Fortaleza, Sexta-feira, 21 Janeiro 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

Desde sua estreia como cineasta, com o policial "Cães de Aluguel" (1992), Quentin Tarantino se estabeleceu como um "autor" dentro da classificação da crítica de cinema especializada: aquele tipo de diretor cujas marcas registradas fazem de seus filmes experiências únicas, a partir do estilo que adota em termos de direção, temática, escolha elenco, trilha sonora e, principalmente, pelo abordagem da violência como elemento fundamental em cada filme. Com seu nono filme, "Era Uma Vez... em Hollywood", que estreia nesta quinta-feira (15/08) em Fortaleza e em todo o país, estes elementos estão novamente presentes - embora a mesma crítica aponte mudanças no estilo de Tarantino, que estaria mais leve no novo filme.

A trama se passa em Los Angeles, durante três dias de agosto de 1969. No dia 9 daquele mês, a atriz Sharon Tate (então esposa do cineasta Roman Polanski) e um grupo de amigos foram brutalmente assinados por seguidores de Charles Manson. O filme reconstitui os momentos anteriores ao crime, tendo Tate (Margot Robbie) como uma das protagonistas.

No entanto, os principais personagens do longa são o ator Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) e o seu dublê Cliff Booth (Brad Pitt). Os dois permitem que o diretor recheie o filme de referências ao próprio universo cinematográfico, por meio do que se convenciona chamar de metalinguagem - e os seus atores repetem a parceria com o diretor: sob a direção de Tarantino, DiCaprio ofereceu uma das suas melhores atuações em "Django Livre" (2012), enquanto Pitt foi comandado pelo cineasta em "Bastardos Inglórios" (2009).

Exibido no Festival de Cannes neste ano, "Era Uma Vez... em Hollywood" saiu da premiação de mãos abanando, embora a direção de Tarantino e as atuações de Pitt e DiCaprio tenham merecido muitos elogios. Chegou o momento de conferir se o novo filme está no patamar de "Pulp Fiction - Tempo de Violência" (1994) - tido por muitos como o melhor de Tarantino - ou se dividirá opiniões, como ocorreu com "Os Oito Odiados" (2015).

Serviço: "Era Uma Vez... em Hollywood". Data de lançamento: 15/08, em cinemas de Fortaleza e de todo o país. Duração: 2h41min. Direção: Quentin Tarantino. Elenco: Leonardo DiCaprio, Brad Pitt e Margot Robbie. Gêneros: Drama/Comédia. Nacionalidade: Estados Unidos.

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL-CE

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

Publicado em Agenda Cultural

O espanhol Pedro Almodóvar é um diretor consagrado desde que dirigiu o filme "Mulheres à beira de um ataque de nervos" há 31 anos, já trazendo o ainda iniciante ator Antonio Bandeiras no elenco. A comédia dramática encantou a crítica. Em produções posteriores, o cineasta não frustrou público, trazendo para a telona "Ata-me" (1990), "Tudo sobre minha mãe" (1999), "Fale com ela" (2002) e "A pele que habito" (2011).

"Dor e Glória", novo filme de Almodóvar, estreia nesta quinta-feira (04/07), em Fortaleza, no cine Dragão do Mar. A película participou do Festival de Cannes deste ano, com o ator Antonio Banderas no papel de Salvador Mallo, vencendo o prêmio de melhor ator. Ele interpreta o protagonista, um diretor de cinema semi-aposentado que vive em seu apartamento-museu, às voltas com as memórias e dores, um alter ego do próprio diretor espanhol.

Também está no elenco a atriz Penélope Cruz, contumaz participante da obra de Almodóvar. O tempo da história é o da antecipação: de uma memória, de um filme ou desejo. Há um filme dentro de um filme. Com “Dor e Glória”, Almódovar concorreu à Palma de Ouro pela sexta vez. O prêmio foi vencido pelo drama sulcoreano Parasite.

Serviço: Filme “Dor e glória”. Gênero: Drama. Origem: Espanha. Sinopse: Retrato de um diretor melancólico encarnado por Antonio Banderas, junto a Penélope Cruz. Filme considerado mais autobiográfico do cineasta espanhol. Dias: 4 a 10 de julho, no Cine Dragão do Mar. Sessões: 15h40min, 17h45min e 19h50min.

Publicado em Agenda Cultural
InícioAnt123PróximoFim
Página 3 de 3

Temos 2044 visitantes e 15 membros online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500