazer uma reflexão da gestão do trabalho em equipe, o poder da motivação e a importância da integração de pessoas no fortalecimento institucional.

''Essa temática já foi abordada em turmas anteriores e achamos pertinente trazer o curso novamente, visto que estamos voltando da pandemia da Covid-19 com novos comportamentos e pensamentos  e o período pós-pandemia  necessita que tenhamos uma readaptação ao ambiente de trabalho, aos colegas e à rotina. Vou trabalhar os relacionamentos, inteligência emocional, comunicação, como se comportar diante das  dificuldades do dia a dia, auto-responsabilidade, engajamento, comunicação, trabalho em equipe e proatividade'', adianta.

Sobre a professora                                               

Geene Diógenes é master coach organizacional, suplente do Departamento de Gestão de Pessoas (DGP) no Programa de Ação para Sanar Fragilidades (PASF) da Alece, gerente do Projeto Pesquisa de Clima Organizacional e Plano de Melhorias do Planejamento Estratégico da Alece 2030, instrutora de cursos sobre Relacionamentos Inter/Intrapessoais, Empreendedorismo, Cocaching Life e Business, Atendimento ao cliente, Liderança e Inteligência Emocional.

A  convidada possui graduação em Terapia Ocupacional pela Universidade de Fortaleza (Unifor), pós-graduação em Gerontologia Social  pela  Escola Pública do Ceará, Gestão de pessoas com Ênfase no Comportamento Organizacional  pela Faculdade de Minas Gerais (Facuminas), Certificação em SOAR ADVANCED CERTIFICATION PROGRAM – pela Flórida Christian University e  Titulação Golden Belt pela Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico.

JB, com informações da Unipace

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Estão abertas as inscrições para o curso “Atualização em Direito Eleitoral”, promovido pela Assembleia Legislativa do Ceará, por meio da Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), em parceria com a Procuradoria-Geral do Poder Legislativo. A proposta do curso é de debater as principais mudanças ocorridas na legislação eleitoral do país e que já estarão em vigor para o pleito de 2022.

Serão abordados temas como habilitação às candidaturas, condutas vedadas, propaganda eleitoral, partidos políticos, prestação de contas e outros assuntos relacionados ao campo do Direito Eleitoral.

As aulas serão ministradas por profissionais do Direito com larga experiência em pleitos eleitorais.

O curso é e direcionado, prioritariamente, a servidores da Alece, parlamentares, assessores parlamentares, assessores jurídicos e profissionais do Direito.

As aulas acontecerão no Auditório Murilo Aguiar, da Assembleia e serão 100% presenciais, durante o período de 16 a 27 de maio, das 13 horas às 17 horas.

Mudanças

Para o diretor acadêmico da Unipace, Robson Loureiro, com a oferta desse curso, a Escola superior colabora para qualificar os profissionais que atuarão nas eleições, chamando a atenção para aspectos relevantes das mudanças no campo do Direito Eleitoral e, dessa forma, fortalecer a democracia em uma campanha eleitoral de elevado nível republicano.

Para o procurador-geral da Alece, Rodrigo Martiniano, que também é professor do curso, as eleições de 2022 acontecerão em meio a inúmeros desafios, de naturezas política e jurídica, e se faz extremamente necessário que os profissionais atuantes nessa área estejam atualizados com as mudanças ocorridas na legislação e na jurisprudência, visando sempre às melhores práticas.

Serviço - Período: 16 a 27 de maio de 2022. Horário: 13 horas às 17 horas. Local: Auditório Murilo Aguiar (rua Barbosa de Freitas, 2674 – Dionísio Torres, Fortaleza – CE). Inscrições: https://doity.com.br/curso-atualizacao-em-direito-eleitoral. Carga horária: 40h. Curso 100% presencial e gratuito, com direito a certificado. Realização: Alece, por meio da Unipace e Procuradoria-Geral da Casa. Vagas limitadas.

Da Assessoria da Unipace, com Núcleo de Comunicação Interna da Alece

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

A busca por aperfeiçoamento entre os servidores da Assembleia Legislativa do Ceará é permanente. O Programa de Desenvolvimento de Líderes (PDL), capacitação voltada para os gestores do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Casa, encerrou seu último módulo, com o tema ''Comunicação Assertiva nas Organizações'', nesta quarta-feira (27/04).

O curso, com carga horária de 12 horas/aula, foi realizado no Auditório do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS), localizado no 3º andar do Anexo III da Alece (Edifício Deputado Francisco das Chagas Albuquerque).

O Programa de Desenvolvimento de Líderes é a soma de vários processos que visam o aprendizado e melhoria das habilidades e competências de lideranças através de atividades. No PDL, os servidores entendem quais são as habilidades que os deixarão aptos a liderar, motivar e treinar suas equipes.

O diretor do DSAS, Luis Edson Sales, destacou a importância da comunicação assertiva para o bom desempenho de empresas e setores, frisando que um bom líder precisa saber como se comunicar com os colaboradores. ''É importante termos esse conhecimento para poder repassá-lo para os membros das Células do DSAS, porque isso vai tornar a ambiência interna mais saudável, com maior acolhimento, clareza e assertividade, contribuindo para trabalharmos de uma maneira mais harmônica. Agradeço a professora Rachel Rodrigues, que tem grande expetirse no tema, por compartilhar seus conhecimentos adquiridos em anos de experiência'', ressaltou.

Durante o encerramento do curso, a primeira-dama da Assembleia, Cristiane Leitão, fez um balanço da atividade. ''Se não tivemos transformação total, durante o curso, ao menos foi plantada a semente para vermos com novo olhar, por meio de uma linguagem que nos permita construir relações de confiança com o outro e que facilite a harmonização de nossas necessidades humanas. Deus quer ter um relacionamento sincero e direto conosco, com amor. Assim também devemos ser uns com os outros”, afirmou, manifestando gratidão aos participantes.

O último módulo do PDL foi ministrado por Rachel Rodrigues, advogada colaborativa, mediadora de conflitos, facilitadora de Comunicação Não Violenta e Constelação Sistêmica e membro executivo do Núcleo de Mediação e Humanização da Mulher.

Como evitar ruídos de comunicação

Conforme apontou, a habilidade de se comunicar bem é uma competência muito demandada, independente da área de atuação dentre das organizações. Segundo ela, a comunicação assertiva é feita de forma clara, evitando ruídos ou dúvidas no receptor e, consequentemente, problemas de relacionamento no local de trabalho.

''Sem comunicação, não há conexão e, sem conexão, não conseguimos construir um ambiente de trabalho saudável com bom clima organizacional contando com o engajamento, colaboração e o interesse genuíno pelo outro. A comunicação assertiva cria um diferencial para o indivíduo e empresa, pois permite que haja conexão entre todos e quanto mais a gente se compreende, mais a gente compreende o outro e consegue colocar em prática a empatia, desenvolvendo nos líderes a ressonância'', justificou.

Juliana Holanda, coordenadora do Núcleo de Mediação e Humanização das Mulheres, avaliou que o Programa de Desenvolvimento de Líderes veio agregar a todos os setores da Casa Legislativa, “para que possamos olhar e agir de uma forma diferenciada perante diferentes conflitos, com empatia. O curso foi importante e vai nos ajudar despertar a atenção com o outro, exercer a escuta ativa e entender melhor uns aos outros”, avaliou.

Saiba mais

O Programa de Desenvolvimento de Líderes foi iniciado em agosto de 2021 com o módulo 1, ''O autocuidado e a saúde integral nas organizações", ministrado por Adriana Bezerra. Também foram abordadas ao longo do PDL as "Relações Interpessoais e suas influências no mundo do trabalho" e ''A gestão do tempo e processos''.

JB, com Assessoria de Imprensa do DSAS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

Publicado em Categoria Matriz

O Comitê de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Ceará, por meio da Célula de Saúde e Segurança do Trabalho, em parceria com o Programa de Educação em Reanimação Cardiorrespiratória da Universidade Federal do Ceará (UFC), realizou nesta quinta-feira (28/04) o curso de Capacitação de Primeiros Socorros.

Voltada para servidores da Assembleia, a atividade foi realizada no auditório do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Alece, no Anexo III (Edifício Deputado Francisco das Chagas Albuquerque).

O médico Joaquim Garcia, orientador da Célula de Saúde e Segurança do Trabalho, destacou que a iniciativa é fruto da parceria do Comitê de Responsabilidade Social, por meio da Célula de Segurança do Trabalho, com o Programa de Educação em Reanimação Cardiorrespiratória (PERC), projeto de extensão da UFC criado em 1996.

''Por meio da parceria, conseguimos ofertar para os servidores um  treinamento de primeiros socorros para que em caso de necessidade, eles saibam como proceder diante de uma parada cardiorrespiratória ou outra situação de risco. Sabemos que prestar um atendimento rápido é capaz de salvar vidas e, por isso, a importância de trazermos essas orientações. Essa é a primeira turma, mas ao longo do ano teremos outros cursos visando a atingir o máximo de servidores para que eles atuem como multiplicadores do conhecimento  adquirido'', destacou o profissional de saúde.

Como proceder em casos de parada cardiorrespiratória

Na ocasião, Isabela Colares, coordenadora do PERC, deu orientações sobre os primeiros socorros, conforme recomendações da American Heart Association (AHA), organização americana que tem o objetivo de combater doenças cardíacas, salvar e melhorar vidas. ''Nosso objetivo principal é orientar como os servidores devem proceder em caso de uma parada cardiorrespiratória, que é caracterizada quando a vítima se encontra sem batimentos cardíacos. Orientamos sobre como fazer a reanimação  cardiopulmonar'', afirmou.

Conforme pontuou Isabela, os primeiros socorros são comportamentos de ajuda e cuidados iniciais com pessoas doentes ou feridas e que podem ser  prestados por qualquer  indivíduo, desde que respeitando o passo a passo.  A primeira recomendação diz respeito a verificar a segurança de cena para   tornar o ambiente adequado para o atendimento prévio. Em seguida, deve-se verificar a responsividade da vítima. Em caso de falta de resposta, deve-se pedir ajuda e acionar o Serviço de Emergência no número 192. ''Em seguida, deve-se checar os  sinais vitais. Se você for profissional de saúde, deve verificar a respiração e pulso por máximo dez segundos e quem não for, a recomendação é verificar a respiração pelo mesmo período. É preciso ficar alerta porque a vítima sem respiração normal e pulso ausente apresenta sinal de parada cardiorrespiratória'',  afirmou.

Após a checagem dos sinais vitais, é necessário partir para  o C-A-B, compressões torácicas, via aérea e respiração. "Deve-se iniciar  o ciclo de compressões, abertura de vias áreas que utiliza manobras de elevação do queixo e anteriorização da mandíbula e a boa ventilação podendo ser feita por meio de ventilação boca-a boca ou com dispositivos de barreira e com bolsa válvula-máscara", afirmou. Quando disponível, o último passo  é utilizar o desfibrilador, seguindo as orientações do aparelho até o paciente  retornar da parada cardiorrespiratória ou a chegada do SAMU.

Em relação à obstrução de via aérea por corpo estranho  em adultos ou engasgo, a coordenadora do Programa de Educação em Reanimação Cardiorrespiratória orientou os servidores sobre a necessidade de observar o tipo de ocorrência.  ''O primeiro socorro, nessa situação, depende se foi um Ovace parcial ou completo'', afirmou. No parcial, apesar da obstrução, a vítima consegue falar e tossir. Não sendo necessário realizar manobra, deve-se  aguardar a resolução da obstrução pela tosse da própria vítima'', orienta.

Outra orientações

Em caso de obstrução de via aérea por corpo estranho completo, deve-se realizar a manobra de Heimlich  para o desengasgo. A orientação é posicionar-se por detrás da vítima, envolvendo-a com os braços, fechar uma das mãos, com o punho bem fechado, e o polegar por cima, posicioná-la na região superior do abdômen, entre o umbigo e o a caixa torácica; colocar a outra mão sobre o punho fechado, agarrando-o firmemente; e puxar com força ambas as mãos para dentro e para cima.

Após a  apresentação teórica, os servidores da Alece realizaram um momento prático em que tiveram a oportunidade de treinar as compressões cardíacas, as ventilações e o uso do Desfibrilador Externo Automático (DEA) em manequins, simulando uma situação de Parada Cardiorrespiratória (PCR). A atividade foi conduzida por Mateus Chaves, coordenador de extensão do PERC, Helena Raquel, membro do PERC, e  Jamile Torres, também da direção do PERC. Ao final do curso, os servidores receberam um certificado de participação.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Página 1 de 17

Temos 433 visitantes e Nenhum membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500