Fortaleza, Quarta-feira, 17 Agosto 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
Quarta, 25 Março 2020 09:27

Data Magna do Ceará é comemorada nesta quarta-feira (25/03)

Avalie este item
(3 votos)
Francisco José Nascimento (Dragão do Mar), pioneiro abolicionista cearense Francisco José Nascimento (Dragão do Mar), pioneiro abolicionista cearense Divulgação

O Estado do Ceará comemora nesta quarta-feira, dia 25 de março, sua Data Magna. O registro foi definido por meio da Emenda Constitucional 73, de 1º de dezembro de 2011, de autoria do então deputado estadual Lula Morais (PCdoB), aprovada e promulgada pela Assembleia Legislativa do Ceará. A celebração, que é marcada por feriado estadual, lembra o fato histórico acontecido em 25 de março de 1884. Quatro anos antes da assinatura da Lei Áurea, a escravidão foi abolida em toda a província do Ceará.

De acordo com os dados historiográficos, em 1º de janeiro de 1883, a Vila do Acarape foi o primeiro município brasileiro a libertar seus escravos. Com o feito, a vila passou a ser chamada Redenção, hoje município integrante do Maciço de Baturité. O abolicionismo no Brasil só veio a se efetivar cinco anos mais tarde, em 13 de maio de 1888, com a assinatura da Lei Áurea pela Princesa Isabel.

O município de Redenção é conhecido como Rosal da Liberdade. Em reconhecimento a este fato, desde 2009 a cidade sedia a Universidade Federal de Integração Luso-Afro-Brasileira (Unilab).

O papel do Dragão do Mar

O Ceará foi palco de relevantes movimentos abolicionistas, que denunciavam, pela imprensa, os abusos cometidos pelos senhores de escravos e combatiam o comércio negreiro entre estados. Em 30 de agosto 1881, um grupo de jangadeiros responsáveis pelo embarque de mercadorias no porto da capital da província do Ceará entrava em greve.

Liderados por José Luís Napoleão, um escravo liberto que comprara a própria liberdade - e a de quatro irmãs - com suas economias, e por Francisco José Nascimento, conhecido também como Dragão do Mar, filho de pescadores da cidade de Aracati, foi iniciado o movimento abolicionista. Eles se recusavam a transportar os negros escravizados que seriam levados dali para outras províncias.

Já havia se passado 30 anos desde que o tráfico transatlântico havia sido proibido e uma década da Lei do Ventre Livre, que considerava livres todos os filhos de mulheres escravizadas nascidos a partir de sua promulgação.

A Data Magna do Ceará, 25 de março, é uma oportunidade para lembrar todos aqueles que lutaram pela liberdade e a democracia em nosso estado, bem como de estímulo aos que seguem em defesa destes ideais. O Ceará é muito mais do que a Terra da Luz, sendo denominado de ‘Berço da Liberdade’ pelo abolicionista José do Patrocínio.

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Whatsapp: 85.99147.6829

Lido 776 vezes Última modificação em Quinta, 26 Março 2020 13:09
Entre para postar comentários

Temos 100 visitantes e Um membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

QR Code

Portal do Servidor - Data Magna do Ceará é comemorada nesta quarta-feira (25/03) - QR Code Friendly



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500