Fortaleza, Terça-feira, 18 Janeiro 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

Se você ainda não foi ao festival de Férias na PI, versão 2020,  este final de semana (17 e 18) será a sua última chance de ver bons espetáculos do evento, gratuitamente. No palco Praia se concentram as atrações principais da festa. O último sábado de shows, no dia 18, terá a banda goiana Boogarins, Detonautas e Vitor Kley. Na sexta-feira, as apresentações acontecem no palco Belchior, e ficam por conta  de Camila Marieta e Coletivo de DJs Atrita.

Boogarins é uma banda brasileira de rock psicodélico e Neopsicodelia formada no ano de 2012, em Goiânia, por Fernando "Dinho" Almeida (vocais e guitarra rítmica) e Benke Ferraz (guitarra solo). Para completar o quarteto, depois entraram Hans Castro (bateria) e Raphael Vaz (contrabaixo). Em 2014, Ynaiã Benthroldo entrou no lugar de Hans. A banda já apresentou em diversos festivais de música de todo o mundo, como o Rock in Rio Lisboa, Primavera Sound, Porão do Rock, Coquetel molotov, Coachella Valley Music and Arts Festival, Lollapalooza e South by Southwest.

A carioca Lellê ficou conhecida no país inteiro como vocalista do Dream Team do Passinho, grupo que fez sucesso a partir de 2013 difundindo a dança popular entre a juventude do Rio de Janeiro. A artista também já atuou como atriz e agora lança carreira solo com o single Mexe a raba, parceria com Rafael Mike, também membro do Dream Team. A faixa ganhou clipe dirigido por Jeff Liblúc, repleto de muita dança em uma celebração da música black.

“Mexe a raba é uma música inspirada nos anos 1970 com trap atual. Eu usei muita coisa estética dos anos 1970, as cores e as edições bem como era feito na época”, conta a cantora em entrevista ao Correio. “Eu quis juntar esses dois momentos importantes na música black, o soul e o trap”, pontua. Lellê esteve presente em todo o processo de criação do universo do videoclipe: “A música me deu a possibilidade de escrever roteiro, dirigir junto. Eu sempre tive muita ideia do que eu queria”, diz.

A história dos Detonautas se mistura com a popularização da Internet no Brasil. Em 1997, os músicos Luiz Guilherme e Eduardo Simão se encontraram em uma salas de bate-papo do precário início da internet discada no Brasil. E a simples pergunta de Luis ("Alguém aí toca algum instrumento?"), respondida em seguida por Eduardo, foi a semente para a transformação total da vida de ambos – Tico Santa Cruz (Luiz Guilherme) morava em Copacabana (RJ) e o mineiro Tchello (Eduardo Simão) administrava uma pousada em Ilhéus (Bahia).

Geralmente as letras das canções dos Detonautas referem-se a amor, violência e corrupção, uma preocupação com a cidadania que marca o perfil de luta social e política da banda. Já abriram Shows de diversas bandas internacionais como: Spy vs Spy, Silverchair, Red Hot Chilli Peppers, Evanescence, System of a Down, Guns N' Roses, Marky Ramone, The Offspring e Whitesnake.

Vitor Kley nasceu em Porto Alegre, foi criado em Balneário Camboriú e cresceu em Novo Hamburgo. Ele começou a tocar violão ainda na adolescência sendo incentivado por sua mãe Janice Barbiero e seu pai Ivan Kley, que lhe presenteou com uma guitarra quando tinha 11 anos.

JS

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

Publicado em Agenda Cultural

Temos 92 visitantes e Nenhum membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500