Fortaleza, Domingo, 23 Janeiro 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

As  redes sociais podem  ser  prejudiciais à saúde mental se não  forem  utilizadas de forma correta. Estudos apontam que elas não somente afetam o comportamento como também influenciam o autoconceito e a autoestima, sendo também um espaço para propagar ''a cultura do cancelamento'', contribuindo para o aumento de casos de depressão e ansiedade.

A psicóloga do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa do Ceará, Lygia Herayde Gomes, destaca que durante o Setembro Amarelo, mês voltado a prevenção ao suicídio e valorização da vida, é fundamental  discutir  sobre a importância do cuidado  no uso de redes sociais e suas consequências para a saúde mental.

''É  importante que estejamos atentos ao conteúdo que  consumimos e como eles nos faz sentir, evitando assim vídeos ou publicações que causam impacto negativo no humor. Além disso, podemos  fazer com que a Internet se torne um espaço mais seguro, não compartilhando conteúdos que humilhem  ou prejudiquem a honra de alguém. Assim como denunciar publicações que  incitem homofobia, racismo e outras  formas de discriminação'', indica.

No caso de crianças e adolescentes, a psicóloga recomenda que o uso  das redes sociais seja monitorado pelos responsáveis, assegurando que o conteúdo acessado seja  adequado para sua faixa etária. ''Todos temos o papel na prevenção do suicídio  e na valorização da vida. Faça a sua parte'', destaca.

A influência da relação entre redes sociais e saúde mental depende da qualidade do conteúdo consumido e da exposição do usuário à rede, sendo importante priorizar páginas que agreguem valor, estimulando o respeito ao próximo e não disseminando o cyberbullying bem como limitando o tempo de exposição das redes.

 Confira abaixo o vídeo produzido em conjunto pelo DSAS e Núcleo de Comunicação Interna, com o apoio da TV Assembleia.

JB, com Assessoria de Imprensa do DSAS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/ 

    

Publicado em Categoria Matriz

O Dia do Psicólogo é comemorado em 27 de agosto. A data foi escolhida por relembrar a regulamentação da profissão de psicólogo, que aconteceu no ano de 1962, com a implementação da Lei nº 4119/62. Posteriormente, em 2016, a Lei nº 13.407/16 oficializou a data nacionalmente.

A orientadora da Célula de Psicologia do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa do Ceará, Maria da Conceição Guerra Martins, saúda os profissionais psicólogos. "Quero parabenizá-los neste dia todos àqueles que exercem essa profissão tão gratificante. Ser psicólogo nos permite mergulhar nos mistérios da psiquê humana e trabalhar junto ao outro pacificando as angústias da alma", pontua.

A coordenadora do Núcleo de Saúde Mental do DSAS, Rejane Sales, destaca que desde o início de sua gestão tem trabalhado em interseção com os demais núcleos e células do Departamento. "É um trabalho de parceria e se não houvesse esse viés, não conseguiríamos avançar em tantas ações que pretendemos executar", afirma.

Ela revela que o Núcleo firmou parceria com o Centro Inclusivo para Atendimento e Desenvlvimento Infantil (Ciadi) da Alece, para oferecer todo o suporte aos pais e mães, no sentido de oferecer apoio psicológico e todas as ferramentas necessárias para lidar com o Transtorno do Espectro Autista (TEA).

O diretor do DSAS, Luis Edson Sales, também saúda aos psicólogos e psicólogas subordinados ao Departamento, em vídeo. "Parabéns a esses profissionais que ajudam e cuidam com tanto zelo e amor, através de um novo pensar. Ser psicólogo é ser o colo, o ombro amigo que muitas vezes necessitamos. É dar ouvido a dor que nunca foi compartilhada ou entendida", define.

Histórico da profissão

O termo psicologia surgiu no século XVI, buscando compreender os indivíduos, suas angústias e inquietações. De lá até os dias atuais, a área cresceu muito e criou várias vertentes, com psicólogos de diferentes especialidades e atuando em diversos setores. No entanto, a profissão só foi regulamenta devido à mobilização de profissionais para que isso se tornasse realidade, ressaltando a importância de celebrar a data do Dia do Psicólogo.

O processo de profissionalização do psicólogo no Brasil se deu em três etapas. Inicialmente, com as faculdades e escolas de Medicina e a escola de Anatomia Militar do Rio de Janeiro, no século XIX. Mesmo com os estudos avançados para a época, não havia profissionalização na área psicológica. Naquele tempo, a psicologia era compreendida, por alguns, como uma parte da Medicina e era estudada como disciplina.

O segundo período é compreendido entre 1890/1906 e 1975. Ele abrange desde o início da institucionalização da prática psicológica até a regulamentação da profissão e a criação dos seus dispositivos formais. A partir de então, a psicologia passou a ter um conhecimento próprio, institucionalizado e reconhecido. O psicólogo adquiriu um campo específico de atuação, ainda que compartilhado com a medicina e a educação.

Campo profissional

A atuação de um profissional de psicologia pode se dar em diversos âmbitos. De forma geral, eles buscam compreender as diferentes facetas do comportamento humano, além de atuar na prevenção e resolução de problemas de saúde mental e na melhoria da qualidade de vida.

O psicólogo busca atuar na compreensão do comportamento humano, além de atuar na prevenção e resolução de problemas referente a saúde mental e qualidade de vida. Este possui importância fundamental por conduzir a pessoa a sua autodescoberta, a compreensão de si mesmo e como se relaciona com seu mundo interno e externo.

Confira abaixo da matéria o vídeo em que o diretor do DSAS, Luis Edson Sales, trata sobre a data, uma produção do Departamento e Núcleo de Comunicação Interna, com o apoio da TV Assembleia.

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Categoria Matriz

O Brasil é considerado o país mais ansioso do mundo e o quinto mais depressivo é o que aponta a Organização Mundial da Saúde (OMS). Conforme o mais recente levantamento da entidade, a ansiedade afeta 18,6 milhões de brasileiros e brasileiras. Ou seja, 9,3% da população convivem com o transtorno. A situação que já era motivo de alerta, necessita de maior atenção desde o início da pandemia do coronavírus que multiplicou o número de casos.

 A psicóloga do Departamento de Saúde e Assistência Social da Assembleia Legislativa DSAS), Mayara Rios, afirma que fazer terapia é essencial para que tem transtorno de ansiedade generalizado. Por meio de acompanhamento, são feitas reflexões aos pacientes ''para trabalhar as questões que aparecem no dia a dia e causam ansiedade. É importante entendermos o gatilho, o que está deixando a pessoa ansiosa e mostrar que há uma solução. Quando há crise intensas que atrapalham a rotina e a funcionalidade do dia a dia, também há necessidade de atendimento psiquiátrico e medicamento para as crises'', orienta a psicóloga.

Para a Mayra Rios, os casos de ansiedade foram agravados durante a pandemia devido ao medo, angústia, incerteza quanto ao futuro bem, como as perdas familiares para a doença e mudanças bruscas na rotina. Conforme aponta a psicóloga, os transtornos aparecem muitas vezes através de crises de pânico, excesso de pensamentos negativos, nervosismo e agitação.

A profissional destaca que técnicas de respiração ajudam a controlar a ansiedade durante uma crise, em que a respiração costuma ficar ofegante. ''Quando diminuímos o ritmo, conseguimos acalmar nossa respiração e fazê-la de maneira profunda e tranquila, isso muda o próprio ritmo do nosso organismo. Inspirar e respirar de forma lenta e profunda ajuda a reduzir o nível de estresse'', justifica.

Oura dica importante no momento que a crise de ansiedade vem, ou que aparece com intensidade, é desviar do lado emocional e focar em algo racional.  A ansiedade se caracteriza por pensamentos relacionados ao futuro sendo recomendado pensar no presente, conforme explica a psicóloga. ''Muitas das nossas crises de ansiedade são focadas em problemas, algo que a gente tem medo de acontecer ou que acha que pode acontecer algo de ruim. Então é preciso focar no presente. Importante perguntar: esse problema está realmente acontecendo? Na maioria das vezes está tudo bem. Também é relevante focar no racional, por exemplo, contar quantos carros vermelhos passam na minha frente, desviar a atenção para que o emocional fique um pouco de lado para que aquela sensação possa ir embora aos poucos'', sugere.

Mayara Rios ressalta que colocar na rotina momentos prazerosos e investir na prática de meditação, yoga e exercícios físicos produzem serotonina e endorfina, que são neurotransmissores relacionados à sensação de bem-estar, e ajudam a reduzir o estresse e a ansiedade.

Serviço

 O Departamento de Saúde e Assistência Social da Assembleia Legislativa dispõe do serviço de Telessaúde, canal disponibilizado para tirar dúvidas, dar orientações e prestar atendimento nas áreas de Psicologia, Nutrição, Assistência Social e Terapia Sistêmica.

O atendimento é prestado pelos telefones 85.99717.0690 (manhã) e 85.99717.2522 (tarde).

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

 

Publicado em Categoria Matriz

O Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa do Ceará, por meio do Núcleo de Saúde do Trabalhador e Programa de Saúde Coletiva, apresentou, nesta quinta-feira (28/07), aos servidores do Poder Legislativo, o protocolo de biossegurança para prevenção e controle da Covid-19 no retorno às atividades presenciais.

A atividade, realizada no Complexo de Comissões Técnicas da Casa, nesta manhã, foi comandada por responsáveis pela elaboração do documento. Durante a abertura, a diretora do Departamento de Gestão de Pessoas (DGP), Maria Elenice Ferreira Lima, reforçou que o cuidado é ainda mais necessário devido ao retorno  das atividades presenciais  para  aqueles que estavam em home office  e com a abertura da Casa ao público. ''Faremos a nossa retomada de forma responsável, obedecendo as diretrizes do Ministério da Saúde para que possamos trabalhar tranquilamente dentro de um ambiente seguro, com medidas de prevenção à covid-19. A pandemia não acabou, devemos tomar todas as precauções para evitar contaminações”, destacou.

 De acordo com a primeira-dama da Assembleia Legislativa, Cristine Leitão, os servidores da Casa devem retornar paulatinamente e de forma segura ao trabalho presencial em agosto sendo necessários os esforços de todos no cumprimento das recomendações. A idealizadora do Núcleo de Saúde do Trabalhador, setor responsável pela elaboração do protocolo, ressalta que o núcleo também vem trazendo ações preventivas, principalmente voltadas ao público interno. ''Além do protocolo para prevenção da Covid-19, o núcleo dispõe de serviços voltados ao bem-estar dos servidores. Muitas vezes, nós passamos mais tempo no trabalho do que em casa. Por isso, é importante conhecermos o nosso ambiente laboral, saber os riscos e como devemos tratá-los. Teremos o serviço de ergonomia, a prática de pilates terá uma melhor estrutura e a ginástica laboral se soma a essas atividades preventivas para corrigirmos problemas futuros que a questão postural possa trazer'', ressalta.

O diretor do Departamento de Saúde e Assistência Social da Assembleia Legislativa, Luís Edson Corrêa, destacou que a primeira-dama Cristiane  Leitão tem trazido grandes projetos para o DSAS em benefício dos servidores e da população . “A primeira-dama, tem um olhar sensível para com o outro e com sua expertise trouxe o Núcleo de Saúde do Trabalhador, uma iniciativa fundamental, que veio para somar, tendo  em vista  o contingente de servidores”.

 Protocolo

O médico Joaquim Garcia Filho ressaltou, na oportunidade, que para combater o coronavírus, existem três pontos fundamentais: o uso de máscara, o distanciamento social e o uso de álcool em gel.  Além disso, aponta como fundamental ''que os servidores atuem como multiplicadores para que possamos atingir um maior numero possível de pessoas informadas acerca das orientações do protocolo, a fim de evitar novos casos da covid e superar essa pandemia''.

 As recomendações incluem uso de máscara cobrindo boca e nariz, uso de álcool em gel, manutenção de distanciamento e respeito à sinalização dos locais onde há permissão para sentar-se, além da continuidade do ambiente de trabalho limpo e higienizado, evitando o compartilhamento de telefone, teclado e mesas.

Para que se tenha acesso aos anexos da Assembleia haverá a aferição de temperatura nas entradas. Caso seja maior ou igual a 37,5 graus, o acesso será negado e orientação será a de que a pessoa procure atendimento médico. As medidas para evitar o contágio da Covid-19 também incluem a limpeza periódica em locais utilizados com maior fluxo de pessoas, e comunicação visual com cartazes espalhados por todos os setores, para enfatizar as recomendações.

Saiba mais

O Núcleo de Saúde do Trabalhador, do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Casa foi instalado em solenidade realizada em 14 de julho no Salão Nobre Alceu Coutinho do Poder Legislativo, com uma exposição sobre o Núcleo para diretores de órgãos que compõem a Casa. O setor é formado por Luis Edson Sales (diretor do DSAS), Lídia Lourinho (coordenadora), Joaquim Sampaio Garcia Filho (médico), Norma Souza (enfermeira), Rosilene Aragão (ergonomista) e Débora Freire de Sousa (técnica de segurança). O evento foi a segunda edição de apresentação do protocolo aos servidores. A primeira aconteceu em 22 de julho.

 

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 O Núcleo de Práticas Sistêmicas e Restaurativas pretende fazer a diferença na sociedade, através de ações integradas destinadas a promover a resolução de conflitos e a pacificação social.  O núcleo recém inaugurado e instalado no Edifício Deputado Francisco das Chagas Albuquerque (anexo III) da Assembleia Legislativa, dará suporte as células do Departamento de Saúde e Assistência  Social da Assembleia Legislativa (DSAS), ao Centro Inclusivo para Atendimento e Desenvolvimento Infantil, bem como ao Núcleo de Mediação, Núcleo de Violência Contra as Mulheres, Núcleo de Responsabilidade Social e a população do entorno da casa.

Conforme destaca a coordenadora da unidade, Selma Machado, o núcleo pretende promover encontros diários e mensais nos quais serão facilitadas a mediação e as práticas restaurativas sistêmicas através de atividades em grupos vivenciais de constelação familiar e estrutural, exercícios sistêmicos, círculos de paz e restaurativos. Haverá também palestras sobre a cultura da paz. ''As abordagens restaurativas sistêmicas e as mediações visam criar um espaço comunitário de encontro entre participantes que, com atuação de um facilitador capacitado, trabalhará com as quatro dimensões do ser humano: a raiva, ódio, rancor e desejo de vingança. Por meio dessas ações integradas, o núcleo pretende amparar aqueles que precisam de acolhimento e suporte para ressignificar o seu viver'', ressalta.

Como participar

Os serviços do núcleo estão disponíveis para os servidores, seus dependentes e a população do entorno da casa. Os interessados devem entrar em contato pelo teleatendimento através do número 32773776, que encaminhará a ligação para o setor responsável. É necessário identificar-se para que seu nome seja inserido na lista de beneficiados. Feito o procedimento, interessado assume o compromisso da sua participação e recebe um cartão fidelidade tanto para a constelação familiar como para o atendimento individual. 

O núcleo de Práticas Sistêmicas e Restaurativas é formado por quatro profissionais:  Selma Machado, Vanessa Barros, Nara Guimarães e Isabel Martins. O funcionamento é de segunda a sexta-feira nos expedientes da manhã (9 h às 13 horas) e tarde (13h às 17h) com atendimento feito mediante agendamento. Durante o período de recesso parlamentar, a unidade segue o horário de  funcionamentos dos demais anexos .

Ações

As ações são destinadas a incentivar a resolução de conflitos por meio de atendimentos individuais e em grupos terapêuticos virtuais e presenciais. Elas estão ancoradas no pensamento sistêmico e no método revolucionário da constelação sistêmica familiar desenvolvido pelo ex-missionário católico, psicanalista e terapeuta alemão Bert Hellinger há 30 anos.

Selma Machado ressalta que o método das Constelações Familiares Sistêmicas é uma técnica que vem se popularizando nos últimos anos por conta do aumento da busca das pessoas pela manutenção da saúde mental e emocional e também oferece ferramentas eficazes para auxiliar na resolução de conflitos e emaranhados nas mais diversas áreas. ''O método Helligeriano pode ser utilizado em vários contextos, pois, tem o condão de ajudar o sujeito a enxergar e compreender suas dificuldades pessoais (que na maioria das vezes partem de uma desarmonia sistêmica maior que antecede a geração atual) para que este seja capaz de viver uma vida mais feliz, saudável e tranquila.

O método trouxe à psicoterapia sistêmica, aos tratamentos de saúde e às organizações uma nova possibilidade de acessar informações invisíveis contidas no inconsciente coletivo, na dinâmica dos relacionamentos e as suas consequências no sucesso ou não da vida afetiva, social e profissional das pessoas.

O núcleo de Práticas Sistêmicas e Restaurativas foi inaugurado em 21 de julho juntamente com o Núcleo de Mediação e Gestão de Conflitos como parte de uma série de atividades realizadas em celebração a Semana da Cultura de Paz, e em alusão ao Dia da Paz e da Conciliação no Ceará, celebrado em 22 de julho.

JB

 

email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

 

Temos 465 visitantes e Um membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500