Fortaleza, Domingo, 23 Janeiro 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

O Comitê  de Responsabilidade  Social  da Assembleia Legislativa do Ceará, por meio da Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental, lança a  campanha ''Lacrou'', que visa a arrecadação de lacres de alumínio entre os servidores da Alece. A mobilização está sendo feita desde o dia 17 de dezembro.

A orientadora da Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental da Alece, Conceição Machado, destaca que os lacres adquiridos serão revertidos  para ação de solidariedade e doação de cadeiras de rodas  para  instituições de caridade.

"Cada servidor poderá trocar duas garrafas pets de dois litros cheias de lacres por uma caneca no máximo quatro vezes para adquirir nossa coleção que possui quatro modelos. Serão disponibilizadas 200 unidades. Faço o  convite para que nossos colaboradores abracem essa campanha  e ajudem os cadeirantes  a ter mais conforto  e qualidade de vida'',  conclama.

A  campanha será realizada até março de 2022 ou enquanto durarem os estoques de canecas. As trocas deverão ser feitas na sala Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental, localizada no edifício sede da Assembleia, térreo, com acesso pela avenida Desembargador Moreira, nº 2807, ou nos pontos para a coleta distribuídos no Poder Legislativo.

Arrecadação

O  Poder Legislativo se tornou ponto fixo de coleta de lacres de alumínio desde 2017. Os lacres arrecadados são vendidos para reciclagem e o valor é investido na compra de cadeira de rodas e outros itens para acessibilidade.

Em janeiro de 2020, em parceria com a Unimed Fortaleza e outras entidades contribuintes da campanha “Eu Ajudo na Lata”, houve a  doação  para o Lar Torres de Melo de materiais de acessibilidade aos idosos. "Na ocasião, recebemos o certificado de participação da sétima edição do programa, que reconheceu a Assembleia como maior doador externo pela arrecadação de aproximadamente 62kg de alumínio'', recorda a engenheira ambiental Morgana Ferreira.

JB, com Assessoria de Imprensa do Comitê de Responsabilidade Social da Alece

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

Publicado em A3P

As ações de sustentabilidade da Assembleia Legislativa do Ceará foram reconhecidas e premiadas com o Selo TCE Ceará Sustentável 2020-2021. O evento de entrega do Selo foi realizado nesta quinta-feira (16/12), na sede do Tribunal de Contas do Estado. Esta é a segunda vez que a Alece recebe o Selo do TCE/CE. A primeira foi na edição de 2019, ano de implementação da iniciativa da Corte de Contas.

Durante a solenidade de entrega da premiação, Cristiane Leitão, líder do Comitê de Responsabilidade Social e primeira-dama do Poder Legislativo, agradeceu e parabenizou a iniciativa do TCE/CE que, com o Selo, motiva instituições e órgãos públicos a seguirem e implantarem ações de sustentabilidade.

Cristiane Leitão comentou que o Comitê foi criado na gestão do presidente Evandro Leitão (PDT) e está levando para as ações da Casa os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), envolvendo setores, servidores e comunidades na gestão sustentável. A primeira dama destacou ainda a atuação da Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental do Comitê de Responsabilidade Social, apontando que muitos frutos sustentáveis ainda serão colhidos no processo.

O vice-presidente do Tribunal, Edilberto Pontes, parabenizou as cinco instituições que receberam o Selo TCE Ceará Sustentável 2020-2021, ressaltando a importância de que a agenda sustentável e os ODS sejam incorporados por todos. Ele comentou a relevância da disseminação das boas práticas no poder público, elencando ações da Corte de Contas na área da sustentabilidade na busca da liderança pelo exemplo.

Silvania Brilhante, secretária de Administração do Tribunal, explicou que o Selo TCE Ceará Sustentável está em sua segunda edição e é uma das iniciativas de sustentabilidade do órgão que busca reconhecer as instituições que estão preocupadas com a temática, assim como aproximá-las do Tribunal e destacar os ODS.

Selo TCE Ceará Sustentável 2020-2021

Além da Assembleia Legislativa do Ceará, foram agraciados pelo Selo o Instituto de Meio Ambiente do Município de Itapipoca, a Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante, a Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos do Município de Juazeiro do Norte e a Companhia Administradora da Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE).

Eduardo Neves, secretário da Companhia Administradora da Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE), agradeceu em nome dos premiados o reconhecimento do TCE/CE ao trabalho que vem sendo realizado pelas instituições. Ele destacou a relevância da pauta ambiental no contexto mundial atual e a vanguarda do Ceará em questões como, por exemplo, o hidrogênio verde.

Conceição Machado, orientadora da Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental do Comitê, destacou entre as ações sustentáveis realizadas pela Alece e reconhecidas pelo Selo a promoção do consumo sustentável de materiais e recursos, como água e energia, a educação ambiental e o trabalho com a gestão de resíduos sólidos.

Também estiveram presentes no evento, o secretário de governança do Tribunal, Auriço Oliveira, representando o presidente da Corte de Contas, Valdomiro Távora; a vice-prefeita de Itapipoca, Jocélia Lígia; Giovanni de Freitas Amâncio, gerente da unidade de conservação do Parque Ecológico de Juazeiro do Norte e Ailson Ferreira Frota Filho, presidente da Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante, assim como a coordenadora do Comitê de Responsabilidade da Assembleia, Luana Brasileiro.

Da Assessoria de Imprensa do Comitê de Responsabilidade Social

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Categoria Matriz

Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará participaram, nesta quarta-feira (08/12), de workshop sobre compostagem doméstica, técnica que dá novo destino aos resíduos sólidos, como cascas e restos de legumes e frutas, e os transforma em adubo. A oficina foi realizada pela Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental, vinculada ao Comitê de Responsabilidade Social da Casa.

Durante o workshop, facilitado por João Pedro Freire, membro da equipe da Célula, foram explicados os tipos de compostagem e apresentado o processo para fazer a composteira doméstica. Ele orientou ainda os participantes sobre quais produtos podem ser destinados para a atividade e compartilhou dicas de como colocar as técnicas em prática.

A retirada dos compostos resultantes da compostagem e as possibilidades de utilização como, por exemplo, a adubação de plantas também fizeram parte do workshop, realizado nos jardins do prédio principal do Poder Legislativo.

Sustentabilidade no cotidiano

A orientadora da Célula, Conceição Machado, ressalta a importância de ações como o workshop para estimular os servidores a inserirem hábitos sustentáveis em suas rotinas, se tornando multiplicadores das ideias e colaborando com o meio ambiente em todos os espaços que estão inseridos.

Juliana Malveira, trabalha na Assalce e foi uma das participantes do workshop. Ela explica que, por gostar muito de plantas e ter bastante em casa, passou a se interessar pela possibilidade de fazer adubo doméstico. Dessa forma, a oficina oferecida pela Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental apresentou técnicas úteis.

“Acho essas iniciativas da Assembleia fantásticas, pois tudo hoje é voltado para a questão sustentável. A gente aprendendo aqui, pode levar para a nossa casa e contribuir fazendo a nossa parte. Que tenham mais atividades e mais servidores possam se interessar”, comentou.

Foi realizado ainda sorteio de uma composteira e distribuição de mudas para os servidores participantes, iniciativas que fortalecem as ações de conscientização e sustentabilidade.

Da Assessoria do Comitê de Responsabilidade Social, com Núcleo de Comunicação Interna da Alece

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em A3P

A discussão sobre sustentabilidade e as questões ambientais é cada vez mais intensa na Assembleia Legislativa do Ceará. O curso virtual “Sustentabilidade e Gestão de Resíduos: da Gestão Pública ao nosso cotidiano”, realizado pela Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental, do Comitê de Responsabilidade Social da Casa, promoveu, no período de 8 a 12 de novembro, debates e informações para os servidores da Alece.

A formação, explica a orientadora da Célula, Conceição Machado, faz parte do planejamento da Célula na busca por levar mais conscientização para os servidores da Assembleia, gerando impactos positivos dentro do ambiente de trabalho e também em casa. Ela destaca que iniciativas como essa formam agentes multiplicadores das informações de sustentabilidade e gestão ambiental.

A facilitadora do curso e assessora da Célula, Morgana Ferreira, explica que foram abordadas diversas questões de relevância na área da sustentabilidade a partir de um panorama da gestão pública, participação da sociedade e também sobre o que é realizado no setor privado. Ela destaca que ao longo do curso os participantes constroem um “olhar crítico do ciclo de vida dos produtos e do que é utilizado de recurso natural durante o consumo dos produtos”.

Temas abordados

Entre as temáticas da formação, que teve 10 horas/aula e emissão de certificado, também estão a legislação ambiental e programas de sustentabilidade, como A3P, eficiência de gastos e  logística.

Heloísa Maria de Sousa, servidora do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Casa, participou do curso e elogiou a iniciativa. Para ela, o Poder Legislativo estadual deve investir em mais formações com a perspectiva da sustentabilidade, uma vez que muitas pessoas não tiveram a oportunidade de uma educação com abordagem de práticas sustentáveis.

Ela, que foi secretária da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia por 20 anos e tem afinidade com a temática, enalteceu a qualidade da formação e mediação e as ações que vêm sendo implementadas na Alece promovendo a economia de recursos. “É um tema muito importante para a nossa vida, para respeitarmos os seres humanos e nossa casa, que é o planeta Terra”, comentou.

Da Assessoria de Imprensa do Comitê de Responsabilidade Social, com Núcleo de Comunicação Interna da Alece

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em A3P

A Assembleia Legislativa do Ceará, por meio da Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental e da Célula de Articulação e Fomento à Cidadania, que integram o Comitê de Responsabilidade Social, realizou uma visita à Rede Estadual de Catadores do Ceará, com o objetivo de compreender a situação da Rede e auxiliar nas possíveis demandas.

A principal queixa apresentada pelos gestores da Rede durante a visita realizada no dia 22 de outubro esteve relacionada com a necessidade de melhorias nas infraestruturas dos galpões para que o ambiente de trabalho seja um local mais seguro e eficiente para a realização de suas atividades. ''Um dos pontos apontados por Cícero Sousa, presidente da Rede de Catadores foi a necessidade de reparos na estrutura elétrica dos galpões, ventilação, cobertura do galpão e sinalizações de segurança'',  Patrícia Codevilla, da Célula de Articulação e  Fomento à Cidadania.

Conforme adiantou, diante das demandas levantadas, o Poder Legislativo, por meio do Comitê de Responsabilidade Social, vai procurar estabelecer uma conexão da Rede com o os Poderes Legislativo e Executivo municipais, como forma de promover uma melhoria para esta classe.

Ampliação de ações

O assessor técnico da Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental, Yuri Passos, ressaltou que o encontro surgiu de um projeto da Célula que busca estender as ações já realizadas com os catadores. ''Atualmente, recolhemos os resíduos recicláveis dos prédios e destinamos para cooperativas. Essa reunião veio como forma de aumentar a relação com eles e buscar melhorias para a classe, que é muito vulnerável'', avaliou.

Participaram da visita, Yuri Passos, assessor técnico da Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental, Jéssica Tavares, membro executivo  da Célula, e  Patrícia Codevilla, da Célula de Articulação e Fomento à Cidadania.

A Rede Estadual de Catadores do Ceará está localizada na esquina das ruas Waldemar Holanda e Rômulo Bezerra, s/n, no bairro João XXIII, em Fortaleza. Atualmente, ela conta com a participação de 16 grupos, totalizando aproximadamente 600 catadores.

JB, com informações da Célula de Sustentabilidade e Gestão Ambiental e da Célula de Articulação e Fomento à Cidadania

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em A3P
InícioAnt123456PróximoFim
Página 1 de 6

Temos 403 visitantes e Nenhum membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500