Fortaleza, Sexta-feira, 20 Maio 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

 No mês de outubro, a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, ganha destaque com a Campanha Outubro Rosa.

 A Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), por meio da Célula de Qualificação dos Servidores, no intuito de incentivar o cuidado com a saúde da mulher e o autocuidado entre as servidoras que atuam no Poder Legislativo, vai realizar na próxima  terça-feira ( 05/10), às 16 horas, webinar com o tema '' Saúde  da Mulher: Prevenção do Câncer de Mama”.

Para participar,  basta o servidor interessado acessar o https://bit.ly/3iqEZO9 e realizar sua inscrição.

A atividade, que integra as ações da Célula de Clínica Médica do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa, contará com a participação dos médicos Túlio Osterne, orientador da Célula Médica do DSAS e Flávio Ximenes, médico mastologista do departamento.

A palestra ficará a cargo de Elvis Barbosa, médico coordenador da Residência de Mastologia do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), membro da Comissão de Oncoplastia da Sociedade Brasileira de Mastologia, Fellow em Cirurgia Plástica e Reconstrutora da Mama pelo Instituto Europeu de Oncologia - Milão (Itália).

A coordenadora da Célula de Qualificação dos Servidores, Norma David, destaca que o tema é bastante relevante e que o encontro será uma oportunidade para esclarecer e tirar dúvidas das servidoras sobre o câncer de mama, tipo de tumor que mais acomete as mulheres em todo o mundo bem como acerca das estratégias para detecção precoce e diagnóstico. ''É um tema pertinente para trazer a discussão principalmente porque começamos o mês de outubro que é dedicado a conscientização sobre o câncer de mama. Vamos dialogar para informar, conscientizar e auxiliar as mulheres a fazerem o autoexame de mama. Um simples toque, salva'',destaca.

Webinar

O  webinar  é transmitido todas as terças-feiras ao vivo, por meio da plataforma Zoom. Os temas são diversificados e sugeridos pelos próprios servidores, com o objetivo de levar informação e manter a interação dos colegas das diversas áreas da Assembleia Legislativa durante o período de isolamento social. 

O último encontro teve como tema '' O agravo da solidão da pessoa idosa e as consequências para a cognição", dentro das atividades relativas à Campanha Setembro Amarelo.  A exposição foi apresentada por Lucila Bonfim Lopes Pinto, coordenadora da Célula de Terapia Ocupacional do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) e Airton Andrade Correia, juiz e procurador federal e voluntário do Lar Torres de Melo.

JB

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Assembleia Legislativa iniciou, nesta sexta-feira (01/10), as atividades da campanha Outubro Rosa de conscientização sobre a prevenção ao câncer de mama. As fachadas de prédios da AL receberam o laço rosa, símbolo da campanha, e iluminação da mesma cor que permanecerá durante todo o mês, além de contar com uma programação diversificada.

O Departamento de Saúde e Assistência Social da Casa e a Associação dos Servidores da AL, com o apoio do Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense (MMLC), adotaram o lema “A Prevenção está em suas mãos”, para reforçar a importância do autoexame.

Para a primeira-dama do Legislativo cearense, Cristiane Leitão, o mês de prevenção ao câncer de mama é de fundamental importância, e está sendo feito um trabalho para que haja uma sensibilização junto aos servidores da Casa e também de moradores da comunidade do entorno para reforçar a importância da saúde preventiva. “Estamos realizando um trabalho integrado visando à saúde e ao bem-estar de todos”, pontuou.

O diretor do Departamento de Saúde e Assistência Social da AL, Luis Edson Sales, afirmou que o DSAS está trabalhando de forma intensa na valorização da vida, para promover o bem-estar físico, psíquico e social de parlamentares, servidores, terceirizados e dependentes do Poder Legislativo. “Temos como valores o atendimento humanizado, comprometimento e visão sistêmica”, destaca.

PROGRAMAÇÃO

A programação deste ano contará com atividades envolvendo todas as células e núcleos do DSAS, parlamentares e servidores, com ações como sessão solene, webinar, blitz com panfletagem e acolhimentos no prédio sede da Assembleia (Edifício Adauto Bezerra) e no anexo III (Edifício Deputado Francisco das Chagas Albuquerque).

Na próxima terça-feira (05/10), às 16h, um webinar coordenado pela Célula de Qualificação dos Servidores, da Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), terá como tema “Saúde da Mulher: Prevenção do Câncer de Mama”, com o médico Dr. Elvis Barbosa, coordenador da Residência de Mastologia do Hospital Geral de Fortaelza – HGF. Também participa o Dr. Túlio Ostenre, orientador da célula médica do DSAS, e Dr. Flávio Ximenes, mastologista e médico do DSAS.

Na sexta-feira (08/10), às 9h, será a abertura oficial do Outubro Rosa, no anexo III, com as presenças do presidente da Assembleia, deputado Evandro Leitão (PDT), da primeira-dama da AL, Cristiane Leitão, e do diretor do DSAS, Luis Edson Correa, além de todos os orientadores de células e coordenadores dos núcleos. Haverá apresentação de zumba, pilates e decoração alusiva à data.

Já na quarta-feira (13/10), às 9h, acontece uma visita aos setores da Casa e distribuição de lacinhos cor de rosa; na quinta-feira (14/10), o lançamento do Serviço para a Pessoa Idosa; na segunda-feira (18/10), às 13h, oficina de artesanato com moradores da comunidade Pio XII; na terça-feira (19/10), acolhimento na sede e no DSAS e, no dia 20 de outubro, será feita a entrega de doação para o Instituto do Câncer do Ceará. A programação conta ainda com a realização de sessão solene no Plenário Treze de Maio, em data a ser definida.

A programação e mobilização do Outubro Rosa na Assembleia Legislativa tem a participação efetiva das 12 células do DSAS: Célula de Assistência Social; Análises Clínicas; Célula de Fisioterapia; Odontologia; Clinica Medica; Terapia Ocupacional; Acupuntura; Enfermagem; Nutrição; Psicologia; Psicopedagogia; Fonoaudiologia. E também dos núcleos de Saúde Mental, de Práticas Sistêmicas Restaurativas; de Mediação e Gestão de Conflitos e de Responsabilidade Social.

ASSALCE

Na quarta-feira (13/10), às 9 horas, a Assalce em parceria com o DSAS e o Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense(MMLC) realiza visita junto aos setores da Casa e distribuição de lacinhos cor de rosa.

No dia (18/10), a partir das 13 horas, a associação vai realizar uma aula de costura para servidores da Alece e da comunidade Pau Pelado .Durante a aula ministrada pelas facilitadoras, Verônica Barreto e Ivanda Albuquerque , serão confeccionadas almofadas que diminuem o desconforto de mulheres em tratamento do câncer de mama.

No dia (20/10), a Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa (Assalce), em ação conjunta com o MMLC, vai realizar a entrega de lençóis ao Instituto de Câncer do Ceará (ICC) a partir das 11 horas no auditório do Comitê de Imprensa.

Durante todo o mês de outubro a Assalce apresentará, por meio de suas redes sociais, conteúdos abordando a relação entre câncer de mama, obesidade e sedentarismo.

JS com informações da Agência Assembleia e Assessoria do DSAS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

 

A informação como caminho para a redução da mortalidade do câncer de mama foi ressaltada na live “Outubro Rosa: conscientização e prevenção ao câncer de mama”, promovida pelo Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa do Ceará na noite desta segunda-feira (26/10). Alusivo ao Outubro Rosa, o debate foi mediado pela psicóloga do DSAS, Greyce Guimarães, e transmitido no perfil do Instagram da AL.

Para o médico mastologista Flávio Ximenes, convidado da live, a conscientização acerca da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama é fundamental para reduzir o número de óbitos causados pela doença. “A gente percebe que os países mais desenvolvidos têm conseguido trazer as pacientes para o diagnóstico precoce. Com isso, o tratamento é totalmente diferente, com possibilidade de cura enorme, alcançando índice de 95% numa fase precoce”, destacou.

Já no Brasil, apontou Flávio, cerca de 60% das pacientes chegam aos ambulatórios com a doença já em estágio mais avançado, comprometendo o resultado positivo do tratamento. “O tratamento passa a ter uma perspectiva, em menor grau, de ser curativo. Temos que intervir em diagnóstico precoce para que possamos ter resultados melhores”, frisou.

Conforme projeção do Instituto Nacional do Câncer (Inca), estão previstos para 2020 mais de 66 mil novos casos de câncer de mama no Brasil. Segundo Flávio Ximenes, as mulheres devem estar atentas a qualquer alteração nas mamas, como presença de nódulos palpáveis que aumentam de tamanho, secreção sanguinolenta ou aquosa, inversão do mamilo e mudanças na forma e na cor. “A mulher ter autoconhecimento ajuda muito, pois gera a procura por um especialista”, pontuou.

DIAGNÓSTICO PRECOCE

O mastologista FlávioXimenes, que atua na Assembleia Legislativa, na Santa Casa de Misericórdia, no Centro Regional Integrado de Oncologia (Crio) e no Hospital Geral de Fortaleza (HGF), comentou que, embora o Sistema Único de Saúde (SUS) preconize a realização da mamografia a partir dos 50 anos, a Sociedade Brasileira de Mastologia indica o exame a partir dos 40 anos. “Há trabalhos mostrando o impacto sobre as mulheres que fazem mamografia a partir dos 40 anos, existe uma baixa na mortalidade em torno de 40%”, informou.

Flávio também defendeu a acessibilidade ao exame que, segundo ele, não está relacionada ao número de mamógrafos disponíveis, mas à sua distribuição pelo País. “Nós temos em torno de 4 a 5 mil mamógrafos no Brasil inteiro, isso é suficiente e muito para nossa população. O que falta é uma boa distribuição dos mamógrafos no Brasil como um todo”, explicou.

FATORES DE RISCO

De acordo com Ximenes, um dos principais fatores de risco para o câncer de mama é o fato de ser mulher, já que pessoas do sexo feminino estão mais sujeitas à alterações na glândula estimulada por hormônios. O uso de terapia de reposição hormonal, menstruação antes dos 12 anos, obesidade e consumo de álcool também estão relacionados à maior incidência da doença, afirmou o mastologista. “O fator hereditário é responsável por apenas 5% a 10% dos casos”, acrescentou.

O médico acentuou ainda que mudanças no estilo de vida, como a adoção de hábitos alimentares saudáveis e a prática regular de atividade física, ajudam a reduzir o risco da doença em até 30%. “Se a gente conseguir conscientizar a paciente de que existe uma necessidade de ela ter um cuidado a mais, ela vai ter vantagem sobre isso. Tem que começar desde cedo, não é algo a ser imaginado apenas em uma fase mais avançada da vida”, assinalou.

A live “Outubro Rosa: conscientização e prevenção ao câncer de mama” foi a segunda da programação de três momentos virtuais para abordar prevenção ao câncer de mama neste mês de outubro. A primeira, realizada no dia 19 de outubro, abordou a alimentação saudável como forma de prevenção e aliada do tratamento do câncer de mama.

A programação em alusão ao movimento do Outubro Rosa é realizada em parceria com a Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce) e com a 7ª Companhia do 1º Batalhão de Bombeiros Militar.

 

Da Agência de Notícias Assembleia

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

No mês de outubro, a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama ganha  destaque  com a campanha Outubro Rosa. A doença, responsável por 458 mil mortes por ano, é a que mais acomete as mulheres no Brasil e no mundo sendo mais frequente após os  50 anos.

Por isso, o Ministério da Saúde recomenda que mulheres entre 50 e 69 anos façam a mamografia a cada dois anos, mesmo que não apresentem sintomas da doença. 

A Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), por meio da Célula de Qualificação dos Servidores, busca a informar e zelar pela  saúde das servidores que atuam no Poder Legislativo, realizando, na próxima  terça-feira ( 20/10), às 16 horas, webinar com o tema ''Câncer de mama: o que eu preciso saber”?

Para discorrer sobre o tema e tirar as dúvidas dos servidores, o projeto recebe a oncologista clínica, Karennine Vieira, que fez residência médica em Clínica Médica pela Escola Paulista de Medicina e residência em Cancerologia Clínica pelo Instituto do Câncer do Ceará. Para participar, o servidor interessado deve realizar  sua inscrição por meio do link  https://bit.ly/3nYAn2Q . Participe!

A coordenadora da Célula de Qualificação dos Servidores, Norma David, destaca que as narrativas do projeto sempre trazem temas atuais e pertinentes aos servidores. ''Tendo em vista a campanha mundial do Outubro Rosa, nada mais apropriado do que termos uma especialista para alertar as servidoras sobre a importância da prevenção do câncer de mama. Muitas vezes, com a rotina atribulada, as pessoas deixam de ir ao médico e fazer seus exames de rotina e isso poder trazer sérios riscos para a saúde da mulher'', alerta Norma David.

Outubro Rosa

Outro setor da Assembleia Legislativa que realiza uma ação dentro da programação do Outubro Rosa  é o  Departamento de Saúde e Assistência Social da Assembleia Legislativa (DSAS). Nesta segunda-feira (19/10), o DSAS promove às 18h, a live "Outubro Rosa: Alimentação e Câncer, o que você precisa saber".

O bate-papo, transmitido pelo Instagram da @Assembleiace, tem como convidada a nutricionista do Centro de Oncologia Leonardo da Vinci e Instituto Vitalle, Ana Paula Gonçalves. A mediação é da coordenadora do Serviço de Nutrição do Departamento de Saúde da AL, Gisele Pacheco.

JB

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

 O Departamento de Saúde e Assistência Social da Assembleia Legislativa (DSAS), em alusão ao Outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama, realiza na próxima segunda-feira (19/10), às 18h, a live "Outubro Rosa: Alimentação e Câncer, o que você precisa saber".

O bate-papo, transmitido pelo Instagram da @Assembleiace, tem como convidada a nutricionista do Centro de Oncologia Leonardo da Vinci e Instituto Vitalle, Ana Paula Gonçalves. A mediação é da coordenadora do Serviço de Nutrição do Departamento de Saúde da AL, doutora Gisele Pacheco.

A profissional do DSAS ressalta que uma das principais formar de evitar o câncer é investir numa alimentação adequada rica em frutas, verduras, legumes e cereais integrais, ser fisicamente ativo e manter o peso adequado.

''Neste mês de outubro, destacamos a importância da prevenção contra o câncer de mama entre mulheres, onde há uma grande incidência da doença. A alimentação é uma aliada podendo reduzir o risco de desenvolver o câncer. Por isso, invista nas frutas vermelhas, que são fontes de antocioanina e têm a função de retardar o crescimento das células pré cancerígenas, no brócolis, romã, uva, alho, feijão, tomate'', recomenda a  nutricionista.

A nutricionista convidada, Ana Paula Gonçalves,afirma que  o câncer de mama pode ser desencadeado por alguns hábitos do estilo de vida, como o sedentarismo e o excesso de peso corporal. “Nós devemos controlar esse peso, sermos ativos, consumir frutas, verduras, legumes, além de evitar o fumo e a ingestão de bebidas alcoólicas”, enfatiza.

Programação

Luís Edson Corrêa Sales, diretor do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS), da Assembleia Legislativa, convida todos os servidores e servidoras da Casa para fazerem parte das ações do Outubro Rosa que visam alertar sobre a importância da prevenção do câncer de mama.

“É de suma importância esse trabalho de conscientização e de informação realizado pelo DSAS, com o apoio da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Assalce) e 7ª Companhia do 1° Batalhão de Bombeiro Militar, no que diz respeito à saúde preventiva. Estamos realizando esta ação solicitando a participação de cada servidor porque sabemos o quanto é importante a prevenção não somente para mulheres, mas, também, para homens que precisam estar atentos aos cuidados com a saúde”.

O diretor do DSAS acrescenta que nesta época difícil de pandemia é necessário que as pessoas estejam atentas às informações repassadas por meio digital, participando de lives e tirando dúvidas virtualmente. "Estamos com uma programação com três lives neste mês de outubro, com a participação de profissionais do DSAS e convidados renomados que, além da informação, estarão à disposição para tirar dúvidas e falar da importância da prevenção. Desde já, agradeço a cada servidor e servidora pela participação", conclui.

JB com DSAS

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

Página 3 de 6

Temos 453 visitantes e 7 membros online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500