Imprimir esta página
Quinta, 25 Abril 2019 09:42

Constelação familiar terá atendimento na área de saúde nesta sexta-feira (26/04)

Avalie este item
(2 votos)
Atividades são realizadas pelo DSAS sempre nas últimas sextas-feiras de cada mês Atividades são realizadas pelo DSAS sempre nas últimas sextas-feiras de cada mês Ilustração: Divulgação

A Assembleia Legislativa do Ceará, por meio do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS), realiza, nesta sexta-feira (26/04), atendimento em constelação familiar às 15 horas.

Criado pelo alemão Bert Hellinger, o método psicoterapêutico é capaz de identificar pontos de tensão psicológica ou emocional que condicionam  os comportamentos humanos. A  técnica é aplicada em vários ambientes e situações, como na mediação de conflitos no Poder Judiciário, em escolas e tem sido vista como uma alternativa para resolução de questões no âmbito familiar e profissional.

O atendimento, feito pelo setor de Psicologia do DSAS, é realizado sempre na última sexta-feira do mês, no 2 ºandar do edifício José  Euclides Ferreira Gomes, anexo II da Assembleia Legislativa. ''Desde  o ano passado, trouxemos a constelação familiar para a Assembleia Legislativa porque sabemos de seus  benefícios. Ela é um grande aliada da psicoterapia e resolvemos adotar essa iniciativa que é aberta  para os servidores e a comunidade'', revela a chefe do setor de Psicologia, Conceição Guerra.

 A psicóloga Nara Guimarães acrescenta que são realizadas duas constelações por encontro. "Qualquer  pessoa pode chegar e participar do grupo, mas para ser um constelado (paciente) é necessário realizar o agendamento no Departamento de Psicologia. Após  preencher  a ficha de inscrição, o interessado entra na fila de espera e em seguida é chamado para a constelação’’, detalha.

Não perca a oportunidade de desfrutar dos benefícios da constelação familiar  de forma gratuita. Faça o agendamento pelo telefone 85.3277.3781.

Saiba mais

A constelação familiar é uma técnica de representação espacial das relações familiares que permite identificar bloqueios emocionais de gerações ou membros da família. Ela foi desenvolvida nos anos 80 pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger e passou a ser aplicada no Brasil nos anos 90.

Em março de 2018, a Constelação Familiar foi incluída pelo Ministério da Saúde no rol de procedimentos disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS). A terapia foi inserida na categoria  das Práticas Integrativas e Complementares (PICs)  por ser uma terapia complementar que pode contribuir para a saúde e bem-estar da população.

Lido 1959 vezes Última modificação em Segunda, 29 Abril 2019 08:12

Itens relacionados (por tag)

Entre para postar comentários