Fortaleza, Sábado, 25 Junho 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

A menina Flora, do escritor Bartolomeu Campos de Queirós, ditou o tom da Roda de Biblioterapia, da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce), na manhã desta quinta-feira (19/05). Nesse encontro com a literatura, sentimentos e emoções dos servidores do Poder Legislativo afloraram entre palavras e imagens poéticas, mesclando imaginação e realidade.

Com leitura compartilhada e apreciação da comunicação de belas ilustrações, os participantes da roda, foram estimulados por Jacqueline Assunção, coordenadora da Biblioterapia, a desvendarem o livro "Flora". “O grupo refletiu sobre a poética da semente em todos os sentidos, tanto no sentido do solo fértil, que é o nosso interior, como da terra, que está sempre à espera da semente e de ser aguada, para que essas sementes floresçam”, pontuou Jacqueline.

Após o compartilhamento da leitura, iniciou-se a reflexão poética individual do texto. Foi o momento de apresentar, na roda, a interpretação e entendimento pessoal de cada um, mas, principalmente, de expor os sentimentos despertados por essa leitura. Nessa dinâmica, surgiram sentimentos de gratidão, coragem, paciência, revolução e transformação. A dinâmica feita entre os servidores mostra o poder da leitura, quando a prática é feita com sensibilidade e amor.

Certificação

Conforme Jacqueline Assunção, o curso Em Rodas de Biblioterapia está sendo finalizado neste meio de maio e certificará os participantes com 30 hora/aula, o que servirá para a progressão funcional deste ano. A entrega dos certificados está prevista para acontecer na próxima quinta-feira (26/05), na Assalce.

Da Assessoria de Comunicação e Marketing da Assalce, com Núcleo de Comunicação Interna da Alece

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em ASSALCE

A poética “Meu Amigo Livro” deu o tom ao retorno da edição mensal da Biblioterapia da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce), nesta quinta-feira (28/04), à Biblioteca César Cals, no Anexo II da Casa (Edifício Deputado José Euclides Ferreira Gomes). A atividade contou com a participação de servidores do Poder Legislativo e convidados.

O momento foi de refletir sobre os sentimentos que nos movem diariamente. Sentimentos que nem sempre são de alegria, às vezes nos remetem à insegurança e tristeza, mas que são necessários para que se amplie a reflexão sobre o nosso viver.

A dinâmica utilizada por Jacqueline Assunção, coordenadora da Biblioterapia, foi a da participação ativa, que possibilitou a verbalização dos sentimentos vividos no memento da roda e o estímulo da leitura e escuta, por meio de textos escolhidos aleatoriamente pelos participantes.

"Manter a parceria com a Biblioteca César Cals, na pessoa de sua coordenadora, Daniele Nascimento, e receber o total apoio do presidente da Assalce, Luis Edson Sales, para a realização desses encontros ricos de saberes e encantos, valorizam a existência da Estante Assalce e fortalecem o projeto 'Ler Cuidando do Ser com Biblioterapia'”, ressaltou Jacqueline Assunção.

Daniele Nascimento destacou que a realização dessa roda literária na Biblioterapia, dá visibilidade ao setor, além de alegrá-lo, pois é o momento em que os livros ganham voz. “Essa atividade nos ajuda na divulgação do espaço, trazendo para o local estudantes e leitores, e isso é o que mais gosto. É nosso papel levar a informação e propagar o conhecimento. Espero que todo mês tenha uma roda aqui na Biblioteca e meu sentimento, neste momento é de gratidão”, frisou.

O presidente da Assalce, Luis Edson Sales, evidenciou que a Associação está aberta ao acolhimento dos projetos dos servidores, viabilizando suas realizações, sempre que possível. Luis Edson afirmou que isso mostra para a sociedade o valor intelectual e cultural dos servidores da Assembleia Legislativa do Ceará, que hoje em dia se destaca nacionalmente como uma casa inovadora.

Do Núcleo de Comunicação Interna, com Assessoria de Comunicação e Marketing da Assalce

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

Publicado em Biblioteca

Depois de aproximadamente dois anos realizando apenas atividades remotas, o curso “Em Rodas de Biblioterapia" do programa Assalce Entre Artes, da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce), retomou as reuniões presenciais nesta quinta-feira (10/03), na sede do Comitê de Imprensa da Alece. O curso é coordenado pela servidora Jacqueline Assunção e concede certificado de participação aos servidores.

A atividade, que integrou as comemorações do Dia Internacional da Mulher, transcorrido no último dia 8, abordou o tema “Mulher e a Canoa Havaiana: um olhar para a coragem", inspirada no livro "Vou de Canoa", da bióloga ambiental e jornalista Luiza Perin, e apresentado pela ambientalista e professora da Universidade Federal do Ceará (UFC), Geovana Cartaxo.

A expositora explicou que a jornalista, em sua obra, faz o relato de várias travessias pessoais e entremeia com a história da canoa havaiana, da Polinésia. “É um objeto sociocultural que há mais de 3.000 anos foi responsável pela povoação das ilhas do Oceano Pacífico”, revelou.

Sobre o livro

A história da embarcação, segundo Geovana Cartaxo, é o resgate de uma cultura ancestral que vive em harmonia com a natureza. “Havia todo um processo ritualístico no uso das canoas. Eram famílias que se utilizavam deste meio de transporte para grandes travessias, totalmente diferente das histórias das grandes descobertas do Ocidente, mobilizadas com caravelas, transportes de escravos e conquistadores”, pontuou na ocasião.

A professora assinalou ainda que a canoa havaiana é integrada ao meio familiar e natureza. “Era um ecossistema, carregando também animais domésticos de pequeno porte, plantas”, afirmou. Ela explicou que no Ceará e no Brasil, o uso de canoas e outras pequenas embarcações está sendo demandado pelos brasileiros e cearenses, não só como meio de transporte mas também para prática de exercício e lazer.

“A canoagem propicia a convivência com a natureza e toda a experiência de leitura e conhecimento do mar e dos animais marinhos”, disse Geovana Cartaxo, informando que aderiu a modalidade há um ano e quatro meses, e considerou o livro muito importante para entender e dar sentido à canoagem, que “é um ritual muito mais do que um esporte”.

Sobre o curso

A coordenadora Jacqueline Assunção disse que o tema foi escolhido para o encontro desta semana para partilhar com os servidores “o benefício para a saúde física e mental, que é o remo”.  Ela salientou que após o regime de isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19, veio a ter um encontro com o mar e com o remo na escola de remagem, Imua sob orientação do professor, Aluísio Arcela.  “É uma das coisas mais lindas que aconteceu na minha vida e quis partilhar com os amigos e as pessoas que acompanham a Biblioterapia essa experiência", afirmou.

Ela afirmou que têm sido produzido vídeos com dicas literárias, postadas também no perfil do Instagram da Assalce. “Sabemos que o livro é um verdadeiro caminho de descoberta e de resgate de si mesmo. Como diz o poeta moçambicano Mia Couto: ‘O livro é uma canoa, tivesse livros ela daria uma travessia para o outro lado do mundo para o outro lado de si mesma’”, afirmou.

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

 

Publicado em ASSALCE

O curso “Em Rodas de Biblioterapia”, que integra o programa Entre Artes, da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce), depois de suspender atividades presenciais desde março de 2020,  retomou suas atividades com a participação do público nesta quinta-feira (09/21), na sede da entidade. O evento teve como convidada a pesquisadora da temática educação holística na formação do docente Clesley Tavares, com a mediação da coordenadora do curso, Jacqueline Assunção.

Jacqueline Assunção disse que o grande objetivo da primeira atividade presencial do curso "Em Rodas de Biblioterapia" foi plantar uma semente de felicidade para que haja uma boa colheita em 2022. "Sabemos, através da neurociência, que a felicidade pode ser exercitada. Todo mundo vai ser parte dessa nossa poética".

Durante a poética, Clesley apresentou o movimento Ação para Felicidade. "Eu participo deste movimento junto ao grupo de São Paulo, de forma virtual", afirmou. Ela destacou que a iniciativa tem 15 anos, no mundo, e que chegou ao Brasil há cerca de seis anos. "As pessoas foram percebendo que estão cada vez menos felizes. Quanto mais se avança na tecnologia, não há avanço de bem estar correspondente", avaliou.

A partir desta premissa, foi pensado o que cada um pode fazer para que o mundo seja melhor, segundo frisou a palestrante. Clesley revelou que o principal objetivo perseguido pela sua poética no curso é plantar uma semente "no coração das pessoas", para que no próximo ano todas possam plantar e colher mais felicidade em seu redor. "O lema da 'Ação para Felicidade' é assumir o compromisso 'tentarei criar mais felicidade e menos infelicidade no mundo ao meu redor'", destacou.

Compromisso

A expositora revelou que já há, em todo mundo, 60 mil participantes com o compromisso da ação. "O importante na frase é o tentar. Ter a intenção de criar a felicidade a seu redor. Se todos tiverem essa intenção nós teremos um mundo melhor para viver", afirmou. Clesley acentuou ainda que a ação não define exatamente o que seria a felicidade porque não se pode destituí-la das suas circunstâncias sociais e culturais, sendo portanto muito subjetiva.

Clesley Tavares ressaltou que a ação trabalha em cima de dez chaves para a felicidade, que surgiram a partir de pesquisas científicas. São elas cuidar do corpo fazendo exercícios, cuidar das relações interpessoais, atenção ao mundo a redor, doação, aprendizado, ter um propósito, pensar em algo maior do que si, emoções positivas, direção com objetivos e metas, resiliência e aceitação.

A coordenadora do curso observou que a "Ação para Felicidade" traz reflexões sobre os tempos pandêmicos. "A poética procurou responder se é possível isso acontecer. Assim nós realizamos este diálogo com o livro "A Zona Azul da Felicidade", que é um verdadeiro terapeuta, indicado dentro do site da ação", afirmou. Jacqueline Assunção ressaltou ainda que a instituição não tem nenhum pendor político, religioso ou anti-religioso.

Jacqueline Assunção também ressaltou que a cada novo encontro está presente a Cozinha Vintage, que nesta versão teve a participação da Casa La na Chica, que ofereceu desgustação de bolos e chocolate quente.

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

 

 

Publicado em ASSALCE

A retomada das atividades presenciais do curso "Em Rodas de Biblioterapia" e o lançamento do curso de macramê, técnica de tecelagem manual que consiste no uso de nós para criação de franjas, marcaram, nesta terça-feira (26/10), o segundo dia da Semana do Servidor da Assembleia Legislativa do Ceará, no salão do antigo auditório Murilo Aguiar, localizado no prédio principal da Assembleia Legislativa (Palácio Adauto Bezerra).

A programação contou atividade do curso "Em Rodas de Biblioterapia", que compõe o programa "Entre Artes: Arte de Viver", da Associação dos Servidores da Assembleia (Assalce), coordenado  pela servidora Jacqueline Assunção.

Durante a roda de conversa, houve a poética do livro "Era Uma Vez Um Anjo", antologia que reúne escritos cheios de sensibilidade dos servidores Pio Barbosa, Fátima Abreu, Rosanni Guerra, Tereza Porto e Jacqueline Assunção. Conforme destacou Jacqueline Assunção, a Biblioterapia é a prática de cuidar por meio da literatura e o curso busca visibilizar a dimensão terapêutica do ato de ler. Os autores apresentaram relatos dos textos que fizeram para o livro, relacionados à espiritualidade e redigidos durante o período de isolamento social.

“Muitas são as leituras, com seus assuntos plurais, nomeando angústias. Há trechos ou obras literárias que atravessam nossa alma, despertam e impactam de forma a provocar catarse”, afirmou Jaqueline durante a atividade.

Curso de macramê

Ainda nesta terça-feira, o lançamento do curso de macramê reuniu servidores sob o comando da servidora Jacqueline Nóbrega. Conforme ressaltou a facilitadora,  o macramê é uma arte milenar  que ganhou notoriedade no século XVII, durante a expansão marítima, quando os marinheiros, em longos períodos no mar, confeccionavam peças em macramê para venda ou troca quando paravam nos portos. Atualmente, o macramê tem ganhado destaque em itens decorativos e em peças de roupa e se posiciona como uma boa fonte de renda.

"É uma arte que encanta. Tivemos muita procura pelo curso e uma boa aceitação entre os participantes. Pode ser um desafio para alguns, quem têm habilidades artísticas, têm mais facilidade para apreender a técnica de tecelagem 100% manual, mas todos os servidores são capazes de aprender e fazer acessórios, itens de decoração'', destacou.

Os servidores que participaram da atividade confeccionaram chaveiros. O curso  será realizado uma vez por semana e a Assalce vai divulgar em breve  mais informações acerca de datas, horário e número de vagas.

Programação prossegue com oficina e serviços de saúde

Nesta  quarta-feira (27/10), Verônica  Barreto e Ivanda Albuquerque realizam a partir das 8h30min, uma oficina de flores de papel e costura. Das 9 horas às 10 horas, o Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia, por meio das células de Enfermagem, Análises Clínicas e Nutrição, ofertará os serviços de aferição de pressão arterial, teste de glicemia  e medição  do  índice de massa corporal (IMC). A exemplo das anteriores, as atividades acontecerão no salão do antigo auditório Murilo Aguiar.

JB/SC

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em ASSALCE
Página 1 de 10

Temos 1052 visitantes e Nenhum membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500