Fortaleza, Segunda-feira, 08 Agosto 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

O Núcleo de Responsabilidade Social (NRS) da Assembleia Legislativa promoveu, nesta quinta-feira (08/07), um encontro com lideranças comunitárias do entorno da Casa. Na pauta, foram apresentadas as ações e projetos em desenvolvimento pelo NRS, bem como as demandas das comunidades representadas na reunião.

Idealizadora do Núcleo, a primeira-dama do Legislativo cearense, Cristiane Leitão, destacou que o projeto nasceu com o objetivo de centralizar e ampliar as ações sociais desenvolvidas pela Assembleia, tanto para os servidores da Casa quanto para as comunidades do entorno. Nesse primeiro momento, ela salientou que a intenção é organizar as ações, a partir das necessidades e carências da população residente próxima ao Poder Legislativo.

“Certos setores da Casa já desenvolviam ações sociais pontuais, como o Escritório de Direitos Humanos e Assessoria Jurídica Popular Frei Tito de Alencar, o Departamento de Saúde e Assistência Social, dentre outros, mas com esse Núcleo nós queremos organizar e dar um novo direcionamento para essas ações, e se possível até ampliá-las”, ressaltou Cristiane Leitão.

De acordo com ela, a responsabilidade social só funciona a partir do momento em que se ocupa um determinado espaço e se enxerga o contexto ao seu redor. “Se existem pessoas morando e convivendo no nosso entorno, o que podemos fazer? Como o Poder Público pode ajudar essas pessoas? O que podemos levar para essa população em termos de cuidado?”, enfatizou.

Interação

A coordenadora do NRS, Luana Brasileiro, assinalou que esse primeiro contato das lideranças comunitárias do entorno da Assembleia com o Núcleo é fundamental para que eles conheçam a estrutura e os objetivos do departamento, avaliando se as ações propostas pelo Núcleo se aplicam às suas necessidades. “É um encontro para alinhamento de ideias, entre o que temos a oferecer para essas comunidades e quais são as reais necessidades que elas têm”, apontou.

Luana Brasileiro reforçou que, para isso, foi elaborada, como forma de sugestão, uma planilha de oficinas e cursos, tendo como ideia trabalhar de forma preventiva e educativa as carências das comunidades. “O Núcleo de Responsabilidade tem um objetivo muito claro, que é o de levar conhecimentos e educação, além de prevenção de saúde para as comunidades do entorno”, pontuou.

A coordenadora comentou que “foi algo comum durante muito tempo que a população tivesse que vir à nossa estrutura para ter acesso a algum serviço social, e nós agora queremos fazer o caminho inverso, levando essa assistência à comunidade diretamente”.

Para o representante comunitário do bairro Pio XII, Herivelto da Silva Teixeira, a oportunidade de participar desse momento é de extremo valor. "É a primeira vez que estamos tendo esse acesso direto com a Assembleia, essas portas abertas para apresentarmos as nossas demandas. O único espaço que tínhamos para receber nossas carências era o Escritório Frei Tito, pelas lutas e pela sua história de assistência social", comentou.

Ele reforçou ainda que ao trazer as lideranças comunitárias para conhecer a estrutura do Núcleo demonstra o esforço do Poder Legislativo do Estado de expandir o olhar para o seu entorno.

Estiveram presentes ainda no encontro, a representante da Comunidade dos Trilhos, Fátima Sousa; da Comunidade Pau Pelado, Geuzilene Batista Lima, e Alessandra Pereira; e do Instituto Compartilha, Frei Nailson Neo.

Sobre o Núcleo

Lançado em junho de 2021, Núcleo de Responsabilidade Social da Alece tem a finalidade de identificar e exercer ações eficientes do Estado no que se refere a uma gestão socialmente responsável e igualitária na comunidade do seu entorno.

O propósito é atuar como instrumento de redução dos impactos negativos no meio ambiente e na comunidade do entorno, preservando recursos ambientais e culturais, atento a desigualdade socioeconômica, a fim de promover o desenvolvimento da localidade para uma sociedade sustentável, utilizando a informação, sensibilização e a execução de ações, junto aos parceiros, colaboradores e comunidade.

Da Agência de Notícias da Alece

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Categoria Matriz

Em continuidade às atividades de construção do planejamento estratégico para os próximos dez anos da Assembleia Legislativa do Ceará, servidores da Casa têm participado, desde 16 de junho, de uma série de oficinas e workshops relacionados ao Programa Alece 2030. Nesta semana, 25 servidores concluíram o quarto workshop sobre Identidade Organizacional para definição da  missão, visão, e valores do Poder Legislativo.

A Oficina, conduzida pela Fundação Dom Cabral por meio da plataforma Zoom, oferta nova capacitação, que será realizada nesta quinta-feira (08/07), das 13h30min às 17h30min.

A coordenadora de Desenvolvimento Institucional da Assembleia, Heline Joyce, destaca que serão realizados seis workshops para análise de ambiente interno e externo, com a construção da matriz Swot (forças, fraquezas, ameaças e oportunidades), construção da identidade organizacional e Mapa Estratégico (perspectivas e objetivos da entidade).

''Após as oficinas de engajamento que foram realizadas por um grupo maior de servidores, temos ofertado essas capacitações para um grupo menor, com divisão de acordo com os seis macroprocessos da Casa: Assessoramento Superior; Processo Legislativo; Funções Parlamentares; Promoção à Cidadania; Pesquisa, Educação e Memória; e Processo de Administração e Finanças'', ressalta.

Definições

Heline Joyce aponta que ao longo das atividades, foram definidos os ambientes interno e externo, a missão da Assembleia e a elaboração da visão.  ''Concluiremos essa parte para que na que na próxima oficina de engajamento, a se realizar no dia 15 de julho, um grupo maior de servidores  possa receber essa devolutiva e no dia 19 de julho, o Comitê de Gestão estratégica possa  validar tudo o que foi construído", explica.

De acordo com ela, a participação  tem sido positiva, pois as pessoas estão engajadas  e a Fundação Dom Cabral   que é a empresa contratada para fazer essa construção, tem uma metodologia interessante.

Próximas etapas

A meta do Programa é que até  meados do final de setembro  o planejamento estratégico da Assembleia seja construído. A coordenadora de Desenvolvimento Institucional da Casa aponta que a celeridade do processo é positiva e que as pessoas estão alinhadas no que a Assembleia se propõe  a ser, além das  funções primordiais  de fiscalizar e legislar . "Percebemos que a Assembleia tem o papel de se aproximar da sociedade e fomentar meios de participação do cidadão.Vamos definir os valores para que se  consiga  atingir essa visão e essa missão nos próximos dez anos'', reforça.

Além das capacitações, outra etapa para a construção do Modelo de Gestão Estratégica do Poder Legislativo são as entrevistas realizadas pela Fundação Dom Cabral  a fim de captar as expectativas de diversos atores quanto ao papel e atuação do Poder Legislativo. Já foram entrevistados até o momento, o presidente da Assembleia, deputado Evandro Leitão (PDT), o ex-prefeito de Fortaleza e ex-presidente da Alece, Roberto Cláudio (PDT), o deputado estadual Renato Roseno (Psol) e Paulo André Holanda, diretor regional do Senai Ceará.

Sobre o Alece 2030

O Programa Alece 2030 propõe a construção do Modelo de Gestão Estratégica do Poder Legislativo estadual, a partir de uma solução colaborativa com foco na revisão e atualização da estratégia institucional da Assembleia para o período 2021-2030.

O programa foi lançado oficialmente no dia 25 de maio, durante Webinar que contou com a participação do presidente da Casa, Evandro Leitão, o coordenador dos Programas da Fundação Dom Cabral no Ceará e Rio Grande do Norte, Valdemar de Barros, o corpo diretivo da Casa, servidores e sociedade civil.

JB/ JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Controladoria

Dar visibilidade à dimensão terapêutica da literatura, empoderar positivamente o convívio no trabalho e criar uma rede de afetos entre as servidoras e servidores do Poder Legislativo cearense. Estes são alguns objetivos que levaram a Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce) a realizar de forma digital o curso “Em Rodas de Biblioterapia”, no seu primeiro módulo neste formato em 2021.

O curso, que teve como facilitadora a servidora Jacqueline Assunção, coordenadora do programa “Assalce Entre Artes – A Arte de Viver”, usou a metodologia do vivencial em rodas de conversa. Foi realizado na  plataforma Google Meet, com um encontro semanal, durante cinco semanas. O formato foi o do Ensino a Distância (EaD), com aulas síncronas e assíncronas.  Foram ofertadas 30 horas/aula de práticas sobre cuidar de si mesmo e do outro, por meio de poéticas inspiradas na vida e na diversidade de temas dos livros.

Jacqueline Assunção informa que a ideia do curso “Em Rodas de Biblioterapia”, em formato digital, surgiu no grupo de WhatsApp dos frequentadores da atividade, que leva o mesmo nome do curso, realizada por ela na sede da Associação. No contato virtual com essas pessoas, ela percebeu a necessidade de vivência da cultura filosófica por parte dos servidores, aflorando a sensibilidade do ser.

Participação intensa

Inicialmente o grupo era composto por 25 pessoas e, conforme Jacqueline, foi uma surpresa o número de inscritos para o curso ter chegado a 90 pessoas, com presença média nas aulas de 50 pessoas. "A Biblioterapia reverbera de forma positiva entre os servidores da Assembleia Legislativa”, pontua a servidora. Por esse motivo, já está preparando o segundo módulo do curso, mas ainda sem previsão de data para acontecer.

Para o presidente da Assalce, Luis Edson Sales, “valorizar as capacidades intelectuais e criativas dos colaboradores da Associação e promover sua partilha com os demais colegas de trabalho fortalece não só os vínculos profissionais, mas, também, os interpessoais, melhorando a qualidade de vida e o bem-estar de todos”.

Serviço: Para participar da Biblioterapia, os interessados devem entrar em contato com a Jacqueline Assunção pelo telefone/WhatsApp (85) 98601.6545.

Do Núcleo de Comunicação Interna da Alece, com Assessoria de Comunicação e Marketing da Assalce

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em ASSALCE

Nesta quinta-feira (20/05), será realizada a última aula do primeiro módulo do curso "Em Rodas de Biblioterapia", da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce). A servidora e facilitadora do curso, Jacqueline Assunção, trará para o encontro a servidora Erliene Vale, orientadora da Consultoria Técnica Legislativa (CTLegis) da Assembleia Legislativa do Ceará.

O curso "Em Rodas de Biblioterapia" acontecerá nesta quinta-feira (20/05), às 17 horas, na plataforma digital Google Meet.

A poética da colheita dos "livros Ha!” significa a mudança profunda causada na consciência do leitor por meio de determinados livros que aguçam sua sensibilidade. A roda de conversa se dará em torno dos livros "A Arte de Viver" do filósofo Epicteto, "A Arte da Simplicidade" de Dominique Loreau, "A Força da Palmeira" de Anabela Lopes, "O Livro dos Ressignificados" de João Doerdelei, e o livro sagrado que fizeram o papel do "livro Ha!" nas vidas das duas servidoras.

Conforme destaca Jacqueline Assunção, a Biblioterapia é a prática de cuidar por meio da literatura e o curso busca visibilizar a dimensão terapêutica do ato de ler. ''Alguns livros transformam nossas vidas, nos fazem transbordar de emoção e nos ressignificam de certa maneira. Neste quinto encontro, apresentaremos algumas obras que marcaram e celebraremos a colheita", afirma.

Ela pontua que a cada encerramento de curso, opta por realizar essa dinâmica, para que todos tenham a oportunidade de se colocar e de avaliar como foram os encontros "onde nós apresentamos a poética de livros que são nossos companheiros de terapia''.

Reconhecimento internacional

Em meio à realização do curso, a servidora Jacqueline Assunção teve uma ótima notícia nesta semana. A coordenadora do curso "Em Rodas de Biblioterapia" e idealizadora do programa Assalce Entre Artes conquistou reconhecimento internacional, com o primeiro lugar no I Concurso Internacional de Poesia Cultive 2021, que fez parte da programação do 1° Salon International du Livre et de la Culture de Genève Cultive, realizado no período de 14 e 18 de maio pelo Institut Cultive Brésil Suisse.

Além do certificado, a premiação inclui a publicação do poema vencedor, ''Doce Presença'', em uma antologia que será organizada pela Editora Cultive. ''Era uma vez um Anjo'' organizada por Valquíria Imperiano, presidente da Associação Cultive de Genebra, foi a primeira antologia internacional de que Jacqueline Assunção participou, sendo coautora em duas poesias: ''Doce Presença'' e "Asas''.

Jacqueline afirma que foi uma surpresa destacar-se em meio a tantos artistas inscritos. ''São muitos escritores, inclusive premiados, e a maioria participa de academia nacional e internacional. Confesso que foi uma grata surpresa, pois escrevo com a alma, não sigo nenhuma escola, nem regras da crônica, dos contos ou poesia. Simplesmente sento e escrevo afetuosamente'', revela.

O evento foi realizado de forma virtual com transmissão pelo Canal Cultive na plataforma YouTube e reuniu autores, artistas e músicos dos países lusófonos a fim de promover a troca de cultura entre os participantes e o público.   O resultado do concurso está disponível no YouTube por meio do link https://www.youtube.com/watch?v=QwGn33xra3o.

JB, com Assessoria de Comunicação e Marketing da Assalce

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em ASSALCE

O monitoramento do Plano Plurianual (PPA 2020-2023) pela Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional (Codins) da Assembleia Legislativa do Ceará cumpre uma nova etapa. Nesta terça-feira (27/04), a Coordenadoria realizou reunião para apresentação dos resultados do Monitoramento do PPA 2020-2023 referentes ao exercício de 2020. “Foi um momento para alinhamento de todos os envolvidos, ressaltando a importância de que gestores e servidores analisem os resultados de suas entregas e busquem sempre as melhores práticas para alcançar as metas institucionais”, destaca Heline Joyce, coordenadora da Codins.

O Plano Plurianual é o documento que define as prioridades do Governo do Estado para o período de quatro anos, podendo ser revisado a cada ano. O PPA da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará abrange 17 entregas distribuídas em 4 programas, cabendo destacar as entregas contidas no Programa “Desenvolvimento do Processo Legislativo”: consultoria realizada, audiência pública realizada, parecer emitido e mandato parlamentar exercido; e no Programa “Promoção da Interação Legislativo e Sociedade”, cujas entregas espelham a característica do Poder Legislativo estadual como uma Casa Cidadã, sendo estas: consumidor atendido, família beneficiada, pessoa atendida, aluno atendido, estudo e pesquisa publicados, publicação editada, publicidade institucional realizada e veículo de comunicação disponibilizado.

Durante a reunião, foi observado que algumas entregas tiveram seus resultados prejudicados devido à pandemia provocada pelo novo Coronavírus, visto que muitas atividades presenciais de atendimento ao público foram suspensas. No entanto, alguns órgãos que puderam realizar suas atividades de forma remota superaram suas metas, como é o caso da Consultoria Técnica Legislativa (105% em consultorias realizadas), o Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp) e o Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos (150% de estudo e pesquisa publicados).

Como se dá o monitoramento

Segundo a coordenadora de Desenvolvimento Institucional, a atividade de monitoramento do PPA ocorre a cada trimestre, conforme metodologia estabelecida pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). Heline Joyce informa que ainda nesse primeiro semestre será realizada capacitação para que os servidores indicados pelos gestores dos órgãos possam informar sobre a execução de suas entregas no Sistema Integrado de Monitoramento e Avaliação (Sima), otimizando e facilitando o acompanhamento dos resultados.

Ainda para melhorar a avaliação dos resultados, será elaborada e aplicada Pesquisa de Satisfação junto ao cidadão para avaliar a qualidade dos serviços ofertados, buscando-se cada vez mais aproximar a Casa Legislativa do povo cearense.

Participaram da reunião gestores de setores da Assembleia: Paulo Neiva, diretor administrativo e financeiro, Lise Novais, diretora de administração, Fabrício Machado, diretor legislativo, Valéria Cavalcante, diretora do Procon Assembleia, Sílvia Correia, controladora, Robson Loureiro, diretor acadêmico da Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), João Milton Cunha, diretor executivo do Inesp, Miguel Rodrigues, coordenador do Escritório de Direitos Humanos e Assessoria Jurídica Popular Frei Tito de Alencar e servidores dos referidos órgãos.

A metodologia de monitoramento do PPA

Atualmente, de acordo com Heline Joyce, os órgãos estão em fase inicial de monitoramento das entregas referentes ao primeiro trimestre de 2021. Na primeira etapa, os executores informam os resultados alcançados, destacando as principais entregas. Em seguida, os responsáveis pelos órgãos analisam e validam as informações dos executores.

Na terceira etapa, a Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional alimenta o Sistema Sima com as informações, de forma a realizar o monitoramento dos Programas da Assembleia analisando e acompanhando a tendência do alcance das metas organizacionais, de forma a buscar soluções juntamente com os órgãos envolvidos para o desenvolvimento satisfatório das atividades.

Do Núcleo de Comunicação Interna da AL, com Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Controladoria

Temos 131 visitantes e 2 membros online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

QR Code

Portal do Servidor - Mostrando itens por tag: Atividade - QR Code Friendly



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500