Fortaleza, Sexta-feira, 20 Maio 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

A Assembleia Legislativa do Ceará realizou, nesta quinta-feira (28/04), a segunda edição do Cine Assembleia, no Auditório Murilo Aguiar, com a exibição do filme "Nerve - um jogo sem regras".  A iniciativa é uma realização é uma realização do Comitê de Responsabilidade Social da Alece, por meio da Célula de Saúde Mental e Práticas Sistêmicas Restaurativas, em parceria com a Célula de Articulação e Fomento à Cidadania, Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), Associação dos Servidores da Assembleia (Assalce) e Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense (MMLC).

A temática do Cine Assembleia será o universo digital e suas possibilidades. O tema é abordado a partir do filme exibido, com o evento direcionado ao público a partir de 12 anos, filhos e filhas de servidores e das comunidades do entorno. Também acompanharam a exibição jovens convidados da Rede Cuca e alunos das escolas Juciê Caminha de Menezes, Senador Osires Pontes e Santo Amaro.

O filme conta e história da estudante do ensino médio Venus "Vee" Delmonico, que deseja deixar a cidade onde mora, Staten Island (distrito de Nova Iorque, nos Estados Unidos) para ingressar na faculdade, mas está evitando contar à mãe, pois ainda estão de luto pela morte de seu irmão mais velho. Sua amiga Sydney se torna popular em Nerve: um jogo de realidade online onde as pessoas se alistam como "jogadores" ou pagam para assistir como "observadores". Os jogadores aceitam desafios votados pelos observadores, tentam se tornar o vencedor daquele dia e recebem recompensas monetárias.

Na trama, todos os desafios devem ser gravados no telefone do jogador e qualquer dinheiro ganho será revogado se um jogador falhar ou desistir de um desafio. O primeiro desafio de Vee é beijar um estranho em um restaurante por cinco segundos. No restaurante ela conhece e beija Ian, que dança e canta para Vee, revelando que ele é outro jogador em um desafio. Os observadores desafiam Ian a levá-la para Manhattan em sua motocicleta.

Debate

A orientadora Rejane Sales, da Célula de Saúde Mental e Práticas Sistêmicas Restaurativas, subordinado ao Comitê de Responsabilidade Social, explicou que a unidade está trabalhando com estudantes do ensino médio o tema jogos eletrônicos. "Sabemos que hoje existe uma demanda de pessoas com transtornos relacionados a jogos. O número de adictos (pessoas portadoras de comportamentos classificados como enfermidades que afetam diretamente as emoções e criam no indivíduo a condição de dependência) só cresce e nós trouxemos esse cine-debate no sentido de esclarecer os benefícios e malefícios causados por estas plataformas de Internet", afirmou.

Após a exibição do filme, houve roda de conversa com psicólogos e jogadores profissionais de Esports. Entre os convidados estiveram os psicólogos Bárbara Mendes,  Matheus Celino, Tipster profissional e Ramon Zahir Sanmir, streamer.

A psicóloga lembrou que a Internet é uma ferramenta de uso diário e por isso é fácil o jovem "imergir" neste universo. "É importante ter o cuidado de como está esta imersão, e até que ponto a vida privada da pessoa tem de ser publicizada por meio de mídias sociais", afirmou. Ela lembrou que as informações publicadas poderão ser utilizadas de uma forma inesperada por outras pessoas sem que haja nenhum controle. Por isso, Bárbara Mendes acentuou a necessidade de manter a privacidade de dados pessoais.

Matheus Celino, que é também CEO da Mace Gaming, observa que em Fortaleza já é possível se viver de práticas esportivas por meio da Internet. "Há o lado de produção de conteúdo, e também o lado de competições. Quem gosta de jogar e consegue um ranking alto é possível se profissionalizar", defendeu.

Ramon Zahir explicou que é focado em fazer "lives". Ele explicou que iniciou a prática durante a pandemia, por se sentir muito sozinho. "Em pouco tempo, estava acompanhado por diversos amigos e amigas, que acompanhavam o que produzia nas plataformas digitais", recordou. Hoje, ele já vive profissionalmente dos conteúdos que produz.

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

WhatsApp: 85.99717.1801

Qualquer migração das obras do autor inglês William Shakespeare para o cinema sempre gera curiosidade do público e da crítica. Com a nova versão de A tragédia de Macbeth, já disponível na plataforma TV+, da Apple, a expectativa se repete. O filme é uma produção americana dirigido e roteirizado por Joel Coen e baseado na peça homônima do autor britânico. Este é  o primeiro filme dirigido por um dos irmãos Coen isoladamente. A produção é protagonizada por Denzel Washington, Frances McDormand (que também produziu o filme), Bertie Carvel, Alex Hassell, Corey Hawkins, Harry Melling, Kathryn Hunter e Brendan Gleeson.

A Tragédia de Macbeth teve sua estreia mundial no Festival de Cinema de Nova York de 2021 em 24 de setembro de 2021. Teve um lançamento limitado nos cinemas em 25 de dezembro de 2021, pela A24,. O filme foi aclamado pela crítica por sua direção, fotografia e as performances de Washington, McDormand e Hunter.

A história inicia quando Macbeth e Banquo, tendo liderado o exército do rei Duncan à vitória sobre o traidor Thane de Cawdor, são abordados por três bruxas no campo de batalha. As bruxas saúdam Macbeth. Os seres que aparentam ser místicos proclamam que Macbeth será rei em breve e declararam que Banquo gerará uma linhagem de reis.

Macbeth fica alarmado depois que Duncan nomeia seu filho Malcolm como o príncipe de Cumberland, vendo a nomeação como um estorvo em seu caminho para o trono. Macbeth escreve para Lady Macbeth, informando-a das profecias. Quando Duncan decide passar uma noite no castelo de Macbeth, Lady Macbeth convence seu marido a cometer regicídio. Ela droga os servos do rei, e um hesitante Macbeth executa o assassinato.

No início da manhã seguinte, Macduff, o Thane of Fife, descobre o corpo, enquanto Macbeth mata os servos para encobrir as pistas de seu crime. Temendo por sua própria vida, o herdeiro de Duncan, Malcolm, foge para a Inglaterra, e Macbeth assume o trono como o novo rei. Inquieto com a profecia sobre Banquo, Macbeth organiza o assassinato dele e de seu filho Fleance. Os assassinos de Macbeth, acompanhados por Ross como o Terceiro Assassino, matam Banquo. Ross então persegue Fleance através de um campo.

Um Macbeth cada vez mais paranóico torna-se um tirano. Em um banquete real, ele alucina e começa a delirar com o fantasma de Banquo. Lady Macbeth dispensa os convidados antes de drogá-lo para acalmá-lo. Durante seu transe, Macbeth é novamente visitado pelas bruxas. Macbeth ordena que toda a família Macduff seja morta, mas o próprio Macduff sobrevive, tendo fugido para a Inglaterra.

Uma Lady Macbeth cheia de culpa começa a ter um sonambulismo e gradualmente desce à loucura. Ross visita secretamente a Inglaterra e informa Macduff sobre a morte de sua família. Um Macduff aflito jura vingança, enquanto Malcolm levanta um exército com a ajuda dos ingleses. As tropas cortam galhos de Birnam Wood, usando-os como camuflagem, e marcham para o castelo de Macbeth em Dunsinane, cumprindo uma das profecias. Lady Macbeth morre, mergulhando Macbeth em mais desespero. Ainda convencido de sua invencibilidade, ele acaba sendo desafiado por Macduff para um duelo. Macduff declara que não nasceu de uma mulher, mas sim "rasgado prematuramente". Macbeth inicialmente se recusa, mas acaba aceitando o desafio de Macduff. Macduff supera Macbeth e o decapita, cumprindo a profecia final. Malcolm é coroado o novo Rei da Escócia. Enquanto isso, Fleance é revelado estar vivo, e Ross o leva para longe da Escócia.

A escolha de Denzel Washington e de Frances McDormand, mulher do diretor e sua parceira no desenvolvimento do projeto, sugere um casal mais maduro, que o tempo não permite mais sonhar. Assim, seus atos ganham mais peso e urgência, sublinhando o desejo de deixar um legado.

Essa maturidade se reflete na interação de Denzel e Frances, que evocam à perfeição duas pessoas com décadas de familiaridade um com o outro, emprestando credibilidade às suas decisões. O esfarelamento de sua posição de poder, prevista na profecia que dispara a trama, ressalta a tragédia de quem não tem mais o tempo a seu favor para redimir-se de suas próprias decisões.

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

 

 

 

 

Publicado em Agenda Cultural

O presente de Natal que a Netflix reserva para os usuarios do stream é o filme "Não Olhe para Cima" (Don’t Look Up), de Adam McKay. A produção entra na plataforma nesta sexta-feira (24/12) e traz um espelho cômico do mundo em que vivemos, com um elenco repleto de estrelas consideradas de primeira grandeza de Hollywood.

A história  segue dois astrônomos, Dr. Randall Mindy (Leonardo DiCaprio) e a candidata ao doutorado Kate Dibiasky (Jennifer Lawrence), que descobrem um cometa que destruirá a Terra. No entanto, em sua missão de contar ao mundo, a presidente dos Estados Unidos, a mídia e um gigante da tecnologia tentam desviar a verdade e encontrar uma maneira de tornar isso lucrativo.

Qualquer semelhança com as primeiras notícias sobre a pandemia de Covid-19, no final de 2019 e começo de 2020 não terá sido mera coincidência. O fato divide o país quanto ao que eles devem fazer sobre o cometa, com um pedaço gigante deles pensando que não deveriam fazer nada ou que o cometa não existe de todo.

Há evidências substanciais da realidade contra os negacionistas. Essa dificuldade cognitiva dos que não reconhecem a realidade como tal é a força do roteiro da comédia dentro do filme. Quanto o público e os responsáveis ​​estão dispostos a ignorar quando confrontados com sua própria morte? No filme de McKay, eles estão dispostos a ignorar quase tudo isso.

O alvo da piada não é tanto para as pessoas que caem na desinformação, porém, é principalmente para aqueles que estão no comando, deixando de fazer o que os cientistas consideram necessário para salvar o planeta.  O filme mostra os extremos extraordinários que essas pessoas farão para garantir que continuem populares aos olhos do público, mesmo que isso signifique enganá-los completamente. As comédias anteriores de McKay, como "Talladega Nights" e "Step Brothers", contêm humor exagerado, em que os personagens mais idiotas são o alvo da piada, e isso continua aqui, mas seu estilo cômico tornou-se mais nuançado.

Elenco é destaque

No elenco de "Não Olhe para Cima" há muitos rostos familiares, alguns dos quais aparecem apenas em uma cena, como Chris Evans interpretando um ator estrelando um filme sobre um cometa destruindo a Terra. Os poucos que aparecem como participações especiais geralmente estão lá para uma piada rápida e funcionam bem, nunca tirando totalmente a atenção do elenco principal. Tyler Perry e Cate Blanchett são apresentadores de talk shows matinais que tentam colocar um sorriso em cada notícia, por mais triste que seja. DiCaprio e Lawrence trabalham excepcionalmente bem como os dois cientistas, cada um em suas jornadas muito diferentes.

Meryl Streep como a presidente Janie Orlean e Jonah Hill como seu filho Jason Orlean, que também é o Chefe de Gabinete, conseguem se destacar mesmo em meio a este vasto e conhecido elenco. A personagem de Streep é uma gestora narcisista que se preocupa apenas com o interesse próprio e sobre como a mídia a percebe, enquanto seu filho é um adulto enfadonho e idiota, cujas experiências de vida são o oposto do americano médio. Ambos são a força motriz do humor nas cenas em que estão. Eles são o pior da humanidade e um bom equilíbrio para a história – que é sobre o possível fim do mundo.

"Não Olhe Para Cima" foi indicado ao prêmio de melhor filme de comédia ou musical, melhor roteiro,  Leonardo de Caprio como melhor ator (comédia/musical), e Jennifer Lawnrence (comédia/musical) como melhor atriz no Globo de Ouro 2022. O resultado da premiação será conhecido em 9 de janeiro. A produção também recebeu ainda seis indicações ao Critics Choice Awards, incluindo as de melhor filme e de melhor elenco, também previsto para acontecer em 9 de janeiro de 2022.  

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99717.1801   

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

Publicado em Agenda Cultural

O filme "Deserto Particular", pré-candidato ao Oscar 2022 na categoria melhor filme internacional, chega aos cinemas de Fortaleza cercado por grande expectativa. Com exibições às 19h30min no Cinema do Dragão até o dia 8 de novembro, o filme do diretor e roteirista Aly Muritiba acumula críticas positivas onde tem sido exibido.

Na trama, Daniel (Antonio Saboia) é um policial exemplar, mas acaba cometendo um erro que coloca em risco sua carreira e sua honra. Quando nada mais parece prendê-lo a Curitiba (PR), onde reside, ele parte em busca de Sara, uma mulher com quem se relaciona virtualmente. A partir daí, Daniel mergulha em um intenso processo interno para aprender a lidar melhor com seus próprios afetos.

A crítica brasileira aponta semelhanças entre "Deserto Particular" e a obra anterior de Muritiba, "Ferrugem", destacando como ponto central a discussão sobre como a tecnologia pode influenciar as relações humanas. Na trama, a busca de Daniel por Sara se dá após estabelecido o contato virtual entre o policial e a moradora de uma localidade situada entre Bahia e Pernambuco.

Sobre a campanha rumo ao Oscar

No dia 15 de outubro, o filme foi selecionado como o representante do Brasil para disputar uma vaga na categoria melhor filme internacional do Oscar 2022. Na ocasião, o diretor Aly Muritiba afirmou contar com uma agente internacional de vendas e com a distribuidora Pandora, mas admitiu a surpresa com a indicação e disse que a estratégia de campanha ainda seria montada.

"Estamos contactando atores, amigos, produtores que vivem nos Estados Unidos, principalmente em Los Angeles", contou o cineasta durante entrevista ao site G1, em referência a profissionais que já envolvidos em campanhas de filmes brasileiros rumo ao Oscar. "Vamos tentar montar uma equipe forte para levar o filme para o maior número de telas possíveis e para os membros da Academia de Cinema norte-americana", afirmou na mesma entrevista.

A primeira lista de pré-selecionados ao Oscar sai no dia 21 de dezembro de 2021. A lista final de indicados, incluindo os cinco selecionados para a categoria filme internacional, será divulgada no dia 8 de fevereiro de 2022. A premiação será realizada em 22 de março.

Serviço: Deserto Particular (Brasil, 2021). Direção e roteiro: Aly Muritiba. Elenco: Antonio Saboia, Pedro Fasanaro. Em exibição no Cinema do Dragão, com sessões diárias às 19h30min até o dia 8 de novembro.

SC, com informações do site G1

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

Publicado em Agenda Cultural

A Assembleia Legislativa do Ceará, por meio do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS), realizou, nesta terça-feira (30/11), a primeira edição do Cine Assembleia, com a exibição do filme cearense “Cabeça de Nêgo”. O evento fez referência ao Mês da Consciência Negra e contou com a presença do presidente da Central Única das Favelas (Cufa), Preto Zezé, e do ator Lucas Limeira, que interpreta o personagem protagonista do filme Saulo, além de participantes do Projeto Alcance.Enem, da Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace) e de servidores da Casa.

O Cine Assembleia é desenvolvido pelo Núcleo de Saúde Mental e Comitê de Responsabilidade Social, por meio da Célula de Articulação e Fomento à Cidadania, com o apoio do Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense (MMLC) e Associação dos Servidores da Assembleia (Assalce). O objetivo é promover o debate com servidores, moradores da comunidade do entorno da Casa (Pio XII, conhecida como Pau Pelado) e de movimentos sociais convidados.

A primeira-dama da Alece, Cristiane Leitão, afirmou que o evento teve como destaque a homenagem ao Dia da Consciência Negra, transcorrido no dia 20 de novembro, “Estamos comemorando com a exibição do filme ´Cabeça de Nêgo´, que traz o ponto do racismo, contando a história de um garoto que sofreu o preconceito racial na escola, começou a ter um comportamento em repreensão ao racismo e, juntamente com outros colegas, começou a se posicionar contra essa prática”, pontuou.

Cristiane Leitão assinalou que é importante tratar da questão racial junto aos servidores da Alece, alunos e a comunidade levando a todos conscientização contra o racismo. “Aqui convidamos alunos que participam do Projeto Alcance.Enem, para que os jovens comecem a ter essa sensibilização de que todos somos iguais e que não precisamos ter preconceitos. E fazendo este trabalho de conscientização, com certeza, teremos uma sociedade mais igualitária”, asseverou.

Conscientização

O diretor do DSAS e presidente da Assalce, Luís Edson Correia parabenizou o Núcleo de Saúde Mental, coordenado por Rejane Sales, pela iniciativa. “É com apoio do presidente deputado Evandro Leitão (PDT) e da nossa primeira-dama que têm sido realizados e eventos como esse, trazendo a conscientização e a importância do respeito e da igualdade das raças”, frisou.

Rejane Sales acentuou que o Núcleo de Saúde Mental tem o propósito de incluir os estudantes do Alcance.Enem e alunos de outras instituições para que seja trabalhada a questão do racismo. “Este  preconceito estrutural é ainda muito arraigado em nossa sociedade e acaba por adentrar na questão psíquica. Estes adolescentes precisam se envolver nesta discussão, para que a nossa sociedade tenha novas ferramentas que alavanquem novas formas de extinção deste preconceito”, defendeu.

A coordenadora do Núcleo revelou ainda que o setor tem a proposta de, a partir do próximo ano, trazer temas tão importantes quanto o do preconceito racial, que perpassam a saúde mental. “Teremos novas exibições, de dois em dois meses, com o intuito de trazer à discussão esses temas. Começamos com ´Cabeça de Nêgo´, que aborda de forma maravilhosa o racismo e valoriza os artistas da terra. É nosso dever validar esse trabalho”, acentuou.

Preto Zezé, que já foi servidor da Assembleia Legislativa no início dos anos 1990, considerou que o presidente Evandro Leitão “acertou em cheio”, pela escolha do filme e pelo debate no mês da Consciência Negra.  “Esse debate não é só mais um movimento da sociedade, mas também das organizações. Tenho sido convidado para participar de eventos em empresas. No mundo corporativo está todo mundo discutindo como enfrentar o racismo, que tem a ver com o desenvolvimento do país e das empresas”, afirmou.

Sobre o projeto

Estiveram à frente da organização do evento as psicólogas Raquel Penaforte e Lygia Herayde Bessa, integrantes do Núcleo de Saúde Mental da Alece. Conforme Lygia Herayde, o objetivo do Cine Assembleia é o de criar espaços de discussão de temas relevantes para jovens, servidores e para a comunidade de uma forma geral, assim como fortalecer as produções culturais locais e facilitar o acesso a elas.

O filme “Cabeça de Nêgo” é uma produção cearense com direção e roteiro de Déo Cardoso. Estreou em outubro de 2021 em cinemas de todo o Brasil, conquistando público e crítica com enredo que aborda temáticas como racismo, educação, mobilização social e juventude, dentre outras. O longa, filmado em Fortaleza, foi exibido em diversos festivais e ganhou prêmios como o de Melhor longa-metragem do Festival Cine Ceará 2020 e da Associação de Crítica Cearense de Cinema.

O Dia da Consciência Negra é comemorado anualmente em 20 de novembro. A data reúne diferentes ações de combate ao racismo e reacende o debate sobre a chegada dos negros ao país, a escravidão no Brasil e o racismo estrutural da sociedade. Além disto, é uma homenagem e reconhecimento da luta de Zumbi dos Palmares, um dos mais importantes líderes quilombolas do país, e seus companheiros no quilombo.

Do Núcleo de Comunicação Interna da Alece, com Assessoria de Imprensa do DSAS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

InícioAnt1234PróximoFim
Página 1 de 4

Temos 251 visitantes e 5 membros online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500