Imprimir esta página
Sexta, 12 Março 2021 08:13

DSAS orienta sobre fisioterapia no combate ao Coronavírus e suas sequelas Destaque

Avalie este item
(2 votos)
Márcio Adriano explica procedimentos a se adotar quando da realização de fisioterapia em casos de pessoas que tiveram o Coronavírus Márcio Adriano explica procedimentos a se adotar quando da realização de fisioterapia em casos de pessoas que tiveram o Coronavírus Foto: Julyana Brasileiro/ Núcleo de Comunicação Interna da AL

 

Os fisioterapeutas que atuam na linha de frente do combate à pandemia do Coronavírus trabalham para diminuir o desconforto e o agravamento do quadro clínico de pessoas internadas com Covid-19. Sua atuação contribui para evitar complicações cardiorrespiratórias em indivíduos internados e também para recuperar a capacidade pulmonar e motora de quem já se curou da doença.

O orientador da Célula de Fisioterapia do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa do Ceará, Márcio Adriano, destaca que a fisioterapia é uma das mais importantes especialidades que atuam na linha de frente das diversas etapas da doença causada pelo Coronavírus. “E essa responsabilidade nos traz aqui para pedir a população o máximo de cuidado para evitar a transmissibilidade desse vírus”, afirma.

A orientação sobre o papel da fisioterapia no combate à Covid-19 é tema do vídeo disponível nesta semana, que pode ser conferido abaixo deste texto, produzido em conjunto pelo Núcleo de Comunicação Interna da AL e DSAS, com o apoio da TV Assembleia.

Ainda de acordo com Márcio Adriano, os profissionais da área continuam sempre em alerta na luta contra a doença, usando máscaras, com as mãos devidamente higienizadas, evitando aglomerações, comportamento que deve ser o de toda a população. “O sistema de saúde está no ponto ápice de seu esgotamento por isso. Também devemos redobrar os cuidados em casa para evitar os acidentes domésticos principalmente com os idosos que integram o grupo de risco da Covid-19”, aponta.

Atenção para sequelas

O trabalho da fisioterapia não se encerra com a alta hospitalar. Em sua grande maioria, os pacientes saem com alguma sequela ocasionada pela doença ou pelo tempo de internação e inatividade e passarão a adotar cuidados em seu domicílio ou nas clínicas de reabilitação. Perda de massa muscular, prejuízos psicomotores, diminuição da capacidade respiratória de expansão pulmonar, hipersecreção brônquica e alteração da relação ventilação perfusão são sequelas comuns que os fisioterapeutas necessitam atuar para recondicionar o paciente e devolvê-lo a suas atividades de vida diária.

Entre as complicações mais comuns identificadas por pacientes com Covid-19 está a disfunção respiratória, que pode se apresentar de forma leve, moderada ou grave, tendo a fisioterapia um papel fundamental para a melhoria dos pacientes.

Em casos de internações por Covid-19, a atuação da fisioterapia é capaz de acelerar o processo de recuperação do paciente, que tem sido de vital importância para a diminuição do tempo de internações e cura. Ela atua com ações enérgicas diretamente com o doente no leito hospitalar, tanto nas unidades de internações como na UTI com os fisioterapeutas intensivistas que atuam desde o manuseio dos equipamentos com os respiradores, na oxigenoterapia e na aspiração dos pacientes hipersecretivos, bem como com a aplicação de técnicas fisioterapêuticas especificas para cada caso.

O desafio da fisioterapia no combate ao Coronavírus (SARS-COV-2) vai muito além de uma mão amiga para alguém que encontra-se sofrendo em um leito hospitalar e tem caráter também preventivo, trazendo orientações para a população sobre as recomendações sanitárias e medidas que devem ser adotadas no cotidiano a fim de evitar o contágio pela doença.

Confira abaixo o vídeo com o orientador da Célula de Fisioterapia do DSAS, Márcio Adriano.

JB, com Assessoria de Imprensa do DSAS

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829



Lido 604 vezes Última modificação em Sexta, 12 Março 2021 08:23

Itens relacionados (por tag)

Mídia

Entre para postar comentários