Fortaleza, Domingo, 26 Junho 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

Servidores da Célula de Nutrição do Departamento de Saúde e Assistência Social  (DSAS) da Assembleia Legislativa participaram de palestra no Auditório do DSAS, no Anexo III (Edifício Deputado Francisco das Chagas Albuquerque), nesta sexta-feira (06/05). A convite da coordenadora da célula de Nutrição, Gisele Pacheco, a fisioterapeuta e instrutora de ginástica laboral da Célula de Saúde e Segurança do Trabalho, Rosilene Aragão, compartilhou  conhecimento sobre um tema muito comum na prática clínica:  queixa diárias  de sintomas relacionados  à sarcopenia.

A fisioterapeuta explicou que Sarcopenia  significa “perda da carne” e diz respeito à diminuição da massa muscular (massa magra) no corpo, sendo o processo considerado comum  do envelhecimento e em parte, responsável pela perda da qualidade de vida na terceira idade. Conforme ressaltou, a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, afirma  que cerca de 15% dos brasileiros têm Sarcopenia a partir dos 60 anos de idade, chegando a 46% após os 80 anos.

''Apesar de ser mais comum em idosos, a Sarcopenia também pode atingir jovens, podendo ser acelerada por doenças como diabetes, câncer, desnutrição, inflamações, alterações hormonais, medicamentos e infecções .A perda muscular  acontece não somente pelo envelhecimento, mas por meio de doenças e estilo de vida sedentário. Podemos prevenir com alimentação saudável e prática diária de  exercícios físicos'', afirmou.

Saiba mais

Os  sintomas mais comuns da Sarcopenia incluem  fraqueza ao subir níveis ou realizar longas caminhadas, dificuldade ao pegar objetos, perda de força para levantamento de peso, quedas e perda de equilíbrio. A fisioterapia atua como aliada no  tratamento da Sarcopenia, com o uso de recursos fisioterapêuticos como a cinesioterapia e técnicas de alongamentos, bem como exercícios para  aumentar a força muscular, prevenir eventuais quedas, minimizar a incapacidade funcional e otimizar a independência dos idosos.

Além da palestra, a fisioterapeuta Rosilene Aragão apresentou os benefícios da ginástica laboral,  prática que tem como principal objetivo prevenir patologias relacionadas às atividades laborais, com aula demonstrativa de exercícios de alongamento.

A coordenadora da Célula de Nutrição, Gisele Pacheco, ressaltou que a nutrição tem um  papel fundamental na  prevenção e tratamento da Sarcopenia, visto que uma alimentação balanceada e rica em proteínas auxilia na redução de massa muscular. A quantidade de proteína ingerida nas refeições é um aspecto fundamental no controle da Sarcopenia e os idosos necessitam de maior quantidade desse nutriente. Também é fundamental manter-se hidratado, apostar no consumo de frutas e vegetais, sendo indicado, para alguns casos, a suplementação.

"Podemos prevenir e tratar a Sarcopenia, com alimentação saudável e prática diária de exercícios físicos. As trocas de conhecimento entre os servidores foram de grande valia para  que nós,  profissionais nutricionistas, possamos ter um olhar diferenciado nas queixas e protocolos de tratamento'', avaliou.

JB, com Assessoria de Imprensa do DSAS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

 

A 1ª Companhia do Comando de Bombeiro da Capital da Assembleia Legislativa do Ceará, em parceria com a Regional II da Prefeitura de Fortaleza e com apoio da Célula de Logística e o Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS), realizou, nesta terça-feira (19/04), palestra sobre o combate ao mosquito transmissor da dengue, Aedes aegypti. A iniciativa, voltada para os servidores da Casa, foi ministrada por agentes de pandemia do órgão municipal, no auditório Murilo Aguiar, na sede da Alece.

O comandante da Companhia, coronel Leandro Nogueira, mentor da iniciativa, explicou que atualmente são realizadas visitas aos setores da Casa, e quinzenalmente os agentes da Regional II têm estado no Poder Legislativo com o material próprio e eliminando os focos de mosquitos. Ele salientou que a larva do mosquito leva até 400 dias para eclodir. "Ou seja, mais de um ano. São informações realmente novas, que vão auxiliar muito a todos que participaram da palestra", afirmou.

O oficial também alertou que o Ceará registrou um aumento de 153% nos casos de dengue, zika e chikungunya, nos primeiros meses do ano,  em relação ao mesmo período no ano passado. Durante as cinco primeiras semanas deste ano, houve um salto de 738 para 1.869 ocorrências das doenças, conforme anunciou o coronel Leandro Nogueira.

Os agentes de pandemia da Regional II passaram informações necessárias  para que os colaboradores do Poder Legislativo possam saber quais os cuidados necessários devem ser tomados para evitar a proliferação do mosquito e as ações de prevenção. Os ovos do mosquito são muito resistentes e sobrevivem até mesmo por um muito tempo em um local seco.

"São informações valiosíssimas que serão utilizadas pelos servidores tanto no trabalho quanto em suas residências", disse Leandro Nogueira. Ele informou ainda que todos os prédios da Assembleia, incluindo a sede da Associação dos Servidores (Assalce), estão sendo visitadas rotineiramente para evitar a proliferação dos mosquitos.

Necessidade de apoio da população

A agente de endemias da Regional, Jessicleia Alves, salientou, em sua exposição, que é preciso todos conhecerem como se dá a proliferação das doenças causadas pelo mosquito para que  combatê-las. "Isso não depende tão somente do nosso trabalho, mas também do apoio de toda a população", pontuou.

Durante a palestra, foram também apresentadas as formas de trabalho dos agentes. Segundo afirmou, além de palestras são também realizadas ações lúdicas, com paródias dentro das escolas das comunidades e prédios públicos, locais aonde os agentes são convidados a trazer informações.

Entre as medidas preventivas ao mosquito Aedes aegypti, Jessicleia Alves apontou evitar água parada. "Essa água parada vai além do olhar para um balde. É muito fácil o ambiente rasteiro. Mas é preciso ter cuidado também no que está no alto, como a caixa d'água da residência", afirmou. Ela orientou que em intervalos de seis meses as caixas d’água devem ser examinadas, bem como que não se deve deixar água acumulada na laje, manter os lixos fechados, utilizar areia nos vasos de plantas, deixar garrafas e outros recipientes de cabeça para baixo, deixar as lonas esticadas e retirar a água dos pneus.

Em relação ao convite da Alece para os agentes do município proferirem a palestra, Jessicleia Alves consideradou a ação positiva. "É mais uma porta aberta para o nosso trabalho, quando somos vistos de forma diferenciada, e chamando a população para esse olhar atento a uma questão de saúde pública de suma importância", afirmou. Também participaram da palestra o supervisor de endemias Francisco Valdecir e os agentes Valderi Fabrício e Sílvio Carlos Marques.

Saiba mais

Conforme a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), o município de Barbalha, na região do Cariri, é o que apresenta maior incidência de notificações de arboviroses no intervalo de tempo (579 casos por 100 mil habitantes).

Já as cidades de Juazeiro do Norte, Crato e Brejo Santo, da região do Cariri, também são monitorados pela Sesa diante do potencial de alta transmissão.

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

Os servidores da Assembleia Legislativa do Ceará participarão, nesta quinta-feira (07/04), a partir de 8h30min, no Auditório Murilo Aguiar, de palestra sobre segurança ocupacional e combate a incêndio. O evento é realizado pelo Comitê de Responsabilidade Social, por meio da Célula de Saúde e Segurança do Trabalho, em parceria com o Corpo de Bombeiros e com o Departamento de Gestão de Pessoas (DGP) do Poder Legislativo.

Amanda Melo, articuladora do Comitê de Responsabilidade Social da Alece, ressalta a importância do momento de formação para os servidores e a segurança da Casa. Ela lembra que as ações com foco na temática foram iniciadas em 2021 e terão continuidade em 2022, com ciclo de palestras.

A Célula de Saúde e Segurança do Trabalho desenvolve ações que buscam assegurar uma vida saudável e um ambiente laboral seguro visando promover o bem-estar a partir do entendimento de que conforto, segurança e eficiência influenciam a saúde do ser humano de forma global, tanto no ambiente de trabalho como fora dele.

Da Assessoria de Imprensa do Comitê de Responsabilidade Social da Alece

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

A Célula de Articulação e Fomento à Cidadania, que integra o  Comitê de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Ceará, realizou, na tarde desta quarta-feira (01/12), ação em  alusão à campanha Novembro Azul,  que visa alertar para a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. O evento foi destinado a terceirizados e motoristas que atuam na Alece.

A atividade, feita em parceria com a Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa (Assalce) e o Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense (MMLC), reuniu  no Auditório do Departamento de Saúde  e Assistência Social  (DSAS), anexo III  da Alece, colaboradores que atuam nos serviços gerais e servidores de outros setores.

Na abertura do evento, o presidente do Poder Legislativo, deputado Evandro Leitão (PDT), afirmou que  quando assumiu a presidência, em  1º de fevereiro deste ano, definiu como prioridade da sua gestão a aproximação da Assembleia com a sociedade, bem como maior interação  entre os setores. ''Muitas vezes passamos mais momentos no trabalho do que em nossa residência e é fundamental nos conhecermos  para  estreitar os laços em momentos como esse, que unem informação para os nossos colaboradores. A interação  é fundamental. Tenho orgulho de estar na  presidência e saber do compromisso  de todos  que fazem parte dessa Casa'',  destacou.

O  presidente da Assalce, Luis Edson Sales, agradeceu o apoio da Mesa Diretora, do presidente Evandro Leitão (PDT) e da primeira-dama da Alece, Cristiane Leitão, que abraçaram a campanha  Novembro Azul.

Balanço da campanha

Durante o mês  de novembro, foram ofertados aos servidores o exame de prevenção de PSA, bem como atendimento com o médico urologista Galeno Taumaturgo. ''O câncer de próstata é o que o mais acomete o gênero  masculino. Precisamos incentivar a prevenção e tirar esse preconceito que existe entre os homens  em relação ao exame de toque. Temos que prezar pela saúde preventiva  não  apenas em   novembro, mas todos os meses e atendendo a uma antiga reivindicação do Departamento, o médico Galeno Taumaturgo, referência em todo o Estado, será contratado e  o DSAS ganhará um urologista'', destacou.

A orientadora da Célula de Articulação e Fomento à Cidadania, do Comitê de Responsabilidade Social da Alece, Tamires Guimarães, destaca  que a Célula,  além de ter um olhar voltado para o público do entorno do Poder Legislativo, tem atenção especial com o público interno. "Realizamos uma ação do Novembro Azul nas comunidades e nada mais justo que  contemplar os nossos colaboradores com as  orientações sobre o câncer de próstata  com a palestra do urologista Galeno Taumaturgo, que desmitificou  os tabus a respeito da doença", asseverou.

Fatores

Durante a palestra, o urologista Galeno Taumaturgo  ressaltou que o câncer de próstata é o tumor mais comum entre homens com mais de 50 anos, sendo  sua causa multifatorial. Conforme apontou, o histórico familiar de câncer de próstata, o consumo excessivo de carne vermelha e o sedentarismo são fatores que aumentam os risco de  desenvolver a doença. ''Como forma de  prevenção, o homem  deve adotar um estilo de vida saudável, evitando o sedentarismo e realizando os exames periódicos (PSA) e do toque retal  a cada oito meses'', afirmou. Em relação ao tratamento, o médico afirmou que ele varia de acordo com a localização e o estágio da doença.

Além da palestra, a atividade também  contou com uma  homenagem e entrega de certificados a parceiros que contribuíram com as ações da Célula de Articulação e Fomento à Cidadania ao longo do ano.

Dentre os homenageados, Luis Edson, presidente da Assalce, João Milton Cunha, diretor executivo do Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp), Rejane Sales, coordenadora do Núcleo de Saúde Mental, e o  tenente coronel Marcelo Vasconcelos, comandante da 2ª Companhia de Polícia de Guarda (2ª CPG) da Assembleia.

O encerramento  contou com o sorteio de prêmios e distribuição  de brindes. Participaram do evento o 1º vice-presidente da Alece, deputado Fernando Santana (PT), o diretor legislativo Fabrício Machado, a presidente de honra do MMLC, ex-deputada estadual Meire Costa Lima, e a coordenadora de Comunicação Legislativa, Laila Freitas, dentre outras autoridades.

JB

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

A Célula de Saúde e Segurança do Trabalho, do Comitê de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Ceará, e a 1ª Companhia do Comando de Bombeiro da Capital promoveram, nesta sexta-feira (19/11), palestra sobre Segurança Ocupacional, com o tema "Combate a Incêndio", para colaboradores do Poder Legislativo terceirizados da empresa Certa. A atividade foi realizada no Auditório do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Casa, no Anexo III (Edifício Francisco das Chagas Albuquerque).

A engenheira ambiental e sanitarista Amanda Melo, integrante da Célula de Saúde e Segurança do Trabalho, destacou a importância da iniciativa. "A palestra foi direcionada aos colaboradores da Certa porque a gente entende que eles vão ser multiplicadores, já que estão em todos os ambientes", afirmou.

Segundo apontou Amanda Melo, pelo fato de atuarem em diversos ambientes do Poder Legislativo, os colaboradores têm uma grande contribuição a dar à Alece no que se refere aos procedimentos ligados à Segurança Ocupacional. "Com os colaboradores compreendendo como se combate um princípio de incêndio, e mais do que isso, como a gente previne eventuais acidentes relacionados ao incêndio, essa escolha de público se justifica", pontuou.

A ação, segundo adiantou a engenheira ambiental, deve se estender por toda a Casa, a partir do entendimento comum formado entre a Célula de Saúde e Segurança do Trabalho e a 1ª Companhia do Comando de Bombeiro da Capital. "Agradecemos pela parceria, por meio do coronel Leandro Nogueira, coronel Bruno Andrade e tenente Samara Dantas e de todos que fazem parte da Companhia na Assembleia Legislativa", frisou.

Nivelamento

A primeira tenente Samara Dantas, representando a 1ª Companhia do Comando de Bombeiro da Capital, afirmou que o objetivo da atividade foi a de disseminar o conteúdo entre colaboradores que atuam em todos os setores e anexos do Poder Legislativo. "Essa palestra tem o intuito de dar uma noção introdutória sobre o combate a incêndio, sobre como combater os princípios de incêndio e a gente deve acabar nivelando esse conhecimento, em um outro momento, com os demais setores da Casa, em um princípio de incêndio", afirmou.

O conteúdo explorado, conforme a primeira tenente Samara Dantas, incluiu a diferença entre fogo e incêndio, alguns conceitos que são importantes, como as classes de incêndio, e, principalmente, as diferenças entre os extintores e como utilizar o extintor correto num princípio de incêndio. "Entender que tipo de material está pegando fogo e qual extintor usar faz toda a diferença quando tivermos que conter aquela ocorrência antes de tomar grandes proporções", asseverou a oficial militar.

Também participaram da palestra Joaquim Garcia, orientador da Célula de Saúde e Segurança do Trabalho, e Débora Lucena, técnica de Segurança do Trabalho.

SC, com Assessoria de Imprensa do Comitê de Responsabilidade Social da Alece

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

Temos 426 visitantes e Nenhum membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500