Fortaleza, Terça-feira, 29 Novembro 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
Avalie este item
(1 Voto)

Jornalistas que integram veículos da Coordenadoria de Comunicação Social da Assembleia Legislativa do Ceará participaram, nesta terça-feira (29/11), do 1º Colóquio “Justiça Além da Pauta”, capacitação sobre o universo jurídico, ofertada pela Assessoria de Comunicação do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) aos jornalistas da imprensa cearense. O encontro ocorreu na Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec) e contou com a presença da chefe do Judiciário cearense, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira.

Participaram da atividade os jornalistas Salomão de Castro (Portal do Servidor/Núcleo de Comunicação Interna da Alece), Luciano Augusto (TV Assembleia), Eveline Urano e Jocasta Pimentel (Rádio FM Assembleia 96,7), bem como profissionais integrantes de veículos variados, de Fortaleza e do interior do Estado (neste último caso, de modo virtual).

A presidente do TJCE, Maria Nailde Pinheiro Nogueira, saudou os profissionais. “A nossa vida é um verdadeiro aprendizado. Fico feliz em participar deste momento e compartilhar minha experiência. É importante manter esse diálogo com os jornalistas, além de inseri-los no universo jurídico, para que as notícias sejam veiculadas de forma fidedigna. Hoje, o trabalho do Poder Judiciário está sendo acompanhado com mais frequência. E nós, que fazemos o Tribunal de Justiça, temos um carinho especial aos profissionais da imprensa”, destacou a presidente do TJCE.

O evento foi aberto pelo chefe de Comunicação do Judiciário cearense (Ascom), Ilo Santiago Júnior. “Nossa ideia de promover essa capacitação tem o objetivo de que sejam repassadas para a grande massa, por meio dos jornalistas, o que realmente acontece no Judiciário, com o mínimo de equívoco. Muito do que as pessoas acham e pensam sobre como a Justiça funciona, é fruto dos nossos trabalhos dentro das redações. Por isso, o conhecimento sobre esse universo do Sistema de Justiça é importantíssimo”, enfatizou.

Aproximação

O Colóquio contou com conteúdo explanado pelo juiz auxiliar privativo da 1ª Vara do Júri e integrante do Grupo de Apoio à Vara de Custódia, Antônio Edilberto Oliveira Lima. Ele abordou questões que vão desde os ramos da Justiça e seus respectivos órgãos, a noções básicas das etapas de um processo cível e penal, e como ocorre a atuação do Judiciário em cada uma delas. Cada jornalista recebeu uma cartilha explicativa sobre os órgãos que compõem o Judiciário e o Sistema de Justiça cearense, e suas funções.

“Proporcionar aos jornalistas uma aproximação com aquilo que nós somos e fazemos é uma iniciativa muito proveitosa, do ponto de vista de como funcionamos. Falar sobre a estrutura do Judiciário, os diferentes ramos, como é o desenrolar de um processo é oportuno para o estreitamento de laços e de uma abordagem que facilite o diálogo”, ressaltou o magistrado.

Além da presença de jornalistas dos mais variados veículos de comunicação da imprensa do Ceará, o evento contou também com a participação de estudantes de Jornalismo da Universidade de Fortaleza (Unifor), dos 5º ao 8º períodos.

SC, com Assessoria de Imprensa do TJCE

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

Avalie este item
(2 votos)

O Departamento de Gestão de Pessoas (DGP), vinculado à Diretoria Administrativa e Financeira da Assembleia Legislativa do Ceará, anuncia a efetiva operacionalização do eSocial na Casa. Em operação desde agosto deste ano, a iniciativa tem por objetivo de desenvolver ferramentas de extração e envio dos procedimentos internos relativos aos eventos do eSocial, viabilizando a integração do DGP, Departamento de Finanças, Orçamento e Contabilidade e Procuradoria Geral do Poder Legislativo.

De acordo com a diretora do DGP, Elenice Ferreira Lima, o eSocial consiste em um ambiente digital nacional, plataforma virtual na qual as empresas e órgãos públicos partícipes prestam ao governo informações trabalhistas, fiscais, previdenciárias e tributárias relativas aos seus colaboradores, como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento e comunicações de acidente de trabalho, entre outros.

O processo de implantação do eSocial na ALECE foi previsto e organizado no plano do projeto, que englobou planejamento, implantação e elaboração de procedimento para o eSocial, aprovado em setembro de 2021.

O processo de implementação do eSocial envolveu a articulação de diversos setores do órgão legislativo, pertinentes às áreas jurídica, financeira, de informática e de gestão de pessoas, contando com a contratação de empresa especialista em documentos, processos e informações, a Fábrica Info, que disponibilizou dois desenvolvedores com o objetivo de dar assistência ao referido projeto, além de cinco funcionários da Casa, amplamente comprometidos com a execução de cada etapa para a operacionalização do sistema.

Participaram do planejamento e elaboração do projeto, além da diretora, os servidores André Gomes (Coordenadoria de Tecnologia da Informação - Coti), Marcelo Fernandes e Patrícia Almeida (Folha de Pagamento), Maik Freitas (Fábrica Info) e o consultor Gilson Fernando.

Unificação de dados

A diretora do DGP explica que o projeto eSocial é um plano do Governo Federal, implantado a partir de lei aprovada em 2017, que consiste em unificar em um único banco de dados todas as informações prestadas pelas empresas do terceiro setor e por órgãos públicos. "Antes, as informações eram remetidas para sete órgãos, tais como Previdência Social, Receita Federal, Caixa Econômica e Banco do Brasil, entre outros. Agora todas as informações, mais detalhadas, são enviadas a um único banco de dados, que é o eSocial, de onde as instituições vão puxar as informações. Trata-se da unificação dos dados dos trabalhadores", frisa.

Assim, assevera Elenice Ferreira Lima, todos os entes federativos e órgãos de interesse que precisam fiscalizar, acompanhar e emitir impostos e contribuições sobre estes dados terão acesso às informações no eSocial. "De acordo com o cronograma estabelecido, iniciamos o projeto eSocial em setembro de 2021, e concluímos em agosto deste ano", recorda.  Ela informa que foi desenvolvida a plataforma Pegaso, para o cotejamento de todas as informações necessárias na Alece.

"A gente precisava comprar um sistema de gestão de pessoas que já vem preparado, mas seguimos a opção de fazer o nosso sistema de gestão, que é o Pegaso, desenvolvido por André Gomes. Foi um trabalho completamente novo, extenuante, porém a compra seria demasiadamente elevada. Cerca de R$ 2,6 milhões, implicando ainda em um custo mensal de R$ 30 mil, para sua operação. Assim preferimos montar a nossa equipe para a realização deste trabalho", revela.

Para a conclusão deste trabalho, dentro do prazo estabelecido, a diretora explica que houve dias em que a equipe teve de se desdobrar, cumprindo jornadas de trabalho de até 16 horas, muitas vezes realizando tarefas até em finais de semana ou em viagens.

"É importante ressaltar que a partir de julho de 2022, a equipe do projeto passou a contar com o apoio de apenas um desenvolvedor, sendo um deles desvinculado da execução do projeto, o que demandou grande comprometimento e capacidade de articulação por parte da equipe. Destaca-se que na execução foram empenhadas aproximadamente 1.916 horas de trabalho, esforço executado com a finalidade de que o evento fosse realizado em tempo hábil e em condições operacionais", pontua Elenice.

JS/JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Terça, 29 Novembro 2022 11:17

Alece tem novo processo de tombamento de bens móveis Destaque

Avalie este item
(5 votos)

A Assembleia Legislativa do Ceará passa  por um processo de modernização do tombamento dos bens móveis. A iniciativa  faz parte de uma das etapas do Projeto de Reestruturação da Gestão Patrimonial, que compõe o planejamento estratégico do programa Alece 2030. O processo  vem sendo conduzido desde 2021 pelo Departamento de Administração da Casa, por meio da Célula de Gestão de Suprimentos, com o apoio e orientação da Diretoria Administrativa e Financeira, Controladoria e Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional (Codins).

A modernização foi motivada pelas melhorias sugeridas por órgãos de controle interno e externo, a fim de compatibilizar o patrimônio de bens móveis da Alece, com a contabilidade deste órgão, de modo a propiciar um melhor controle dos bens patrimoniais e evidenciá-lo na prestação de contas anual do Poder Legislativo.

O orientador da Célula de Gestão de Suprimentos, Fenelon Cals, destaca que a modernização permitirá uma melhor eficiência do processo de inventário que é realizado anualmente para a totalidade dos bens da Alece. Até então, o processo de tombamento era feito de forma tradicional, por meio de uma etiqueta em metal era confeccionada e afixada em cada bem.

Como é feito o tombamento

Conforme acrescenta o gestor, a tecnologia de tombamento utilizando RFID permitirá que todos os bens localizados em determinado raio de ação (definido no sistema) sejam inventariado em questão de minutos, tendo em vista que a identificação dos bens é realizada por radiofrequência.

“As etiquetas que serão instaladas possuem uma microantena que emite sinais de radiofrequência, podendo ser lidos pelo coletor de dados que será utilizado no momento do inventário. O QR code faz uma leitura rápida de tudo que tem num escopo de um a dois metros. Dessa forma, o levantamento dos bens de uma sala será feita em minutos. A tecnologia deixará o processo de inventário mais rápido e preciso, minimizando os transtornos gerados na coleta das informações, permitindo que  o relatório final dos bens seja emitido de forma breve” , explica Fenelon Cals.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801       

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Avalie este item
(2 votos)

A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará promove, no dia 8 de dezembro, a partir das 14 horas, o III Seminário Conjuntura e Direitos Humanos no Brasil, uma realização do Escritório de Direitos Humanos e Assessoria Jurídica Popular Frei Tito de Alencar (EFTA) e da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Casa. O evento marca ainda o Dia Internacional dos Direitos Humanos, celebrado anualmente no dia 10 de dezembro. As inscrições para participação podem ser feitas por meio do link https://doity.com.br/iii-seminario-conjuntura-e-direitos-humanos-no-ceara.

A programação do evento, que acontece no Anexo II da Alece (Edifício Deputado José Euclides Ferreira Gomes), terá apresentação de relatórios e oficinas com temas específicos sobre direitos humanos. O Seminário tem parceria com a Unipace, que emitirá certificado para os participantes.

A abertura do Seminário abordará “Direitos humanos no Ceará: perspectivas e práticas” e terá o lançamento de relatórios e informes sobre a atuação em Direitos Humanos. Entre os temas, estão saúde mental e direitos das mulheres, direitos das populações privadas de liberdade, direito à moradia e despejos. Os relatórios são um compilado do trabalho do EFTA e da Comissão nos últimos anos e o lançamento contará com a participação de movimentos sociais que atuam nas respectivas áreas.

As quatro oficinas ofertadas no Seminário serão realizadas nas salas da Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), também no Anexo II da Assembleia. Entre as oficinas estão: Direito à Cidade: estratégias de combate aos despejos forçados; Defesa dos Direitos Humanos e racismo estrutural; Transição energética: justiça climática para povos originários e tradicionais e Curatela e o direito à vida independente e à inclusão na comunidade.

Educação em direitos humanos

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Alece, deputado Renato Roseno (Psol), destaca que o III Seminário é uma importante iniciativa do EFTA e da Comissão para debater os desafios contemporâneos dos direitos humanos. Ele comenta que os diversos desafios advém, por exemplo, da desigualdade social e da negação das políticas públicas e, por isso, é tão importante promover momentos de educação em direitos humanos.

“A gente só vai ter direitos humanos respeitados, promovidos e garantidos se nós formos, inclusive, educados e sensibilizados para isso”, avalia o parlamentar. Roseno explica que os direitos humanos compreendem uma larga construção de um modelo ético de relação entre os seres humanos que respeite e promova a dignidade.

O coordenador do Escritório Frei Tito, Miguel Rodrigues, ressalta a realização, nesta edição do Seminário, de oficinas com temas específicos muito atuais que envolvem diretamente a luta por direitos humanos no Brasil.

As oficinas contarão com facilitadores como advogados do Escritório atuantes nas áreas específicas, assim como pesquisadores, representantes de comunidades e de entidades e movimentos que lidam cotidianamente nas pautas, que poderão compartilhar experiências e entendimentos com os participantes.

Serviço: III Seminário Conjuntura e Direitos Humanos no Brasil. Data: 08/12/2022. Anexo II da Alece (Rua Barbosa de Freitas, nº 2674 - Dionísio Torres). Inscrições: https://doity.com.br/iii-seminario-conjuntura-e-direitos-humanos-no-ceara

14 horas - Direitos humanos no Ceará: perspectivas e práticas -  Lançamento de relatórios e informes sobre a atuação em Direitos Humanos. Local: Auditório Deputado João Frederico Ferreira Gomes, 6º andar do Anexo II da Alece. Participação: Deputado Renato Roseno - Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Alece, Miguel Rodrigues - Escritório de Direitos Humanos e Assessoria Jurídica Popular Frei Tito de Alencar (EFTA), Leila Passos – Conselho Estadual de Direitos Humanos, Macedônia Félix - Frente de Mulheres do Cariri, Laíssa Limeira - Frente de Luta por Moradia Digna e Alessandra Félix - Frente pelo Desencarceramento

16 horas às 17h30min – Oficinas. Local: Salas Unipace - Anexo II da Alece

Direito à Cidade: estratégias de combate aos despejos forçados. Facilitadora Cecília Paiva, advogada do EFTA

Defesa dos Direitos Humanos e racismo estrutural. Facilitadores: Fernanda Estanislau, advogada, autora do livro Direito antirracista e Lourdes Vieira, advogada do EFTA

Transição energética: justiça climática para povos originários e tradicionais. Facilitadores:  Soraya Vanini Tupinambá, do Instituto Terramar, Luciana dos Santos Sousa, da Comunidade Quilombola do Cumbe e Péricles Martins, advogado do EFTA

Curatela e o direito à vida independente e à inclusão na comunidade. Facilitador: Alexandre Mapurunga, assessor da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Alece e diretor técnico da Associação Brasileira para Ação por Direitos das Pessoas Autistas (Abraça)

Da Assessoria do EFTA

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Avalie este item
(3 votos)

Quatro veículos que integram a Coordenadoria de Comunicação Social da Assembleia Legislativa do Ceará têm trabalhos classificados para disputar o Prêmio Gandhi de Comunicação 2022. A Revista Plenário, TV Assembleia, Rádio FM Assembleia 96,7 e o Portal do Servidor da Casa (https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/) foram classificados para disputar a premiação, cujo balanço de inscrições foi divulgado nesta segunda-feira (28/11) pela Agência da Boa Notícia, responsável pelo Gandhi.

Ao todo, o concurso recebeu 181 inscrições, superando as 152 do ano passado. A premiação tem como objetivo destacar os trabalhos que mais contribuem para a Cultura de Paz e divulgar ações do desenvolvimento humano como instrumento da harmonia social.

Participam do Prêmio Ghandi trabalhos publicados, exibidos ou apresentados entre os dias 16 de outubro de 2021 e 9 de novembro de 2022. De acordo com a jornalista Angela Marinho, coordenadora do certame, a novidade desta edição é a quantidade dos trabalhos inscritos em Jornalismo Impresso/Digital, que assumiu a liderança, no lugar de conteúdo online, de anos anteriores. “Estamos felizes com o crescimento do número de inscritos a cada ano. A adesão é uma demonstração do prestígio do prêmio, conquistado em 15 anos de respeito mútuo e parceria entre a Agência da Boa Notícia, profissionais e estudantes, dentro dos princípios da cultura de paz na comunicação", afirmou.

Sobre os trabalhos inscritos

Nas categorias profissionais, o Fotojornalismo recebeu 17 inscrições, com destaques para os veículos Revista Plenário, Bemdinto Jornalismo, jornais Diário do Nordeste, O Povo e Opinião, revistas FIEC e Nossa Voz.

No Telejornalismo os trabalhos somaram 19 inscrições com a TV Assembleia, TV Fortaleza, TV Globo (Jornal Hoje), TV Globo (Fantástico) / CETV 1ª Edição, TV Verdes Mares, TV Jangadeiro, TV Ceará, TV Globo (Fantástico), TV Terra do Sol e TV Cidade. Já no Jornalismo Impresso foi alcançado o excelente número de 63 inscritos com projetos da UFC e Uni7.

O Radiojornalismo teve 18 inscrições através das rádios FM Assembleia, Jangadeiro BandNews FM, Dom Bosco, Verdes Mares, Jovem Pan News Fortaleza e Universitária FM.

Já a categoria de Comunicação Interna recebeu 17 inscritos com Portal do Servidor da Alece, Secretaria da Educação do Estado/Seduc (site),  Conselho Regional de Corretores de Imóveis (site), Cetra (Rede social interna), Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Site), ISGH (Portal), Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), Secretaria de Segurança Pública do Ceará, Tribunal Justiça do Estado do Ceará e Defensoria Pública do Estado do Ceará.

A categoria de Conteúdo Online se mostra sempre em destaque a cada ano. Foram 21 inscrições por intermédio de grandes nomes das mídias digitais com O Povo Mais (Portal), Diário do Nordeste (site), Verminosos por Futebol (site), Marco Zero Conteúdo (site), Portal Ludopédio (SP), Inspiratto Comunicação (you tube), Blog Direito em HQ - Brasília (rede social), Movimento Saúde Mental (YouTube), Secretaria da Saúde do Ceará (YouTube), Delantero Comunicação/Imaginant Studio (YouTube), Prefeitura de Fortaleza (Redes Sociais), Tribunal de Justiça do Estado do Ceará e Defensoria Pública do Estado do Ceará.

Nas categorias para estudante, a edição deste ano recebeu doze inscrições de Trabalho de Conclusão de Curso, através das instituições UFC, Unifor e Uni7. Dois de Mídia Impressa, com Jornal O Povo e O Estado, como também mais 12 de Mídia Eletrônica com trabalhos advindos das universidades Unifor (Universidade de Fortaleza), UFC (Universidade Federal do Ceará), Uni7 e Estácio.

O Prêmio deve anunciar os seus vencedores entre os dias 14 e 16 de dezembro. A data está sendo definida, em virtude dos jogos do Brasil na Copa do Mundo. Os vencedores receberão valores, um troféu por categoria e certificado de participação. A premiação totaliza R$ 30 mil. Os vencedores das categorias profissionais receberão R$ 4 mil cada e os vencedores das categorias para estudante receberão R$ 2 mil cada. São seis categorias para profissionais e três para estudantes.

Saiba mais

Em 2021, a equipe da FM Assembleia, composta por Sílvio Augusto Filho, Rafael Luis Azevedo, Rinald Ribeiro e Jorge Luiz Lima, conquistou o segundo lugar na categoria Radiojornalismo, com a matéria "A vida depois dos 18: Um lar para quem não foi adotado".

Na ocasião, Rafael Luís observou que a reportagem "A vida depois dos 18: Um lar para quem não foi adotado" destacou a história das desconhecidas repúblicas de Fortaleza, mantidas pela prefeitura, que atendem jovens de abrigos que atingem a maioridade sem que sejam adotados.

JS, com informações do site da Agência da Boa Notícia

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Avalie este item
(4 votos)

Como atividade integrante da Semana do Servidor 2022, a Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce), por meio da sua Comissão de Esportes, realizou o último evento esportivo neste domingo (27/11), na Praia do Futuro, com o evento de Beach tênis, em duplas mistas. Esta foi a terceira edição do torneio.

Os jogos aconteceram na Barraca Santa Praia e contaram com a participação de sete duplas, contemplando assim 14 servidores e servidoras. A organização foi do Setor de Esportes da Associação da Assalce.

Integrantes de vários setores da Alece participaram, dentre os quais Comissões Técnicas, Departamento Financeiro, Assalce, Administração, Controladoria, Departamento Médico e Cerimonial e Eventos.

Sobre a competição

A dupla Raquel Mariano e Édipo Henrique sagrou-se campeã do torneio, vencendo a dupla Gabriela Moriconi e Luis Edson Sales na decisão. O terceiro lugar da competição ficou com a dupla Juliana Barreto e Francisco Gonçalves, que superou a dupla Luciana Cysne e Wellington Moura. A premiação foi entregue pelo presidente da Assalce, Luis Edson Sales, que também participou do evento, e pelos servidores Francisco Lemos, Wellington Moura, Jose Geovani e Raquel Rabelo.

As duplas inscritas foram as seguintes: A - Jéssica Vieira e Antônio Gabriel; B - Raquel Mariano e Édipo Henrique; C - Juliana  Barreto e Francisco Rodrigues;  D - Luis Edson e Gabriela Moriconi; E - José Geovane (China) e Cláudia; F - Clodoaldo Filho e Mainara Alves e G - Luciana Cysne e Wellington. No cruzamento classificatório entre as duplas foram classificadas para a final as duplas B - Raquel Mariano e Édipo Henrique x D - Gabriela Moriconi e Luis Edson. Já na disputa do 3º lugar, a disputa foi entre as duplas: C - Juliana Barreto e Francisco Rodrigues x G - Luciana Cysne e Wellington Moura.

Sobre o Beach tênis

A modalidade esportiva é uma adequação do tênis ao ambiente praiano, como diz o próprio nome. O jogo consiste em rebater uma bola com a raquete, por cima da rede. Já a pontuação do jogo funciona no mesmo esquema que no tênis (15/30/40), com a diferença que no Beach tennis há vantagem, ou seja, a dupla só marca pontos quanto estiver sacando. O Beach tênis traz benefícios para a saúde, como a melhora da capacidade aeróbica e o fortalecimento dos músculos, em virtude do impacto causado nas disputa na areia.

Durante a Semana do Servidor, o Futebol society também teve espaço, com um torneio quadrangular realizado no dia 20 de novembro. A equipe da Célula de Logística da Alece foi a campeã. Os jogos ocorreram no Clube Recreativo dos Subtenentes e Sargentos do Exército (Cresse).

PV, com informações da Comissão de Esportes da Assalce

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Avalie este item
(2 votos)

O Centro de Mediação e Gestão de Conflitos da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, em parceria com a Vice-Governadoria do Estado, promoveu a entrega dos Certificados do Curso de Mediação Circular Narrativa. A entrega ocorreu no formato digital na manhã desta sexta-feira (25/11).

O curso, destinado aos servidores da Alece e rede de apoio, foi uma ação educativa voltada para informar e capacitar a sociedade sobre a mediação, a cultura de paz e a pacificação social. As aulas aconteceram em junho, no formato presencial, no auditório do 3º andar do anexo III da Assembleia (Edifício Deputado Francisco das Chagas Albuquerque).

As aulas tiveram como facilitadoras a Coordenadora Especial da Vice-Governadoria do Ceará, professora Lillian Virgínia Carneiro Gondim e a Cristiane Carvalho Holanda, gestora da Coordenação de Mediação, Justiça Restaurativa e Cultura de Paz da Vice-Governadoria. Lillian é mestre em Planejamento e Políticas Públicas e mediadora, conciliadora e facilitadora de círculos e Justiça Restaurativa. Já Cristiane é doutora e mestre em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC), com especialização em Supervisão Escolar, e professora Universitária da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

Objetivos

A formação busca criar condições para a construção de uma cidade sustentável e pacificada, por meio da educação para a sociedade cearense. Através de uma metodologia que une a eficácia com a atitude colaborativa, pretende-se atacar questões relativas a dois Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): Redução das Desigualdades (ODS 10) e Paz, Justiça e Instituições Fortes (ODS 16).

Os alunos que concluíram o curso e não receberam seus certificados durante o evento online devem entrar em contato através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. para solicitar a expedição dos mesmos.

PV

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Avalie este item
(2 votos)

A Rádio FM Assembleia estreia, nesta segunda-feira (28/11), a reportagem especial “Pensão alimentícia: Dever dos pais, direito dos filhos”, que acompanha o desafio da mãe e diarista, Marise dos Santos, na criação de dois filhos, sozinha, e sem contar com pensão alimentícia.

A reportagem detalha qual o conceito de pensão alimentícia, que casos geram o direito à pensão e quais os meios podem ser efetivados para a exigência do devido pagamento dos valores definidos pela Justiça. A produção contextualiza ainda a situação de processos que tramitam nas Varas de Família da comarca de Fortaleza e na Defensoria Pública do Ceará.

Confira a reportagem “Pensão alimentícia: Dever dos pais, direito dos filhos”, na programação da Rádio FM Assembleia 96,7. O material já estará no ar, nesta segunda-feira, no podcast Rádio FM Assembleia, disponível nas plataformas de áudio Spotify, Deezer, Apple Podcasts e Google Podcasts.

A reportagem “Pensão alimentícia: Dever dos pais, direito dos filhos” conta com produção e narração de Eveline Urano, edição de texto de Tarciana Campos, edição de áudio de Ronildo Lins, sonoplastia de Alex Oliveira e de Ronaldo César.

Da Rádio FM Assembleia 96,7

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

Avalie este item
(3 votos)

A Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce) realizou, nesta sexta-feira (25/11), a tradicional feijoada, com festa dançante, no Náutico Atlético Cearense (Avenida da Abolição, 2727 - Meireles). Ao embalo da banda Transacionais, o evento, que encerrou em clima de confraternização a Semana do Servidor 2022, iniciada no dia 21 de novembro, reuniu servidores e diretores da Casa.

O governador em exercício e presidente do Poder Legislativo, deputado Evandro Leitão (PDT), destacou duas melhorias para os servidores da Alece: a assinatura, nesta sexta-feira, do ato normativo que institui a nova tabela de 40 horas, e o auxílio-saúde. Ele destacou as duas medidas como conquistas e apontou que o auxílio-saúde será implantado a partir de 2023, para todos os servidores ativos e inativos. “Temos um olhar diferenciado para o servidor”, garantiu.

''É um momento ímpar. Estarmos aqui com motivos para celebrar. Agradeço o carinho e dedicação de vocês. Tenho a compreensão da importância de todas e todos para que a máquina do Poder Legislativo possa funcionar”, afirmou.

Balanço de atividades

O presidente da Assalce, Luis Edson Sales, destacou que a tradicional feijoada encerra uma semana intensa de atividades que a Associação ofertou nas áreas   do esporte, cultura, literatura e poesia, graças ao talento dos servidores que compõem o Poder Legislativo e aos seus múltiplos talentos.

''Ser servidor é uma dádiva, porque podemos servir ao público, e essa gestão do presidente Evandro Leitão tem valorizado nossos servidores, dado melhores condições de trabalho para que todos possam cumprir o seu papel com excelência.  Nosso presidente é uma pessoa aberta, que tem sempre recebido as reivindicações da Associação, trazendo apoio e incentivo. Após dois anos de pandemia, é uma alegria estarmos aqui reunidos anunciando essas conquistas”, afirmou.

Saiba mais

Com o lema “Todos juntos numa só torcida”, a Semana do Servidor realizada pela Assalce ofertou atividades culturais, sociais e esportivas para os servidores, com oficinas de Pintura, Artesanato e Costura, Crochê, Macramê, cápsulas de café, workshop, Sarau Assalce e Quiz da Copa, dentre outras atividades.

No domingo (27/11), a coordenação de Esportes da Assalce realizará um circuito de Beach tênis, com duplas mistas formados por servidores da Alece e convidados. Desta vez o local escolhido é a barraca Santa Praia (avenida Clóvis Arrais Maia, 3343, na Praia do Futuro), com início previsto para as 8 horas.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Sexta, 25 Novembro 2022 05:21

Unipace inscreve para cursos de dezembro

Avalie este item
(6 votos)

A Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace) inscreve para dois cursos que serão realizados no mês de dezembro: “Comunicação Básica em Libras” e “Desenvolvimento Sustentável e Agenda 2030”. O curso “Comunicação Básica em Libras” tem o objetivo de proporcionar aos servidores da Assembleia Legislativa do Ceará o conhecimento necessário para um contato inicial com o público surdo, por meio da Língua Brasileira de Sinais.

As aulas ministradas por Adriana Josino, doutora em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual do Ceará (PosLA-Uece), serão realizadas de 5 a 9 de dezembro de 13 horas às 17 horas na sala E, localizada no 1º andar do Edifício José Euclides Ferreira Gomes (anexo II da Casa).

Há 30 vagas disponíveis e os interessados devem se inscrever por meio do link https://bit.ly/3GGyOCz.

Ao longo da capacitação, os alunos terão a oportunidade de compreender  a Libras como língua natural, conhecer  o alfabeto manual (ou datilológico), adquirir vocabulário referente ao contexto sociocomunicativo do Poder Legislativo e  compreender a diversidade presente na sociedade, no que diz respeito ao atendimento de pessoas com surdez.

Desenvolvimento Sustentável e Agenda 2030

O curso “Desenvolvimento Sustentável e Agenda 2030” visa fomentar a efetividade da Agenda 2030 entre os diversos segmentos da sociedade, especialmente junto aos servidores da Alece. As aulas serão realizadas de 5 a 9 de dezembro, de 14 horas às 17 horas, no formato híbrido, com aulas presenciais (na sala D, localizada no 1º andar do Anexo II da Assembleia) e por meio da plataforma AVA.

Ministrado por Michelle Ribeiro o curso vai proporcionar aos participantes fundamentação teórica e prática para a inclusão dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Undias (ONU) como prioridade nos programas, projetos e ações das suas organizações, como foco nas iniciativas do Poder Legislativo.

São disponibilizadas 30 vagas. As inscrições são feitas pelo link https://bit.ly/3tTgcHF.

Certificados

Para o recebimento do certificado, o participante precisará obter frequência mínima de 75% nas aulas e atividades. O certificado será enviado para o e-mail do(a) participante em até sete dias após a conclusão do curso.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Página 1 de 199

Temos 1626 visitantes e 11 membros online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

EVENTOS / DESTAQUES

QR Code

Portal do Servidor - Todas as Notícias - QR Code Friendly



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500