Fortaleza, Segunda-feira, 27 Junho 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

A programação do Setembro Amarelo na Assembleia Legislativa do Ceará terá um momento importante na próxima segunda-feira (30/09), com a palestra "Crise suicida e estratégias de prevenção", a partir das 9 horas, no Auditório Murilo Aguiar. A palestra será ministrada pelo major do Corpo de Bombeiros do Estado do Ceará, Edir Paixão, e a psicóloga da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS), Rebeca Rangel.

Conforme a organização da palestra, o suicídio é um ato, mas entre as crises pode haver a crise suicida e, na maioria das vezes, não há preocupação como deveria. O evento é organizado pela 7ª Companhia do 1º Batalhão de Bombeiro Militar, do Corpo de Bombeiros Militar do Estado. As inscrições para o evento podem ser feitas pelo link http://eventos.cb.ce.gov.br/prevencaodesuicidio.

Os palestrantes abordarão formas de identificar sinais e comportamentos associados ao suicídio e ao adoecimento mental. O major BM Edir Paixão atuou em 53 casos reais de tentativa de suicídio obtendo êxito em todos. A psicóloga Rebeca Rangel trabalha diretamente com os casos de adoecimento mental dos agentes da Segurança Pública Estadual.

No evento serão recolhidas doações voluntárias de 1 kg de alimento não perecível ou 1 lata de leite em pó para serem doados à instituição filantrópica Sociedade de Assistência e Proteção à Infância de Fortaleza (Sopai). O certificado de participação será disponibilizado no site para aqueles que estiveram presentes ao evento.

Sobre os palestrantes

Edir Paixão é mestre em Saúde Pública (UFC), major do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), onde ingressou em 1998, pesquisador do Grupo de Estudo e Pesquisa em Suicídios e Prevenção (Gepesp), da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj). Gerenciador de Crises pela Guarda Costeira Americana, abordador técnico a tentativa de suicídio.

Rebeca Rangel é psicóloga graduada pela Universidade de Fortaleza (2006) e Mestre em Políticas Públicas e Sociedade pela Universidade Estadual do Ceará (2015). Atualmente, leciona na Faculdade Maurício de Nassau, coordenando e atuando na Assessoria Biopsicossocial da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, a qual, promove acompanhamento biopsicossocial aos agentes e familiares que compõem a Segurança Pública do estado do Ceará (Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Civil, Perícia Forense).

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

A Escola Superior do Parlamento  Cearense (Unipace) promoveu nesta terça-feira (17/09) a palestra ''Democracia e Inovação - as experiências dos júris cidadãos''. Ministrada pelo Diretor Executivo da New Democracy Foundation (NDF) da Austrália, Iain Walker, palestrante que detém expertise no tema, a iniciativa  reuniu um público interessado em refletir  sobre o assunto nos auditórios 1 e 3 do Complexo de Comissões Técnicas da Assembleia Legislativa do Ceará, dentre os quais servidores da Casa.

Em palestra feita com tradução simultânea, Iain Walker disse não imaginar que as ideias da fundação australiana fossem disseminadas em outros países  pelo mundo. Conforme revelou, o país, assim como os demais, tem problemas característicos, dentre os quais frustrações por decisões de curto prazo, problemas com parcerias e cidades isoladas, mas, por meio de projetos aplicados,  foi possível promover  uma mudança na realidade local.

''Precisamos de uma confiança pública, porque há vários problemas dentro de uma democracia. Eles podem ser contornados.Coletar a opinião das pessoas e trazer respostas para os seus problemas é um método eficaz que  auxilia na construção de uma sociedade participativa'', afirmou. Iain liderou mais de 20 projetos-piloto no governo local e no nível do governo estadual, incluindo projetos para governadores de diversos espectros políticos.

Repercussão

O diretor da Unipace, Robson Loureiro,reforçou  que é papel da Unipace disseminar o conhecimento e facilitar o acesso da população para adquirir aprendizado de diferentes formas incluindo palestras, cursos e programas. ''A  Unipace  é uma escola de governo que tem essa  missão educacional. Nossa  meta é atingir não apenas a população de Fortaleza, mas ultrapassar as fronteiras e expandir os trabalhos para o interior do Estado. A palestra foi produtiva e quero agradecer a presença do nosso convidado de renome internacional que tem essa missão tão nobre de contribuir com algo que de fato una as pessoas e faça a diferença  no mundo'', revelou.

Na ocasião, o superintendente adjunto do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Mário Fracalossi Júnior, defendeu uma a existência de uma sociedade mais participativa. ''Trazer esse tema pra discussão é fundamental e vai ao encontro do nosso pensamento. A Prefeitura está desenvolvendo uma proposta inovadora para ampliar a participação da sociedade nas decisões das políticas públicas,o Fortaleza 2040.Por meio desse programa,podemos chegar em um consenso capaz de fazer de Fortaleza um lugar bom de morar para todos'',destacou.

A palestra ''Democracia  e Inovação - as experiências dos júris cidadãos'' foi  realizada pela Unipace em parceria com o coletivo Delibera Brasil e o Observatório de Fortaleza, do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor).

Para a cientista política,cofundadora e coordenadora do Delibera Brasil,Sílvia Cervellini,a luta pela participação cidadã precisa ser levada adiante.Em uma experiência de dez anos  atuando na área da opinião pública,ela revelou uma das suas inquietações. ''As pesquisas  mostravam a vontade um indivíduo e não do coletivo.O modo cidadão pensa no bem comum,o que é melhor  para todos e  não  se baseia na vontade própria'', concluiu.

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

A psicóloga e capitã do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Alexandra Valéria Vicente da Silva, apontou, em palestra realizada nesta terça-feira (03/09) na Assembleia Legislativa do Ceará, o autoconhecimento como elemento necessário ao enfrentamento do suicídio. A palestra "Comportamento suicida: do fenômeno à negociação", realizada no Auditório Murilo Aguiar, faz parte da programação que a Assembleia promove neste mês - o Setembro Amarelo - dentro de uma grande mobilização para prevenir a depressão e os casos de suicídios no Ceará.

Ao se dirigir a uma plateia formada majoritariamente por policiais, que lotaram as dependências do Auditório, a capitã Alexandra Valéria defendeu que as pessoas se disponham a falar francamente sobre o tema, superando tabus. "Quem tira sua própria vida ou pensa em suicídio não são pessoas corajosas ou fracas, mas doentes", destacou, fazendo referência ao aumento de registros do fenômeno entre policiais.

Em momentos-chave da sua exposição, Alexandra Valéria fez referências ao livro "A Arte da Guerra", de Sun Tzu, sempre enfatizando que o autoconhecimento permite que as pessoas possam enfrentar seus problemas sem buscar fugas. "Temos que nos conhecer e conhecer o outro", afirmou.

A palestrante apontou ainda os fatores de risco relacionados ao suicídio e deixou claro que os registros sobre o tema não estão segmentados isoladamente, sendo este um fenômeno global. "O suicídio é um fenômeno complexo e multifacetado, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero", pontuou, para em seguida registrar as mortes de 32 pessoas no Brasil por dia em decorrência do suicídio.

Dados locais

O comandante da 2ª Companhia de Policiamento de Guarda (2ª CPG), tenente coronel Marcelo Vasconcelos, afirmou que o Ceará lidera o ranking de mortes por suicídio entre as regiões Norte e Nordeste, sendo o quinto colocado em todo o Brasil. Além disto, segundo afirmou, Fortaleza fica em terceiro lugar entre as capitais em ranking semelhante. Ele apontou como preocupante o fato de o suicídio ser a segunda maior causa de mortes entre jovens de 15 a 29 anos, conforme dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). "Sabemos que é possível evitar 90% dos casos de suicídio", destacou.

O chefe da Casa Militar do Estado, coronel Andrade Mendonça, e o deputado estadual Delegado Cavalcante (PSL) também enfatizaram a necessidade de que as pessoas estejam atentas aos indícios de comportamento suicida entre amigos e familiares, destacando medidas necessárias ao enfrentamento do fenômeno. "Trata-se de uma doença da alma, para a qual não se deve fechar os olhos", afirmou o coronel Andrade Mendonça.

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

O Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp), da Assembleia Legislativa do Ceará, realizou, nesta segunda-feira (02/09), a palestra "Assessoria Parlamentar, Conhecimento: do histórico ao bíblico” com o historiador Jeovah Mendes. A apresentação contou também com a participação do professor Rafael Silva, da Universidade Federal do Ceará (UFC), e do escritor e servidor da Assembleia, Barros Alves.

Durante o debate, os três palestrantes discorreram sobre história, religião e política, fazendo uma relação entre os temas abordados. Para o professor Rafael Silva, o parlamento é algo mais plural, no qual é necessário que caibam todas as religiões, enquanto a religião é a verdade de alguém. “Esses dois corpos podem conviver, mas não podem ocupar o mesmo espaço,” afirmou o professor.

O encontro faz parte do Programa de Formação do Inesp, sendo aberto aos servidores da Casa e tem como objetivo capacitar os assessores para o suporte técnico do Poder Legislativo e dos mandatos parlamentares.

Para o presidente do Inesp, João Milton Cunha, o Instituto vem, por meio desse Programa, mais uma vez, reafirmar seu compromisso em contribuir para a efetividade do parlamento cearense.

Jeovah Mendes é autor de diversas obras de História das Religiões e Conhecimento da Humanidade. Radialista do Programa Antenas e Rotativas do Cid Carvalho e já foi entrevistado nove vezes no programa do apresentador Jô Soares.

Rafael dos Santos da Silva é professor da Universidade Federal do ceará (UFC), doutorando em Sociologia pela Universidade de Coimbra (Portugal). É graduado e mestre em Administração Pública.

Barros Alves é escritor, poeta e jornalista. Pertence à Academia Cearense de Retórica; à Academia de Letras dos Municípios do Estado do Ceará; Academia Cearense de Hagiologia e Academia Cearense de Letras.

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

O comandante da 2ª Companhia de Policiamento de Guarda (2ª CPG), tenente coronel Marcelo Vasconcelos, informa que, por iniciativa da unidade, será promovida a palestra da psicóloga e capitã do BOPE da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Alexandra Valéria Vicente da Silva, nesta terça-feira (03/09), por ocasião das atividades do Setembro Amarelo. A atividade será realizada das 14 horas às 17 horas, no Auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa do Ceará.

A atividade é parte da programação que a Assembleia promoverá a partir da próxima segunda-feira (02/09), dentro de uma grande mobilização para prevenir a depressão e os casos de suicídios no Ceará. A Casa aderiu ao Setembro Amarelo por meio de uma programação que inclui palestras, cursos, audiências públicas, panfletagem e atendimento com escuta por psicólogos. Como parte do movimento Ideia Certa, o Poder Legislativo fará uma campanha publicitária de conscientização da população.

A palestrante é doutora em Psicologia e atua na área de prevenção ao suicídio. De acordo com o militar, o nome da capitã foi sugerido, por se tratar de uma referência nacional em ações desta natureza.

Atuação proativa é necessária quanto ao assunto

"O suicídio, infelizmente, ainda é um tabu e um fenômeno que recrudesce a cada dia. Nós precisamos entender as suas causas e o comportamento para que a gente possa antecipar e de forma proativa evitar que novos casos aconteçam", avalia. O oficial lembra que hoje se vive em constante pressão por conta do trabalho e rotinas e "tudo isso vai somatizando e abalando psicologicamente os indivíduos".

A palestra da militar do Rio de Janeiro, conforme esclarece Marcelo Vasconcelos, vai dar orientações de como se deve agir em negociação para evitar que um suicídio iminente venha a acontecer. "Assim, teremos orientações de como identificar os sinais e como agir em casos de um parente ou até mesmo vizinho esteja em crise suicida. A capitã se especializou em negociação suicida", diz.

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

Temos 545 visitantes e Nenhum membro online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500