Fortaleza, Domingo, 03 Julho 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

O Comitê de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Ceará, por meio da Célula de Saúde e Segurança do Trabalho, iniciou, nesta terça-feira (05/04), acolhida aos servidores da Casa.  A ação tem como objetivo  realizar a promoção da saúde e qualidade de vida, no hall de entrada do prédio sede da Casa (Edifício Senador César Cals de Oliveira) e terá continuidade nesta quarta-feira (06/04).  A iniciativa marca o Abril Verde, movimento que destaca a segurança e saúde no ambiente de trabalho, assim como o Dia Mundial da Saúde, que transcorre nesta quinta-feira (07/04).

A acolhida é realizada em conjunto com o Departamento de Gestão de Pessoas (DGP) e o Núcleo de Saúde Mental, em parceria com o Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Alece. Durante o evento, houve participação de todas as Células e Núcleos da Alece (Fisioterapia, Assistência Social, Terapia Ocupacional, Análises Clínicas, Odontologia, Nutrição, Acupuntura, Fonoaudiologia, Psicologia, Enfermagem, Clínica Médica e Psicopedagogia).

Cerca de 30 servidores de todas as Células realizam, nos dois dias da ação, atividades com orientações sobre a promoção da qualidade de vida, sob a perspectiva das diversas especialidades. Estão sendo distribuídos folders explicativos e apresentados vídeos no hall sobre o trabalho que cada Célula realiza e como os servidores podem se beneficiar pelos serviços prestados no DSAS.

Acolhimento dos servidores                               

O orientador da Célula de Saúde e Segurança Social do Comitê de Responsabilidade Social, Joaquim Garcia, ressalta que a ação promove um acolhimento ao servidor, quando integrantes de todas as Células e Núcleos do DSAS expõem "informações sobre qualidade de vida e cuidados que devemos ter para manter a saúde preservada". Ele assinala ainda que é importante promover saúde e prevenir doenças, notadamente quando se comemora o Dia Mundial da Saúde, e também apresentando os serviços disponíveis do DSAS para os servidores e comunidade.

O diretor do DSAS, Luis Edson Sales, considera fundamental chamar a atenção para a preservação da saúde, com o objetivo de sensibilizar servidores e servidoras para que o movimento de prevenção permaneça em debate e em ação por todo o ano. "É sempre importante a gente ter em mente a importância da preservação da saúde. Por isso criamos a frase ´Trabalhar é necessário, adoecer não´", pontua.

Ele lembra ainda que estamos em um momento de pandemia da Covid-19 e não podemos deixar de ter os cuidados necessários para garantir que os servidores e servidoras encontrem ambientes seguros para desenvolver suas atividades laborais.

Luis Edson observa que é importante acolher e dar orientações ao servidor. "O dia de cuidarmos de nossa saúde é hoje. As atividades presenciais estão retornando gradativamente e a gente achou por bem reunir todas as células do Departamento, em parceria com o Comitê de Responsabilidade Social, Célula de Saúde e Segurança do Trabalho e Departamento de Recursos Humanos para realizar essa ação", assevera.

Atendimento

A servidora das Comissões Técnicas Permanentes da Assembleia, Liliana Menescal, que foi acolhida pelos profissionais envolvidos na ação, considera que o DSAS realiza um trabalho muito importante para toda a Casa e a comunidade. "São pessoas realmente muito preparadas profissionalmente e no atendimento ao público. Sempre quando a Alece disponibiliza esses serviços, onde é possível aferir a pressão, testar a glicemia ou qualquer outro, eu estou presente e participando", recorda.

JS, com Assessorias de Imprensa do DSAS e do Comitê de Responsabilidade Social da Alece

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

Segunda, 04 Abril 2022 15:04

Ação lembra o Dia Mundial da Saúde

O Comitê de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Ceará, por meio da Célula de Saúde e Segurança do Trabalho, vai realizar, nos dias 5 e 6 de abril (terça e quarta-feira), de 8 horas às 10 horas, acolhida aos servidores da Casa. Na oportunidade, será realizada uma ação sobre a promoção da saúde e qualidade de vida, no hall de entrada do prédio sede do Poder (Edifício Senador César Cals).

A iniciativa marca o Abril Verde, movimento que destaca a segurança e saúde no ambiente de trabalho, assim como o Dia Mundial da Saúde (07/04). Haverá distribuição de laços verdes aos servidores, em alusão à campanha.

A acolhida é realizada em parceria com Departamento de Gestão de Pessoas (DGP) e o Núcleo de Saúde Mental, com parceria do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Alece. Durante o evento, todas as Células e Núcleos da Alece que atuam na promoção da saúde estarão representadas, realizando atividades com orientações sobre a promoção da qualidade de vida sob a perspectiva das diversas especialidades.

O orientador da Célula do Comitê de Responsabilidade Social, médico Joaquim Garcia, ressalta que a ação consiste em um acolhimento ao servidor. "Os integrantes de todas as células e núcleos do Departamento estarão presentes, falando sobre qualidade de vida e cuidados que devemos ter para manter a saúde preservada", adianta.

O diretor do DSAS, Luís Edson Sales, considera que é fundamental chamar a atenção para a preservação da saúde, com o objetivo de sensibilizar servidores e servidoras para que o movimento de prevenção permaneça em debate e em ação por todo o ano.

"O trabalhar é necessário, o adoecer não. Estamos em um momento, ainda, de pandemia da Covid-19 e não podemos deixar de ter os cuidados necessários para garantir que os servidores(as) encontrem ambientes seguros para desenvolver suas atividades laborais", orienta Luís Edson Sales. Ele observa que é importante  acolher e dar orientações ao servidor. "O dia de cuidamos de nossa saúde é hoje", complementa.

JS, com Assessorias do DSAS e Comitê de Responsabilidade Social

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

O curso “Em Rodas de Biblioterapia”, que integra o programa Entre Artes - Arte de Viver, da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce) abriu as cortinas, nesta quinta-feira (24/03) para o lançamento do  projeto “Sambapandeiroterapia”, que passa a ser ministrado quinzenalmente às sextas-feiras às 11 horas, a partir de 8 de março, na sede da entidade. A estreia da atividade foi excepcionalmente na quinta-feira, por conta do feriado da Data Magna do Ceará (25/03), que transcorreu nesta sexta-feira, e também por ser o dia agendado para os encontros de Biblioterapia.

A idealizadora e coordenadora do programa Entreartes, Jaqueline Assunção, com formação em Psicoanálise e Saúde Mental, afirma que a Biblioterapia tem a tradição de apresentar os projetos aos servidores e associados da Assalce. De acordo com ela, o professor de Educação Física e artista plástico Elmiro Ribeiro, juntamente com a coordenadora, criaram o novo projeto. Jaqueline esclarece que há cerca de 28 anos, surgiu a sambaterapia na Itália. “Assim, imaginei um projeto embricado com música e pandeiro”, explica.

Jaqueline Assunção destaca ainda as qualidades de Elmiro Ribeiro para estar à frente do novo projeto. “Ele é um exímio estudante de samba. Inclusive já apresentamos uma roda de samba, remota, durante a pandemia. A partir dali, continuamos trocando ideias até surgir esse novo projeto, que une o ritmo do samba e o toque do pandeiro. Também apresenta a dança afro e esse movimento promove um relaxamento que favorece as articulações”, pontua.

Consciência corporal

Elmiro Ribeiro explica que estão sendo unidos no sambapandeiroterapia as suas formações acadêmicas com as de Jaqueline Assunção. Ou seja, a Psicoterapia com a Educação Física, onde aponta disciplinas como a psicomotricidade, a rítmica e a dança. "Através dos movimentos de dança e ritmo, são promovidos o equilíbrio e a coordenação motora dos participantes", explana.

Ele salienta ainda que o uso do pandeiro nesta ação, apresentando a dissociação dos movimentos, promove, segundo ele, mais consciência corporal. “Como instrumento musical, o pandeiro vai muito além de ritmar e relaxar. Ele promove e amplia o alto conhecimento e a liberdade de expressão”, acentua o coordenador.

Na oportunidade, foram apresentados os sambas "Trem das Onze", de Adoniran Barbosa, e "Maracangalha" de Dorival Caymmi para que houvesse o primeiro contato dos participantes com o pandeiro. Para Elmiro Ribeiro, não há necessidade de nenhuma experiência musical anterior na integração com o grupo. “Se a pessoa chegar sem ter nunca tocado um pandeiro é até melhor porque chega aqui livre de vícios que a prática pode acarretar”, entende. Ele passa a todos as instruções necessárias, desde a forma de manusear o instrumento, indo até a condução e variações rítmicas.

Outras atividades

Com o retorno das atividades presenciais, a Assalce volta a promover as oficinas de Artesanato e Costura ministradas pelas servidoras Verônicas Barreto e Ivanda Albuquerque, às segundas-feiras, às 9 horas; de Crochê para Iniciantes, proposta e ministrada pela servidora Elizete Mota, também no mesmo dia e hora; de Pintura e Culinária, ministradas pelo servidor e artista plástico, Elmiro Ribeiro, e pela colaboradora Camila Rêgo, nas terças-feiras; a partir das 9 horas e, nas quintas-feiras, o curso “Em rodas de Biblioterapia, coordenado por Jaqueline Assunção, a partir das 11 horas.

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em ASSALCE

A Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional (Codins) e a Controladoria da Assembleia Legislativa do Ceará realizaram, nesta quarta-feira (23/03), reunião de modo virtual com todos os órgãos da Casa para discutir a adequação da Política da Qualidade do Poder Legislativo.

Conforme explica a controladora da Casa, Sílvia Helena Correia, a Assembleia detém dois sistemas de gestão da qualidade, na Consultoria Técnica Legislativa e do Procon, mas há necessidade de revisita, em função da necessidade de adequação ao planejamento estratégico Alece 2020-2030.

''Com a edição do Alece 2030, com a implantação do novo modelo de governança e com a adesão da Assembleia ao Pacto Global da ONU dentro da Agenda 2030 e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), há necessidade de uma revisita a esse Política da Qualidade, que é anterior a esse processo, para que se faça uma adequação de modo a que a política reflita para além dos Sistemas de Gestão da Qualidade certificados'', explana.

Mapa estratégico

Conforme a coordenadora da Codins, Heline Joyce, durante a reunião que contou com a presença de 42 participantes de todos os órgãos da Alece, foram apresentados, os requisitos da Norma ISO, a atual política da Casa, o mapa estratégico da Assembleia (com missão, visão e valores da Alece), bem como o modelo de governança e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). ''A ideia é implantar uma cultura de qualidade na Casa independente de certificação, para que as pessoas possam estar alinhadas sobre o que é a política, o que deve contemplar, e a partir daí, caminharmos de forma coesa'', justifica.

Durante a reunião, conforme Heline, também foram apresentados alguns exemplos de Política da Qualidade incluindo o da Assembleia Legislativa de São Paulo, da Controladoria Geral do Estado e do Instituto Educacional do Legislativo Federal. “Com a apresentação dos exemplos, os gestores poderão ter ideias e possivelmente sugerir textos para a nova Política da Qualidade a ser aprovada durante a 13ª reunião ordinária do Comitê de Gestão Estratégica (Coge), no dia 4 de abril'', adianta.

Sílvia Correia avalia o encontro como proveitoso e destaca a participação da primeira-dama da Assembleia Legislativa, Cristiane Leitão, que, durante a sua fala, reforçou a importância da questão da Qualidade permear a administração como um todo, independentemente de selo de certificação ISO. ''Foi uma reunião proveitosa. Apresentamos alguns modelos e sugestões de política para que os órgãos apresentem sugestões à Codins até a próxima quarta-feira (30/04) para que possamos propor uma política contemplando essas três questões (estratégia, governança e sustentabilidade), que será validado pelo Coge'' avalia.

Heline Joyce destaca que a primeira-dama Cristiane Leitão enfatizou a importância de se desenvolver uma Gestão da Qualidade em toda a Assembleia. ''A primeira-dama, que está participando do XI Congresso Consad de Gestão Pública, destacou que a essa reunião estava concomitantemente acontecendo na Alece como os primeiros passos pra gente disseminar uma cultura de qualidade na Assembleia”, explica.

Participação

A reunião contou com a participação dos seguintes membros do Comitê de Gestão Estratégica: Sílvia Correia (Controladoria), Fabrício Machado (Diretoria Legislativa), Rodrigo Martiniano (Procuradoria-Geral), Heline Joyce (Codins), Luana Brasileiro (Comitê de Responsabilidade Social) e os suplentes Édipo Henrique, Leila Paula Viana, Cecília Cláudia Bezerra, Mônica Carvalho Custódio, Halley Gomes de Lucena e Lucas Camerino.

Também participaram da reunião Maria Elenice Ferreira (diretora do Departamento de Gestão de Pessoas – DGP), João Milton Cunha (diretor executivo do Inesp), Robson Loureiro (diretor acadêmico da Unipace), Sáskya Vaz (coordenadora do Ciadi), Luis Edson Sales (diretor do Departamento de Saúde e Assistência Social – DSAS) e Isabel Chaves (Ouvidoria).

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Controladoria

O Centro Inclusivo para Atendimento e Desenvolvimento Infantil (Ciadi), da Assembleia Legislativa do Ceará, realizou, nesta segunda-feira (21/03), ação pela passagem do Dia Internacional da Síndrome de Down. O evento, realizado no auditório do Edifício Francisco das Chagas Albuquerque (anexo III), da Alece, teve acolhimento musicoterapêutico, apresentação artística de dança e a vivência "Uma experiência de amor", promovida pelos terapeutas do Ciadi e coordenado pela terapeuta ocupacional Danielle Zaparolli.

Na abertura do evento que contou com a participação da Associação Inclusiva Existir, de Fortaleza, a primeira-dama do Poder Legislativo, Cristiane Leitão, destacou que o atendimento a crianças com síndrome de Down deve ser feito desde o nascimento, para que todas possam se desenvolver e ser incluídas na sociedade. "São pérolas que precisam ser trabalhadas em seu desenvolvimento. E aqui no Ciadi elas encontram profissionais capacitados em todas as áreas, neste atendimento", frisou.

Cristiane assinalou ainda que graças a este acompanhamento profissional, as pessoas que possuem a síndrome de Down conseguem a inserção no mercado de trabalho, com formação profissional e conquistam sua independência. "É preciso acolher também as famílias destas pessoas, para que seja possível cada um alcançar os seus objetivos", defendeu. A primeira-dama da Alece revelou ainda que está em estudo a ampliação da idade do público atendido, hoje restringido à faixa etária que vai até os 12 anos.

Visibilidade à discussão

O diretor do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Alece, Luis Edson Sales, também presente ao evento, considerou que dar destaque ao Dia Internacional da Síndrome de Down é muito importante, por dar visibilidade a esta questão, bem como destacou o acolhimento aos familiares das pessoas acometidas pela síndrome. "Aqui está de parabéns o Ciadi, idealizado por Cristiane Leitão, com a anuência do presidente da Assembleia, deputado Evandro Leitão (PDT)", pontuou.

Nahani Caroline Tavares, terapeuta ocupacional que coordenou a vivência "Uma experiência de Amor", observou que o objetivo da ação é fazer com que outras pessoas que não têm síndrome de Down assimilem uma ideia de como são as questões da baixa visão, redução auditiva e de outros comprometimentos físicos e mentais do público atendido pelo Ciadi. "A gente acredita que quando as pessoas vivenciam, a gente consegue envolver mais empatia e se coloca mais no lugar do outro", asseverou.

Danielle Zaparolli, terapeuta ocupacional que também participou da coordenação da vivência, disse que o Ciadi está sensibilizando e sensível ao atendimento de crianças com síndrome de Down. "Esta é uma data estamos usando para mostrar o que o Ciadi está se propondo mostrando todos os tipos de atendimentos interdisciplinares. E esta vivência com terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas é aberta a participação de todos, que passarão pela experiência das dificuldades que a pessoa com a síndrome passa, no seu cotidiano", afirmou.

Bráulio Teixeira, orientador de Célula do Ciadi informou que a equipe profissional de atendimento é composta por educadores físicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, pedagogos, psicólogos, psicopedagogos, terapeutas ocupacionais, médicos e enfermeiros. Conforme apontou, dez crianças com síndrome de Down são atendidas pela equipe do Ciadi.

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Temos 111 visitantes e Um membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500