Fortaleza, Domingo, 26 Junho 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
Terça, 17 Maio 2022 12:23

Defesas da ampliação da participação feminina na política e das causas da saúde marcam terceira edição do "Política cor de rosa" Destaque

Avalie este item
(2 votos)
Fernanda Pessoa, Luis Edson e Magnólia Paiva durante o encontro Fernanda Pessoa, Luis Edson e Magnólia Paiva durante o encontro Foto: Paulo Rocha

A deputada estadual Fernanda Pessoa (UB) defendeu, nesta terça-feira (17/05), a adoção de medidas que aumentem a participação das mulheres nos processos político-eleitorais, bem como a ampliação de projetos voltados para causas sociais e relacionados à saúde pública, na terceira edição do projeto "Política cor de rosa - uma conversa de incentivo ao protagonismo feminino".

O projeto é uma iniciativa da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce). O encontro, com a participação de servidores da Casa, foi realizado no Comitê de Imprensa do Poder Legislativo (Cial).

Em seu terceiro mandato como deputada estadual, Fernanda Pessoa apontou a necessidade de aumento da presença das mulheres nos parlamentos, apontando que no Ceará, por exemplo, não há qualquer vereadora em 16 Câmaras Municipais, enquanto existem apenas cinco deputadas entre as 46 cadeiras disponíveis na Alece: além dela, exercem mandato Aderlânia Noronha (SD), Augusta Brito (PT), Drª Silvana (PL) e Érika Amorim (PSD). Para ela, a existência de cotas mínimas para candidaturas de mulheres é uma necessidade provisória. "É uma medida necessária até que, por exemplo, tenhamos 23 deputadas e 23 deputados aqui na Assembleia", apontou.

Saúde pública em pauta

A deputada apontou avanços e carências de serviços públicos voltados para prevenção e diagnóstico precoce do câncer, acolhimento e acompanhamento de crianças e jovens portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e combate à violência, dentre outros temas, por meio de iniciativas legislativas realizadas durante seus mandatos.

Fernanda Pessoa destacou que, a partir de proposta por ela apresentada, foi criado o Centro Pós-Covid, para tratamento de pessoas no período posterior à contaminação pelo Coronavírus, inicialmente implantado em Maracanaú - cidade cujo prefeito é o seu pai, Roberto Pessoa (PSDB) - e posteriormente desenvolvido no plano estadual. "Esses Centros fazem a diferença na vida de muitas pessoas", apontou, frisando que a saúde mental deve ser encarada de forma prioritária atualmente, destacando o atendimento prestado pelo Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia a servidores do Poder Legislativo e comunidades do entorno.

A deputada manifestou ainda preocupação com questões relacionadas à saúde das mulheres, às crianças e adolescentes portadores da Síndrome de Down e do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). Estes temas teriam sido contemplados em iniciativas legislativas ao longo dos seus mandatos. Em relação ao atendimento às crianças com síndrome de Down, ela destacou que o atendimento deve ser mais amplo. "São necessárias políticas públicas para crianças e a promoção de atendimento psicológico às mães", defendeu.

Fernanda Pessoa também cobrou maior investimento nas escolas de tempo integral, para reduzir a evasão escolar, como medida necessária à redução dos índices de violência no Estado.

O presidente da Assalce e diretor do DSAS, Luis Edson Sales, elogiou a atuação da parlamentar, apontando envolvimento do mandato com iniciativas voltadas para a saúde das crianças, adolescentes e mulheres. "Sua atuação eleva o nome da Assembleia", apontou, citando como referência a atuação de Roberto Pessoa, ex-deputado estadual e federal.

Sobre a convidada

Fernanda Pessoa  está em seu  terceiro mandato de deputada estadual. Já assumiu cargos na Assembleia, dentre os quais presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres; vice-presidente da Comissão da Juventude; membro da Comissão da Infância e Adolescência; da Comissão de Seguridade Social e Saúde; da Comissão de Cultura e Esportes e da Comissão de Constituição, Justiça e Redação.

Em defesa dos direitos dos cearenses, a parlamentar cobra dos governantes, por meio de pronunciamentos, políticas públicas eficazes que cumpram com a lei, garantindo os direitos ligados à segurança, saúde e educação de qualidade, aos direitos das mulheres e crianças, entre outras áreas.

Sobre o projeto

Por meio do projeto "Política cor de rosa - uma conversa de incentivo ao protagonismo feminino" a Assalce conversa sobre protagonismo feminino, colocando em pauta a valorização da mulher, abordando a importância do reconhecimento de sua participação no desenvolvimento econômico, social e político da Nação.

A roda de conversa   conta com  mediação da jornalista Magnólia Paiva (Rádio FM Assembleia 96,7), com direção e produção de Virgínia Bastos, assessora de Comunicação e Marketing da Assalce, e supervisão de Luis Edson Sales, presidente da Assalce.

JB, com Assessoria de Comunicação e Marketing da Assalce

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Lido 114 vezes
Entre para postar comentários

Temos 252 visitantes e Nenhum membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500