Fortaleza, Sexta-feira, 20 Maio 2022
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
 PORTAL DO SERVIDOR
 Coordenadoria de Planejamento e Informática
Quinta, 02 Maio 2019 10:12

"Vidas Duplas" explora dificuldades nos relacionamentos contemporâneos

Avalie este item
(1 Voto)
Cena de "Vidas Duplas", em exibição na Sala 1 do Cinema do Dragão Cena de "Vidas Duplas", em exibição na Sala 1 do Cinema do Dragão FOto: Divulgação

Que tal uma boa produção francesa nos cinemas, se você está fugindo da programação que privilegia a última edição da franquia "Os Vingadores", que ocupa 80% das salas de cinema no país? Uma boa opção é "Vidas Duplas", em cartaz no Cinema do Dragão e que prossegue em exibição pela terceira semana.

Na trama, um editor Alain (Guillaume Canet) e um autor Léonard (Vincent Macaigne) enfrentam ao mesmo tempo a crise da meia idade, a revolução digital que abala o mercado editorial e imprevistas dificuldades em seus respectivos relacionamentos amorosos.

Alain e Léonard veem sua amizade abalada pelo fato do editor não gostar muito do último livro do escritor. Os dois também vivem crises em seus relacionamentos, enquanto que discutem a crise na indústria literária.

Parceira de longa data do diretor Olivier Assayas, Juliette Binoche vive Selena, esposa de Alain que admira muito o trabalho de Léonard. A atriz, como de costume, está ótima, sempre roubando a cena e se impondo mesmo diante de veteranos como Canet. Macaigne, no entanto, é quem ganha o personagem mais complexo.

O cultuado diretor francês Olivier Assayas já se mostrou capaz de dirigir obras grandiosas e épicas como "Carlos" e também produções intimistas focadas no diálogo como "Acima das Nuvens". Lançado no Festival de Toronto de 2018, "Vidas Duplas" se encaixa mais no segundo caso. (Com trechos da crítica de Lucas Salgado/ site "Adoro Cinema").

Serviço: "Vidas Duplas" (França, 2018). Direção: Olivier Assayas. Elenco: Guillaume Canet, Vincent Macaigne e Juliette Binoche. Duração: 100 minutos. Censura: 14 anos. Em exibição no Cinema do Dragão (Sala 1), às 18 horas. De 2 a 8 de maio.

Lido 604 vezes
Entre para postar comentários

Temos 98 visitantes e 6 membros online

Login de Acesso

Por favor, para efetuar o login digitar zeros(0) à esquerda. Ex: 000015. Totalizando 6 dígitos.

CURSOS / PROJETOS

EVENTOS / DESTAQUES



  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará 

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60170.900                           Siga-nos:

  Fone: (85) 3277.2500