Imprimir esta página
Quinta, 07 Junho 2018 11:22

Servidores marcam presença no terceiro dia do Seminário sobre Segurança Pública Destaque

Avalie este item
(0 votos)
Terceiro dia do Seminário de Segurança Pública reúne especialistas do Brasil e Colômbia. (Foto: Junior Pio). Terceiro dia do Seminário de Segurança Pública reúne especialistas do Brasil e Colômbia. (Foto: Junior Pio).

Servidores e servidoras da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) acompanham o terceiro dia do Seminário Internacional sobre Segurança Pública, que prossegue até esta sexta-feira (08/06). O evento traz conferência, mesas e fóruns com especialistas na área de segurança pública de estados brasileiros e países da América Latina.

Na manhã desta quinta-feira (07/06), os participantes puderam acompanhar a mesa "Cenário Urbano e Segurança Pública: violência, conflitos e territorialidade", que teve como mediador Renato Pequeno, da Universidade Federal do Ceará (UFC). Como expositores participaram Antônio Silva Lima Neto (Universidade de Fortaleza – UNIFOR), Hugo Acero Velásquez (Bogotá/Colômbia), Michel Misse (Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ), e Murilo Cavalcanti (Secretaria de Segurança Urbana de Recife – PE).

A servidora do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da AL-CE, Ludmila Mamede, destaca que as palestras estão sendo importantes para abrir o leque de opções para os gestores e parlamentares cearenses. "É uma excelente iniciativa da Assembleia em oferecer esta oportunidade à sociedade cearense, aos gestores e parlamentares. Assim, podemos ter ideias de projetos que contribuam para o estado”, afirma.

A chefe do setor de protocolo da AL-CE, Maria Eunice Oliveira, ressalta que as discussões trazem temáticas interessantes, pois a segurança pública é um grande problema do país. "É uma iniciativa aplausível, pois estamos conhecendo as opiniões de especialistas brasileiros, mas também temos o conhecimento das experiência fora do país", coloca.

Lígia Studart, servidora da recepção parlamentar do Plenário 13 de maio, espera que os deputados e gestores da área de segurança pública captem as experiências apresentadas pelos palestrantes para modificar a atual situação em que se encontra o Brasil.

Programação

Nesta quinta-feira, os participantes ainda podem acompanhar, das 12 horas às 14 horas, os fóruns sobre "Crimes Cibernéticos: como se proteger e como punir?"; "Sistema de Justiça: o que fazer quando faltam delegado, o defensor público, o promotor de justiça e o juíz?"; e "Violência no campo: o que fazer quando a insegurança chega à zona rural?".

A mesa 4 tem início às 14 horas, com o tema "Estado Prisional: controle e punição", com os expositores Camila Caldeira Nunes Dias (Universidade Federal do ABC/SP - UFABC), José Alfredo Zavaleta Betancourt (Universidad Veracruzana/México), Karina Biondi (Unviersidade Estadual do Maranhão - UEMA), Renato de Vitto (Defensoria Pública do Estado de São Paulo). O mediador será Cláudio Justa (Conselho Penitenciário do Estado do Ceará - COPEN). Às 18 horas, a conferência "Política de Reversão à Violência Urbana: o caso de Medellín", será ministrada por Jorge Melguizo (Medellín/Colômbia).

O Seminário Internacional sobre Segurança Pública é organizado pelo Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos da AL-CE e conta com a parceria da Universidade Estadual do Ceará (Uece), da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor).

Lido 900 vezes Última modificação em Quinta, 07 Junho 2018 11:27

Itens relacionados (por tag)

Entre para postar comentários