Fortaleza, Sexta-feira, 03 Dezembro 2021
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática

"Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde"

"Blues da Piedade" (Cazuza/ Roberto Frejat)

Chega aos cinemas de Fortaleza o novo filme do diretor Cláudio Assis. Trata-se de "Piedade", rodado em 2019 e que apenas agora chega ao circuito comercial. Sua estreia se deu no 52º Festival de Cinema de Brasília, onde conquistou o Prêmio Especial do Júri. Em solo cearense, o filme poderá ser conferido no Cineteatro São Luiz e no Cinema do Dragão.

Na trama, o cotidiano da pequena cidade de Piedade é abalado com o interesse e chegada de uma grande petroleira no local. Aurélio (Matheus Nachtergaele) é o representante da petroleira PetroGreen e tem o objetivo de convencer os moradores da cidade a vender seus terrenos.

Logo ele percebe que o foco de resistência à sua proposta é o círculo familiar de Dona Carminha (Fernanda Montenegro) e seu filho mais velho, Omar (Irandhir Santos), que toma conta do bar Paraíso do Mar. As abordagens de Aurélio fazem com que ele descubra segredos da família e uma inesperada conexão com Sandro (Cauã Reymond), dono de um cinema pornô do outro lado da cidade.

Sem concessões

Para quem conhece os filmes anteriores de Cláudio Assis, nunca é surpresa que o cineasta lide com temas polêmicos. Do início de sua carreira como ator e cineclubista em Caruaru (PE), até a direção de "Amarelo Manga" (2002), ele tem uma carreira marcada pela direção e produção de curtas, documentários e longas.

Suas produções tratam frequentemente sobre a linguagem cinematográfica e seus meios de produção. Os filmes do cineasta são projetos de baixo orçamento, executados de forma criativa. Entre seus trabalhos de direção destaca-se "Baixio das Bestas" (2006), elogiado drama estrelado também por Nachtergaele e Dira Paes, com fotografia vibrante de Walter Carvalho. Naquele que possivelmente é seu melhor trabalho até agora, Assis deu grande ênfase social à trama, que trata do cotidiano de trabalhadores rurais e caminhoneiros, em meio a um contexto que envolve violência e prostituição.

Serviço: "Piedade" (Brasil, 2019). Direção: Cláudio Assis. Gênero: Drama. Duração: 85 minutos. Elenco: Matheus Nachtergaele, Fernanda Montenegro, Irandhir Santos e Cauã Reymond. Em exibição no Cineteatro São Luiz com sessões em 4/9, 9/9 e 11/9 (14:00). Em exibição no Cinema do Dragão (sala 2) com sessões em 3/9 (20:00), 4/9 (16:00), 5/9 (18:00), 7/9 (16:30) e 8/9 (19:00). Classificação Indicativa: 16 anos.

SC

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

 

Publicado em Agenda Cultural

Neste mês, o Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult), coloca em cartaz na programação presencial a “Mostra Especial Pandora Filmes” – em referência a distribuidora homônima. Serão exibidos nove obras e cada uma terá três sessões, totalizando 27 no mês. O valor do ingresso é de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) e podem ser adquiridos virtualmente no site da Sympla.

As obras cinematográficas escolhidas incluem os lançamentos recentes: “O Apartamento” (Irã), de Asghar Farhadi, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro que estreou no dia 5; e o vencedor da Palma de Ouro de Cannes: “The Square – A Arte da Discórdia” (Dinamarca, França, Suécia), de Ruben Östlund, com a primeira exibição marcada para o dia 26.

Com estreia no início do mês estão: “O Dia Depois” (Coréia do Sul), o 21º longa-metragem ficcional de Hong Sang-soo no dia 5; “Sr Kaplan” (Uruguai) de um jovem diretor que com apenas três longas na carreira já ganhou mais de 50 prêmios, como é o caso de Álvaro Brechner, no dia 12; também no dia 12 estreia, na linguagem documentário, “Santiago, Itália” do aclamado Nanni Moretti (Chile, França, Itália), vencedor do prêmio “Davi de Donatello” na categoria Melhor Documentário.

Já no dia 14, entra em cartaz o quadragésimo nono trabalho do diretor Claude Lelouch, “Os Melhores Anos de Uma Vida”, exibido na Seleção Oficial do Festival de Cannes, acompanha os protagonistas do clássico filme francês “Um Homem, Uma Mulher” cinquenta anos depois.

O também premiado nacionalmente “Greta” de Armando Praça entra em cartaz no dia 19 de agosto. O filme é estrelado por Marco Nanine, traz uma adaptação da peça “Greta Garbo, quem diria, acabou no Irajá” de Fernando Mello e recebeu o prêmio de melhor filme, melhor direção e ator no Cine Ceará (2019).

Também no dia 19 estreia “Pedro e Inês, o amor não descansa” de António Ferreira. A coprodução entre Portugal, França e Brasil, é baseada na história real do Rei Dom Pedro I, que desenterrou sua amante Inês de Castro para torná-la rainha depois de morta. O filme imortaliza a mais gloriosa história de amor portuguesa.

O último filme que entra em cartaz – no dia 26 -, com “The Square” é “Truman”, de Cesc Gay, que ganhou cinco Goyas dos seis que disputou na 30ª entrega do prêmio, um dos mais importantes do cinema espanhol.

Sobre amostra

De acordo com o curador e programador de Cinema do Cineteatro, Duarte Dias, a programação visa prestigiar, por meio de mostras específicas, empresas distribuidoras brasileiras, fundamentais para o funcionamento do mercado cinematográfico.

A Pandora é uma distribuidora de filmes independentes que há 30 anos busca ampliar os horizontes da distribuição de filmes no Brasil revelando nomes outrora desconhecidos no país e relançando clássicos memoráveis em cópias restauradas. Paralelamente aos filmes internacionais, a Pandora atua com o cinema brasileiro, lançando obras de diretores renomados e também de novos talentos.

Venda de Ingressos e funcionamento da bilheteria

Os ingressos para as sessões de agosto podem ser adquiridos antecipadamente pelo site da Sympla. Já as bilheterias funcionarão de quinta a sábado, a partir de uma hora antes da primeira sessão do dia até o horário de início da última exibição. Serão oferecidos 153 lugares por sessão e haverá cadeiras marcadas.

Serviço: Mostra Especial Pandora Filmes. Até 28 de agosto. Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500 – Centro, Praça do Ferreira). Ingressos: sympla.com.br/cineteatrosaoluiz. Confira a programação completa no link https://bit.ly/3AcM3nU.

SC, com Assessoria de Imprensa do Cineteatro São Luiz

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Agenda Cultural

Após três meses com atividades presenciais suspensas em virtude do agravamento da pandemia no Ceará, o Cinema do Dragão retomou suas atividades no dia 1º de julho. Em sua 361ª semana de programação, a sala 2 traz as estreias de "First Cow - a primeira vaca da América", de Kelly Reichardt; "Alvorada", de Lô Politi e Anna Muylaert; e "Druk - mais uma rodada", de Thomas Vinterberg.

Os ingressos custam R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia) e poderão ser adquiridos na bilheteria do Cinema do Dragão e no site Ingresso.Com (https://www.ingresso.com/cinema/cinema-do-dragao...). Às terças, o acesso tem valor promocional por R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Somente a sala 2 do Cinema estará em funcionamento, com a ocupação reduzida a 30% da capacidade. O acesso ao local se dará exclusivamente pela entrada localizada ao lado da estátua do Patativa do Assaré, com acesso limitado ao público que assistirá às sessões do Cinema. O café está com atividades suspensas.

Além do uso obrigatório de máscara e da aferição de temperatura na entrada, os visitantes devem manter o distanciamento mínimo de 1,5 metro uns dos outros, dentro e fora das salas, salvo casais ou grupo de até quatro pessoas da mesma família, que podem sentar juntas.

O intervalo entre as sessões cumprirá o tempo mínimo de 30 minutos, reservado para a limpeza da sala. A rotina de higiene das poltronas e do sistema de climatização também será reforçada. Todos os colaboradores estarão paramentados com equipamentos de proteção individual e será disponibilizado álcool em gel 70% na proximidade da bilheteria.

Ingressos continuarão a ser vendidos na bilheteria física, com cuidados redobrados na operação, mas a orientação do Cinema é que os interessados efetuem a compra antecipada pelo site Ingresso.com (www.ingresso.com/fortaleza/home/cinemas/cinema-do-draga_o) ou que efetuem a compra com a crédito, se possível com cartão por aproximação. A higienização dos banheiros também será intensificada e a ocupação simultânea do espaço será reduzida em até 40%. A atualização dos protocolos será feita em alinhamento com as determinações do Governo do Estado do Ceará.

Sobre os filmes

Alvorada. Grande destaque da última edição do festival de documentários É Tudo Verdade, "Alvorada" também foi exibido recentemente no Reino Unido, no Sheffield Doc Fest. O filme é ambientado na intimidade do Palácio da Alvorada e aborda o cotidiano da presidente Dilma Rousseff, primeira e única mulher a governar o Brasil, em meio ao desenrolar dramático do golpe que a tirou do poder.

First Cow - a primeira vaca da América. Figurou em várias listas de melhores filmes de 2020 e é o mais novo trabalho da cultuada cineasta norte-americana Kelly Reichardt (de "Night Moves"). Exibido no Festival de Berlim e no Festival de Nova York, o filme se passa em 1820, quando um cozinheiro solitário e habilidoso viaja para o território do Oregon, nos Estados Unidos, onde conhece um imigrante chinês que também busca criar sua fortuna. Logo, eles se unem em um perigoso esquema para roubar leite de uma premiada vaca local, a primeira e única em todo o território.

Druk – mais uma rodada. Vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro e selecionado para a competição principal do Festival de Cannes de 2020, "Druk - mais uma rodada" é o mais recente filme do renomado cineasta dinamarquês Thomas Vinterberg (de "A Caça") e estrelado por Madds Mikkelsen (da série "Hannibal"). O filme acompanha a história de quatro professores com problemas pessoais que decidem testar a teoria que, ao manter um nível constante de álcool em suas correntes sanguíneas, suas vidas irão melhorar. No início, os resultados são animadores, mas no decorrer da experiência eles percebem que nem tudo é tão simples assim.

Serviço: Estreia dos filmes "First Cow", "Alvorada" e "Druk" na sala 2 do Cinema do Dragão. Programação em cartaz de 2 a 7 de julho de 2021. Local: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, na Rua Dragão do Mar, 81 - Praia de Iracema.
Ingressos: R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia) à venda na bilheteria do Cinema do Dragão (14h às 20h) e no site Ingresso.com (https://www.ingresso.com/cinema/cinema-do-dragao?city=fortaleza). Na terça-feira, o acesso tem valor promocional por R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

SC, com Cinema do Dragão

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Agenda Cultural

O Cinema do Dragão traz uma programação variada, em sua sala virtual, com atrações que estão disponíveis desde quinta-feira (20/05). O filme “Harmonia Silenciosa” é a estreia da semana. Vencedor dos prêmios de Melhor Filme Australiano no Melbourne Queer Film Festival e prêmio Queer no Mardi Gras Film Festival, o longa australiano dirigido por Ian Watson narra a história de um músico desiludido que se apaixona por um jovem trans que enfrenta a surdez.

Esse e outros 11 títulos podem ser conferidos por meio da plataforma Cinema Virtual, com ingressos a partir de R$ 19,90, ou no serviço de streaming NOW, disponível para assinantes.

Permanecem em cartaz: “Os esquecidos”, “Haifa Street – Corações em Guerra”, “Clara”, “Lucky – Uma Mulher de Sorte”, “Doce Obsessão”, “Uma Mulher Inesquecível”, “Terminal Sul”, “Prisioneiro Espacial”, “A Poucos Passos de Paris”, “Um Amor Proibido” e “Mambo Man – Guiado Pela Música”.

Em sua última semana, “Mambo Man – Guiado pela Música” tem valor promocional. Inspirado em uma história real, o filme recebeu mais de 50 prêmios em festivais de cinema internacionais. Embalado por uma trilha sonora envolvente com participações de músicos cubanos renomados em performances ao vivo, o longa conta a trajetória de JC, um homem atencioso que só quer sustentar sua família e amigos. Por isso, acaba buscando um acordo que possa mudar sua vida para melhor.

Confira a programação da Sala do Dragão no Cinema Virtual:

Harmonia Silenciosa (Unsound) – Estreia. Sinopse: O guitarrista Noah se decepciona com sua carreira de músico em uma banda pop e decide voltar para a casa de sua mãe, com quem tem constantes brigas por causa de velhas feridas. Até que Noah se encanta por Finn, um jovem trans e surdo, que luta para manter aberta sua boate para pessoas com deficiência auditiva. À medida em que se aproximam, eles tentam se comunicar.

Estreia de “Harmonia Silenciosa” na sala do Cinema do Dragão na plataformas Cinema Virtual e no serviço de streaming Now. Disponível até 26 de maio de 2021. Ingressos a partir de 19,90 no site www.cinemavirtual.com.br ou na plataforma NOW. O acesso pode ser feito em até 72 horas e compartilhado simultaneamente em até três dispositivos de maneira verdadeira, ainda que em linguagens diferentes. Saiba mais: bit.ly/cd_harmoniasilenciosa

Os Esquecidos (The Forgotten). Sinopse: Nina, uma professora de língua ucraniana que tem 30 anos, não pode sair da cidade de Luhansk, ocupada por separatistas no leste da Ucrânia. Forçada a ensinar russo, seu caminho se cruza com o de Andrii, um estudante de 17 anos, quando ela testemunha o jovem sendo preso pela polícia após colocar a bandeira ucraniana no telhado da escola. Com medo de que Andrii fique muito tempo na prisão, Nina arrisca sua vida para libertá-lo, e os dois acabam se apaixonando enquanto lutam pela liberdade da região. Saiba mais: bit.ly/cd_osesquecidos

JB, com informações do Cinema do Dragão

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

Publicado em Agenda Cultural

Chega aos cinemas de Fortaleza um dos filmes mais aguardados da atual temporada de premiações. Trata-se de "Judas e o Messias Negro", dirigido por Shaka King. O filme é um dos possíveis candidatos ao Oscar 2021, cujas indicações serão conhecidas no dia 15 de março.

A história de ascensão e queda de Fred Hampton (Daniel Kaluuya, de "Corra!"), o ativista dos direitos dos negros e revolucionário líder do partido dos Panteras Negras. Um jovem que rapidamente se destaca no cenário político dos Estados Unidos, ele atrai a atenção do FBI, que com a ajuda de William O’Neal (LaKeith Stanfield) acaba infiltrando os Panteras Negras, gerando consequências trágicas para o grupo.

Conforme a historiadora Raquel Barreto, pesquisadora da história dos Panteras Negras em tese de doutorado pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em entrevista ao jornal "O Globo" de 25 de fevereiro, o filme aborda o esforço dos movimentos negros contemporâneos para expor à sociedade outras facetas do partido, embora a plataforma fosse resumida a termos como "radicalismo" e "violência". Ela aponta que a organização teve várias etapas, "com uma profunda luta social, cultural e política, de cunho antirracista e anticapitalista".

Também ouvido pelo "O Globo" sobre a produção, o cineasta Joel Zito Araújo elogiou o desenvolvimento de produções contemporâneas como "Judas e o Messias Negro" e "Uma Noite em Miami", da cineasta Regina King, que abordam a temática racial. "A militância negra está em alta e esses filmes refletem isso. Trazer as fragilidades desses personagens e também sua importância histórica torna a produção sobre eles extremamente rica", afirmou Araújo, lembrando que "Uma Noite em Miami" trata de fatos referentes ao líder político Malcolm X.

"Judas e o Messias Negro" concorre ao Globo de Ouro nas categorias de melhor ator coadjuvante (Daniel Kaluuya) e de melhor canção original ("Fight for you"). Os vencedores serão anunciados neste domingo (28/02).

Serviço: "Judas e o Messias Negro" (Judas and the Black Messiah, EUA, 2020). Direção: Shaka King. Elenco: Daniel Kaluuya, LaKeith Stanfield e Martin Sheen. Duração: 2h06´. Em exibição no UCI Kinoplex Iguatemi Fortaleza, com sessões às 17h40min (26/02) e às 12h10min e 14h50min (27/02 e 28/02). No Cinépolis RioMar Fortaleza, as sessões são às 17h30min (26/02) e às 14h30min (27/02 e 28/02).

SC

 

Núcleo de Comunicação Interna da AL

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 85.3257.3032

WhatsApp: 85.99147.6829

Publicado em Agenda Cultural
InícioAnt12345PróximoFim
Página 1 de 5

Temos 210 visitantes e 6 membros online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500