Fortaleza, Domingo, 26 Junho 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
Sexta, 18 Dezembro 2020 09:15

Procon Assembleia orienta consumidor sobre compras no final do ano Destaque

Avalie este item
(3 votos)
Raíssa Pontes, advogada do Procon Assembleia, dá orientações quanto às compras de Natal Raíssa Pontes, advogada do Procon Assembleia, dá orientações quanto às compras de Natal Divulgação

Com a proximidade das festas de final de ano, o espírito natalino aflora e o comércio aquece a economia, registrando alta nas vendas de produtos. Apesar do momento de pandemia, o estudo global da Visa “Back to Business, Holiday Edition” revela que 89% dos brasileiros pretendem fazer compras de Natal neste ano. Desse total, a maioria (58%) prefere optar por realizar as compras nos estabelecimentos de bairro, com o intuito de ajudar o comércio local atingido neste ano pela pandemia do novo Coronavírus.

Seja para presentear um familiar ou para participar do tradicional amigo secreto, o consumidor deve ficar atento em relação aos seus direitos e deveres, conforme orienta o Procon Assembleia.

A advogada Raíssa Pontes, que integra o órgão, afirma que no de final do ano, período em que nos estabelecimentos comerciais proliferam inúmeras ofertas e promoções, os consumidores se tornam mais suscetíveis à realização de compras e à tomada de decisões. “A atenção dos consumidores deve estar voltada e redobrada quanto à exigência da nota fiscal, no que diz respeito ao valor anunciado e ao valor cobrado no fechamento da conta, em relação à informação clara e ostensiva aos clientes, bem como à proibição da venda casada (forma de vincular a compra de um produto ou serviço a outro)”, alerta a advogada.

Como agir em relação à troca de produtos

Sobre a troca de produtos, a loja é obrigada a realizar em caso de defeito e/ ou vício. Na primeira opção, o prazo para reclamação é de 30 dias para produtos não duráveis e 90 dias para os duráveis, contados a partir da data da compra. Em caso de vício, o artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor determina que não sendo sanado qualquer problema no prazo máximo de 30 dias, o consumidor pode exigir alternativamente e à sua escolha: a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso; a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos; ou o abatimento proporcional do preço.

Em relação a quem optar por realizar as compras de final de ano no comércio online, a advogada Raíssa Pontes informa que o CDC garante o direito de arrependimento pela compra em até sete dias corridos após o recebimento do produto.

Sobre os deveres do consumidor, a advogada esclarece que cabe a ele guardar e manter a nota fiscal da compra, observar também se há exposição de informações no estabelecimento quanto à diferença de valores do pagamento à vista ou em cartão de crédito e débito, “perguntando inclusive como funciona a política de troca do estabelecimento quando essa se der por mera vontade do consumidor”.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

Lido 295 vezes
Entre para postar comentários

Temos 193 visitantes e Nenhum membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500