Fortaleza, Quarta-feira, 10 Agosto 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Ceará, por meio do Ato Normativo Nº 315, veda a propaganda eleitoral  nas dependências do Parlamento Estadual, dentre outras providências envolvendo o período de eleições deste ano (que compreendem os cargos de presidente da República, governador, senador, deputados federais e deputados estaduais).

A Mesa Diretora da Casa, presidida pelo deputado Evandro Leitão (PDT), tratou do assunto em reunião realizada nesta quarta-feira (06/07).

O texto legal prevê que durante o período eleitoral, ficam expressamente vedados aos deputados estaduais e demais agentes públicos afixar ou permitir a afixação de material que veicule propaganda eleitoral nas dependências da Alece; distribuir ou, por qualquer modo, facilitar a distribuição no âmbito das dependências da Casa  de material que contenha propaganda de candidato, partido político ou federação partidária, bem como o depósito ou guarda deste material nestas mesmas instalações; e promover o transporte em veículo oficial, ou locado com Verba de Desempenho Parlamentar (VDP), de eleitores ou material de propaganda de candidatos, partidos ou coligações.

Também é proibido ceder ou utilizar servidor, de que trata o artigo 5ª , da Lei  Estadual n 17.091, de 14 de novembro de 2019, vinculado à Assembleia Legistativa, durante o seu horário de expediente, para prestar serviço de qualquer natureza a candidatos, partidos políticos ou  federações partidárias, salvo se o servidor estiver licenciado ou de férias.

Ficam vedados aos deputados estaduais e agentes públicos realizar a reprodução reprográfica de material de campanha  dentro das dependências da Alece e realizar qualquer tipo de propaganda eleitoral, com desvio de finalidade do debate eminentemente parlamentar e de interesse público, sobretudo pedido de votos  a favor de candidatos, partidos, federações ou coligações partidárias.

Constatada a infringência a quaisquer dispositivos do presente Ato Normativo, a Mesa Diretora determinará a imediata cessação da conduta vedada, sem prejuízo das demais sanções previstas em lei e das competências próprias da Justiça Eleitoral.

Conteúdo jornalístico

O Ato Normativo Nº 315 proíbe ainda a divulgação de matérias, programas, entrevistas, debates e assemelhados na TV Assembleia e rádio FM Assembleia 96,7 e suas redes sociais, sites, ou qualquer outro meio de divulgação institucional da Assembleia Legislativa, contratados ou por ela mantidos, que possam ser caracterizados propaganda eleitoral, tal qual definida na Resolução 23.610/2019, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A divulgação de atividade parlamentar, a exemplo de votações, reuniões ou deliberações, no site, rede social ou qualquer outro meio de divulgação institucional, deve ser feita com caráter eminentemente jornalístico, de forma objetiva e sem ferir o princípio da igualdade de oportunidades.

A partir de 6 de agosto de 2022, é vedado à TV Assembleia e à Rádio FM Assembleia 96,7, na sua programação normal e em seu noticiário, transmitir, ainda que sob a forma de entrevista jornalística, imagens de realização de pesquisas ou qualquer outro tipo de consulta popular de natureza eleitoral.

Também fica proibido veicular propaganda política, salvo o horário eleitoral gratuito, na forma da legislação em vigor, dar tratamento privilegiado a candidato, partido político, federação ou coligação, mesmo que dissimuladamente, com exceção de programas jornalísticos ou debates políticos.

A íntegra do Ato Normativo segue em anexo a esta matéria.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032             

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

As novas regras eleitorais para o pleito de 2018 são a pauta de debate do 6º Seminário Regional de Direito Eleitoral. Os servidores e servidoras da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) podem se inscrever para o evento que acontece no Auditório Murilo Aguiar, na sede do Poder Legislativo, na próxima quinta-feira (05/07), das 8 horas às 17 horas.

"O seminário visa debater temas que são essenciais à legitimação e à eficácia das normas eleitorais. É muito importante que os interessados no assunto participem”, reitera o presidente da Mesa Diretora, deputado Zezinho Albuquerque.

O Painel 1 abordará o tema "Financiamento, arrecadação, gastos e prestação de contas eleitorais", com os palestrantes Ana Claudia Santano, Fernandes Neto e Rodrigo Cavalcante. O Painel 2 trata da "Inelegibilidade, condições de elegibilidade e registro de candidatura", com Cássio Felipe, Jéssica Teles e Orleanes Cavalcanti.

O Painel 3 debate sobre "Ilícitos eleitorais cíveis e criminais", com Eilzon Teotônio Almeida, Rodrigo Martiniano e Tiago Asfor Rocha Lima. Já o Painel 4 aborda "A Propaganda Eleitoral e o direito de respostas na era das Redes Sociais", com os palestrantes André Costa, Henrique Neves e Walber Agra.

O 4º Seminário Regional de Direito Eleitoral já foi realizado no município de Sobral no dia 21 de junho. A cidade do Crato recebe o 5º Seminário durante esta sexta-feira (29), no Centro de Eventos do Cariri. Para André Costa, presidente do Icede, o intuito é democratizar o debate sobre as regras eleitorais, inclusive levando as discussões para as regiões norte e sul do Estado, além da Capital.

A iniciativa é da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, em parceria com o Instituto Cearense de Direito Eleitoral (Icede), e conta com o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE), da Escola Superior de Advocacia do Estado do Ceará (ESA-CE) e da Caixa de Assistência dos Advogados do Ceará (Caace-CE), com as subsecções do Cariri Oriental, Crato, Juazeiro do Norte, Serra da Ibiapaba e Sobral.

A participação é aberta ao público, mediante a doação de um quilo de alimento não perecível no ato de credenciamento. As inscrições podem ser realizadas aqui. O preenchimento do campo relativo a inscrição da OAB só é necessário caso o participante seja advogado. A programação completa pode ser conferida no anexo abaixo.

Temos 2536 visitantes e 24 membros online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

QR Code

Portal do Servidor - Mostrando itens por tag: Condutas - QR Code Friendly



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500